}); PORTAL ORÓS: Agosto 2012

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Orós Comemora 55 Anos De Emancipação Política


Para marcar o 55º aniversário de emancipação política de Orós, comemorado no dia 1º de setembro, a Prefeitura Municipal de Orós preparou a comemoração.

Nesta quinta-feira [30], haverá show gratuito com a banda Limão com Mel, no Dançódromo Beira Rio.

Na sexta-feira [31], será realizado o tradicional desfile cívico, durante a tarde, com o tema “Orós celebra seus 55 anos e o centenário de Luiz Gonzaga”.

À noite da sexta, haverá festa gratuita, no Dançódromo Beira Rio, com Cheiro de Menina & Vicente Nery e com a banda Pagodão. A programação prossegue no sábado [1º/9], com missa em Ação de Graças, às 19h, na Igreja Matriz.


* Com informações da Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal de Orós

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Agricultores protestam por falta de milho no CE


A partir das 14 horas, haverá reunião na Faec com a participação dos presidentes de sindicatos rurais

Iguatu. O reduzido estoque de milho nos armazéns da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) e o atraso no transporte dos grãos dos centros produtores para o Ceará provocaram uma situação crítica para os criadores. Em decorrência desse quadro de desabastecimento, a Federação da Agricultura do Estado do Ceará (Faec) lança hoje um manifesto com o objetivo de sensibilizar o Governo Federal.


Ontem, houve o desembarque de uma carreta de milho para a unidade de Iguatu Foto: Honório Barbosa

A partir das 14 horas, haverá reunião na sede da Faec entre presidentes de sindicatos rurais do Estado. No encontro, serão definidas ações a serem adotadas nos próximos dias. A ideia é que os criadores façam protestos em frente aos armazéns da Conab, com a presença de animais.

"A situação é crítica e se agrava a cada dia por causa da seca registrada neste ano", observou o presidente da Faec, Flávio Saboya. A quota prevista de milho para o Ceará não está chegando. No campo, a situação é desesperadora para assegurar alimentação ao rebanho, bovino, ovino, suíno e aves. A falta de estoque de milho decorre do fato de que os caminhoneiros preferem fazer o transporte para Estados próximos às áreas de produção (Sul e Centro-Sul), pois conseguem frete de retorno, a trazer o produto para o Nordeste.

Esse seria o principal empecilho, segundo esclareceu recentemente o superintendente regional substituto da Conab, Anastácio Fontelles. Para a segunda quinzena do mês de julho, a Conab aguardava a chegada de 24.500 toneladas do grão.

O vice-presidente da Faec, Paulo Hélder Braga, questionou o fato de que empresas particulares conseguem, com facilidade, o transporte de grãos e de outros produtos do Centro-Oeste para o Ceará, enquanto a Conab alega dificuldades. "Infelizmente, o Governo não está resolvendo esse problema do transporte, e o milho anunciado para o Estado não está chegando a tempo e nem na quantidade prometida", alegou ele.

O Ceará necessita de 25 a 35 mil toneladas/mês, mas não recebe com regularidade sequer duas mil toneladas por mês. "Não faltou aviso, pois, há mais de dois meses, a gente vem alertando as autoridades sobre a situação que vinha se agravando e a demora na remessa de estoque", disse o presidente da Faec, Flávio Saboya.

O presidente da Faec esclareceu que, por diversas vezes, esteve na Conab, no Ministério da Agricultura, na Comissão da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, da Câmara Federal, e também na Sudene. "Em todos esses órgãos, apresentamos a nossa demanda por milho", frisou Saboya.

A escassez de milho traz sérios prejuízos para os criadores, que são obrigados a reduzir o número de animais. Muitos produtores estão misturando a ração do gado numa proporção reduzida que não dá para manter em boas condições o rebanho. Paulo Hélder observou que o rebanho passa fome no Interior, há queda da produção de leite e de carne porque os animais perderam peso.

Pregão

Diante do apelo dos produtores cearenses, o Governo do Estado vai pagar o frete de quatro mil toneladas, quantidade insuficiente para atender à demanda estadual. No próximo dia 6 de setembro, será realizado, na Procuradoria Geral do Estado (PGE), um pregão eletrônico para que o Governo do Estado contrate frete para o transporte de quatro mil toneladas de milho para o Ceará, produto oriundo de Porteirão, em Goiás.

Os grãos serão destinados aos oito armazéns da Conab no Ceará (Sobral, Maracanaú, Crateús, Icó, Iguatu, Russas, Juazeiro do Norte e Senador Pompeu). O frete será pago pelo Governo estadual. A ideia da Secretaria de Desenvolvimento Agrário é distribuir 500 toneladas para cada unidade armazenadora.

O milho vai atender agricultores familiares, que possuem a Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP), e produtores rurais para alimentar o rebanho. Para os agricultores familiares, a saca de 60 quilos será vendida a R$ 18,10 e para os demais produtores a R$ 21,00.

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) assumiu o compromisso com o Ceará para que, até o fim de setembro, mais de 31 mil toneladas de milho sejam distribuídas. Os números revelam o crescimento da demanda por grãos para alimentar o rebanho no sertão do Estado. Antes da seca, a Conab só tinha cadastrado dez mil produtores rurais. Agora, são 40 mil inscritos para obtenção do milho do Programa Vendas em Balcão.

A tendência é de crescimento dos criadores inscritos para os próximos meses. Os armazéns da Conab praticamente estão vazios e há, no campo, necessidade que os grãos cheguem para alimentar o rebanho bovino, ovino, caprino e o plantel avícola.

No armazém da Conab, em Iguatu, há 200 toneladas de milho em estoque que será distribuída para as cidades de Quixelô e Acopiara nos próximos dias 4 e 5 de setembro. A unidade aguarda a chegada de duas mil toneladas do grão para o próximo dia 11, que será destinada para os produtores locais. No armazém de Icó, existem 500 toneladas em estoque. Ontem, houve o desembarque de uma carreta de milho para a unidade de Iguatu.

O superintendente da Conab no Ceará, Francisco Agenor, reconhece que há escassez do grão nas unidades da companhia. "O Ceará precisa de 50 toneladas de milho por mês, mas só recebemos duas mil", disse.

"A situação é grave e a direção do órgão em Brasília está procurando alternativa para resolver o problema o mais rápido, por meio de novos contratos de frete, realinhamento de preço, transporte por navio". Segundo Francisco Agenor, as transportadoras preferiram pagar multa contratual a trazer o milho para o Ceará, porque o valor do frete subiu nos últimos meses.

Mais informações:

Federação da Agricultura do Estado do Ceará (Faec)
Telefone: (85) 3535.8000
Superintendência da Conab no CE
Telefone: (85) 3252. 1722

DIÁRIO DO NORDESTE 
HONÓRIO BARBOSA
REPÓRTER

Servidores da Justiça Eleitoral no CE decretam greve em meio às eleições


Servidores da Justiça Eleitoral no Ceará decretaram greve na tarde desta terça-feira (28). Os servidores reivindicam um reajuste salarial, congelado desde 2006. Segundo o Sindicato dos Servidores da Justiça Eleitoral no Ceará, desde o último reajuste, a inflação supera em 40% o aumento salarial.

O governo federal ofereceu um reajuste de 15%, parcelados em três anos. "Nosso salário foi corroído e a proposta do governo pode não passar nem a inflação do ano", diz José Gentil de Holanda, da direção do sindicato da Justiça Eltiroal.


Segundo o sindicato, a paralisação dos funcionários irá começar na segunda-feira (3). Durante esta semana, os servidores trabalham normalmente. o diretor do sindicato José Gentil diz ainda que, a greve ocorrerá por tempo indeterminado e as paralisações podem afetar o calendário eleitoral.

Servidores federais de 18 categorias ligadas à Confederação dos Trabalhadores do Serviço Público Federal (Condsef) decidiram nesta terça-feira aceitar a proposta de reajuste do governo e encerrar a greve, segundo informou o coordenador-geral da entidade, Josemilton da Costa. A decisão, por maioria absoluta, foi tomada em plenária que reuniu representantes dos estados.

terça-feira, 28 de agosto de 2012

OS MARGINAIS TOMARAM CONTA DE ORÓS

Ontem por as 00:30 o meu irmão Beto com sua esposa e seus dois filhos saíram de seu trailher como de costume em direção a sua casa quando do nada surgiram vários motoqueiros encapuzados e somente um com a cara limpo e começaram a persegui-los, o medo e o pânico tomou conta de sua família seus filhos começaram a chorar para escapar dos marginais que os perseguiam eles foram para a porta da delegacia e ainda escutaram do único marginal que estava sem capuz “PODE DENUNCIAR QUE NÃO DÁ EM NADA” e quem disse as tais palavras ? “TEM GENTE QUE NÃO MERECE SER CITADA NEM DE BEM NEM DE MAL”... O meu irmão nunca se envolveu em política trabalha de segunda a segunda até tarde para conquistar o pão de sua família e todos o conhecem...


Onde estão às autoridades dessa bagaça chamada ORÓS que não veem isso? Onde um pai de família trabalhador é perseguido pelas ruas de nossa cidade por marginais encapuzados quando sai de seu digno trabalho?

AS MEDIDAS CABÍVEIS FORAM TOMADAS REGISTRAMOS O BOLETIM DE OCORRÊNCIA E VAMOS A PROMOTORIA DE JUSTIÇA DA CIDADE PEDIR PROVIDÊNCIAS PARA ESSE ABSURDO QUE VEM ACONTECENDO A NOITE EM NOSSA CIDADE... AGRESSÕES FÍSICAS E VERBAIS JÁ ACONTECERAM VARIAS E VARIAS VEZES NÃO ESPEREM ACONTECER ALGO PIOR PARA TOMAR AS PROVIDÊNCIAS.  



OS CIDADÃOS DE BEM DE NOSSA CIDADE PEDEM SOCORRO AUTORIDADES!



segunda-feira, 27 de agosto de 2012

CÂMARA MUNICIPAL DE VEREADORES DE ORÓS DESAPROVA CONTAS DE GOVERNO DE EX-PREFEITO


A Câmara Municipal de Orós, na manhã de hoje (27.08.12), votou a prestação de Contas de Governo da Prefeitura de Orós – Exercício financeiro de 2004, de responsabilidade do Sr. ELISEU BATISTA FILHO.

O Processo PCG.09514/05, já tinha parecer prévio desfavorável a aprovação. Há poucos instantes, o Plenário votou pela irregularidade, desaprovando as referidas contas.

Com isso, tendo em vista a Lei da Ficha Limpa, o ex-gestor torna-se inelegível pelo período de 8 (oito) anos, tendo em vista que a decisão partiu de um Colegiado.

Texto e foto Dr. Jodacy.

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Apenas 53 das 184 cidades do Ceará têm serviço municipal de trânsito


Dos 184 municípios do Ceará, 53 têm o serviço de trânsito municipalizado, ou seja, a prefeitura da cidade presta serviços para melhorias no trânsito. "A municipalização é um entendimento do prefeito, da necessidade que ele tem de criar uma melhoria do município no trânsito. De direito, desde 1998, todos os municípios [têm o serviço de trânsito, mas de fato isso não acontece, explica a diretora de planejamento do Departamento Estadual de Trânsito do Ceará, Lorena Moreira.

Nas cidades onde não há o serviço de responsabilidade da prefeitura, o Ministério Público pode provocar, pedindo na Justiça, que o prefeito da cidade instale um órgão municipal para gerir o tráfego.

Em Fortaleza, a Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) é responsável por gerir o trânsito há 14 anos. A AMC tem o dever de pôr guardas de trânsito nas ruas, facilitar o trânsito e tem o poder de multar, em caso de infrações.

O dinheiro arrecadado com multas deve ser usado para instalar semáforos, melhorar a sinalização e promover a educação no trânsito. Caso o cidadão perceba irregularidade, ele pode denunciar o caso no Ministério Público da cidade. "Caso o valor arrecadado com multas não seja suficiente para cobrir os gastos ele pode sim usar recursos do licenciamento dos veículos", acrescenta a diretora de planejamento do Detran.

G1 CE

TRE indefere candidatura de prefeitos no Ceará


O pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) decidiu na sessão desta terça-feira (21) pelo indeferimento da candidatura de João Viana de Araújo (PP) à Prefeitura do município do Cedro.

O motivo foi o fato de o candidato ter tido contas desaprovadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios do Ceará (TCM). Atual prefeito daquele município, João Viana concorre à reeleição. E para manter-se na disputa e continuar a sua campanha, o candidato ainda pode ingressar com novo recurso no Tribunal Superior Eleitoral. Caso recorra e o indeferimento da sua candidatura seja confirmado em última instância, apenas um candidato concorrerá à Prefeitura do Cedro: Nilson Alves Diniz, candidato pelo PSB.

A decisão do TRE-CE, baseada em um dos critérios de inelegibilidade da Lei da Ficha Limpa, manteve a sentença do juiz de primeiro grau que indeferiu o registro de candidatura de João Viana. O recurso foi apresentado à Corte eleitoral pelo Partido Republicano Brasileiro (PRB) do Cedro contra o Ministério Público Eleitoral.

Em outro processo, a Corte também decidiu pelo indeferimento do registro de candidatura de Raimundo Acinésio Bezerra (PR) à Prefeitura de General Sampaio, por ter tido contas desaprovadas pelo TCM. Caso Raimundo Acinésio seja impedido de disputar a eleição, restará apenas a candidatura de Ediene Monteiro (PRB).

Desaprovadas
Na mesma sessão, os juízes do TRE-CE decidiram, por maioria, pelo indeferimento da candidatura de José Orlando de Freitas Lima (PR) à Câmara Municipal de Aquiraz, também baseado nos critérios de inelegibilidade da Lei da Ficha Limpa.

Apenas o juiz relator do processo, juiz Manoel Castelo Branco Camurça, votou pelo provimento do recurso do candidato que lhe asseguraria o deferimento de sua candidatura. José Orlando teve contas de gestão desaprovadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios, no entanto, a Corte de Contas revisou, posteriormente, essa decisão.

Contrariando o voto do relator, o juiz Francisco Luciano Lima Rodrigues, que havia pedido vistas do processo, argumentou que como a revisão ocorreu após o trânsito em julgado da sentença no âmbito administrativo, ou seja, quando não havia mais possibilidade de modificá-la, a candidatura de José Orlando não poderia prosperar.

Rejeitadas
O caso se assemelha ao do candidato a vereador de Fortaleza, Ronivaldo Maia (PT), que na semana passada teve, por unanimidade, seu registro de candidatura deferido pelo TRE-CE, mesmo após ter tido contas de gestão rejeitadas pelo TCM, que também revisou a decisão posteriormente. A diferença, no entendimento da Corte eleitoral, porém, é que no caso de Ronivaldo, a revisão teria ocorrido antes da sentença definitiva.

"Nesse processo (de José Orlando) eu entendi que houve um trânsito em julgado, uma decisão que foi definitiva. E através de um incidente, chamado de incidente de nulidade absoluta, o TCM teria revisto uma decisão que, na ótica desta Corte, era uma decisão definitiva. (...) Por isso, essa Corte entendeu que nenhum outro motivo poderia anular o trânsito em julgado", explicou o Francisco Luciano Lima Rodrigues. Outros quatro integrantes do TRE-CE acompanharam o seu voto.

A Corte decidiu ainda pelo indeferimento de quatro candidatos a vereador. Todos tiveram contas de gestão desaprovadas pelo TCM. São eles: Pedro Fontenele de Sousa (PSDB), de Granja; Vanderlan Jorge Leandro (PTB), de Ipaumirim; Francisco Murilo Alves (PMDB), de Graça; e José Nilson Chaves (PRB), de Tururu. Na pauta da sessão plenária de ontem constavam 74 processos referentes a recursos eleitorais de candidatos de todo o Estado. Até o fechamento desta edição, a sessão ainda não havia sido encerrada.

DIÁRIO DO NORDESTE

Ibama faz ações de proteção às aves


Fiscais do Ibama apreenderam cerca de 350 aves mortas, envenenadas no Sítio Cavaco, localizado na zona rural de Quixelô. As aves foram levadas para a sede do órgão na cidade de Iguatu, no Centro-Sul do Estado

Iguatu Fiscais do escritório do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) intensificaram, nos últimos dias, nos Municípios de Quixelô e de Iguatu, na região Centro-Sul, ações de proteção às aves silvestres. Neste período do ano, verifica-se a produção de arroz irrigado em várias localidades rurais. Para evitar o ataque dos pássaros ao plantio de arroz, alguns produtores fazem armadilha ou chegam a instalar isca com veneno.

Um exemplo aconteceu no Sítio Cavaco, área rural entre Quixelô e Iguatu. Uma denúncia anônima levou os fiscais do Ibama à descoberta de um crime ambiental. Estima-se que mais de mil pássaros foram envenenados e queimados perto de uma área de cultivo de arroz. Cerca de 350 aves mortas foram flagradas na propriedade. Os bichos foram conduzidos para a sede do Ibama, nesta cidade.

A proprietária do sítio, Josefa da Silva Araújo, negou a autoria do crime ambiental. Entretanto, os fatos são indícios fortes da ocorrência do crime ambiental. "Houve o flagrante, registramos o Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) na delegacia de Polícia Civil e encaminhamos registro do crime à Promotoria Pública de Justiça", explicou o chefe do escritório do Ibama em Iguatu, Fábio Bandeira. "Aplicamos multa de R$ 500 por ave, totalizando R$ 175 mil".

Logo após a denúncia, o agente ambiental do Ibama, Alberto Castro, esteve na propriedade para verificar a mortandade dos pássaros, mas só encontrou uma ave morta. "Vi penas e fiquei desconfiado", contou. "A proprietária negou". No dia seguinte, Castro retornou de surpresa pela manhã cedo e encontrou cerca de 350 aves mortas, envenenadas. "Estavam a cinco metros da área de produção de arroz", disse.

O veneno foi colocado em sementes de arroz e quando as aves se alimentaram pela manhã, morreram em seguida. "Deixamos umas três amostras que foram congeladas e serão encaminhadas ao Ibama em Fortaleza para análise em laboratório", explicou Castro.

Dentre os que morreram havia exemplares de pássaro preto, casaca de couro, galo de campina, rolinha e canário. Nesse período, começa o plantio de arroz irrigado nas várzeas do Açude Orós, em terras dos Municípios de Iguatu e Quixelô. São cerca de 4000 mil hectares de áreas produtivas.

Neste ano, cerca de 3000 hectares serão cultivados. Os produtores rurais reclamam do ataque das aves que se alimentam na época de colheita de sementes no cacho, gerando prejuízo.

Risco

O agente ambiental Alberto Castro observou que os arrozeiros devem usar trabalhadores e técnicas para afastar as aves como espantalho, e também meios que façam barulho.

"Quando se verifica que há risco à saúde pública ou enorme prejuízo econômico, o Ibama, após estudo rigoroso, pode fazer o controle populacional dos pássaros, mas jamais o produtor rural pode agir por conta própria e eliminar as aves, que é crime ambiental".

A atenção dos fiscais do Ibama vai se estender até dezembro, quando ocorre o fim da colheita de arroz irrigado nas várzeas do Açude Orós. O período mais crítico verifica-se a partir de outubro quando as sementes se formam no cacho das plantas.

Mais informações:

Escritório do Ibama em Iguatu
Rua Adeodato Matos, 63
Bairro Aeroporto
Telefone: (88) 3581. 2349

DIÁRIO DO NORDESTE.

domingo, 19 de agosto de 2012

OS SENTIMENTOS DE DOR, REVOLTA E MUITA EMOÇÃO TOMARAM CONTA DE ORÓS NESTA MANHÃ DE DOMINGO


Notícia do assassinato:


Na madrugada deste sábado, 18, por volta das 03h30, na Travessa Lima Verde, centro da cidade de Orós, um corpo de um homem sem vida foi encontrado, com uma perfuração no peito esquerdo.

Segundo informações da polícia o corpo de Diego Ramon Dantas De Lima 24 anos, foi encontrado por populares. O corpo foi conduzido para o IML para ser periciado.

A polícia diligencia no sentido de identificar e localizar o autor do possível delito.


SEPULTAMENTO:

Hoje pela manhã a nossa querida Orós e seu povo parou para dar o seu último adeus ao jovem Diego de apenas 24 anos que foi brutalmente assassinado na madrugada de sábado para domingo amigos e familiares acompanharam o sepultamento e em cada esquina que passava centenas de pessoas acompanharam o triste adeus os amigos vaqueiros traziam uma faixa logo na frente montados em seus cavalos que dizia "DIEGO, UMA PESSOA NUNCA MORRE QUANDO ESTE VIVA EM NOSSOS CORAÇÕES, ETERNAS SAUDADES DE SEUS AMIGOS VAQUEIROS".

DESCANSE EM PAZ DIEGO!

Josemberg Vieira

sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Quadrilha é presa por assaltar casa lotérica em Orós, interior do Ceará



Orós - Um assalto a mão armada aconteceu ontem por volta das 15;30, contra a casa lotérica de Orós. Pelo menos quatro indivíduos armados com uma escopeta de fabricação artesanal; um revólver e 3 pistolas, sendo uma 6,35 e duas 7,65, ocupantes de uma moto fan de placa hyi 0556,de cor preta e uma strada lilás, sem placa, chegaram na lotérica e sob ameaças levaram todo dinheiro existente nas 3 baterias de caixas.

Em seguida fugiram em direção a vila Igarói, onde se depararam com policiais do fta de Iguatu, capitão oliveira e soldados Moreira, Adiles e Miller, onde receberam voz de prisão. Em poder do quarteto a policia recuperou R$ 4.735 reais bem como as armas e apreenderam as motocicletas. Uma ligação do destacamento de Orós através do sargento Menezes para o quartel de Iguatu dando conta do assalto foi o fio da meada para que ocorressem as prisões.

O quarteto era composto por Jonh Lenon soares, de 22 anos, natural de Icó, residente na Rua da Caixa d´água no distrito de Lima Campos; Antônio Ferreira filho da conceição, de 26 anos, o Dedé, residente no sitio piripiri de Iguatu; Cicero Rogério, de 33 anos, residente na COHAB um em Iguatu, o Rogério bocão e um menor de iniciais J.A.S, de 16 anos, conhecido por neguim residente na rua Bernardo Pinto no distrito de Lima Campos. Alguns deles já contam com passagens pela policia pela prática de outros delitos e são acusados também de assaltos a postos de combustíveis na região centro sul do estado. O quarteto foi conduzido à delegacia regional de policia civil de Icó onde apresentado ao delegado plantonista Manuel Inácio torres neto. Os delinquentes foram autuados por assalto, corrupção de menor e formação de quadrilha.

G1/FOTOS RICHARDO LOPES

Prefeitura de Orós inaugura ampliação de escola no distrito de Palestina


A Prefeita de Orós Fátima Maciel inaugurou ontem 16/08 mais uma grande obra no distrito de Palestina à ampliação da escola Manoel Leite Barbosa que agora conta com pátio totalmente coberto, mais três salas de aula e um depósito essa é a segunda ampliação feita na escola nesta administração antes foram construídos novos banheiros e duas salas de aula os pais e principalmente os alunos ficarem felizes já que eles terão mais espaço e conforto na escola.

Durante o evento foi comemorado os 53 anos da comunidade de Palestina e os 30 anos de funcionamento da escola Manuel Leite Barbosa a comunidade de palestina preparou um grande bolo com mais de 100 quilos que foi divido para toda a população da comunidade que lotou o novo pátio da escola.

A Prefeita de Orós foi homenageada pela comunidade que deu ao novo pátio o nome de Maria de Fátima Maciel, o evento contou com as presenças dos secretários Dr. Leimar, Rosangela, Socorro Nunes, José Lopes, Dr. Énio e Juvino.

Por Josemberg Vieira.

quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Iniciada produção de arroz no Açude Orós


(Iguatu) Nesta época, o verde do arrozal nas várzeas do Açude Orós contrasta com outras áreas do sertão cearense que está seco e as famílias enfrentam falta de água. Nas áreas irrigadas, começou há um mês o cultivo de arroz. Na safra deste ano, de acordo com estimativa dos produtores, houve uma redução de 30% da área plantada em comparação com 2011, quando foram plantados 2 mil hectares. Em 2012, as águas estão distantes das vazantes. A Ematerce ainda não estimou a área cultivada deste ano. O preço do produto anima os produtores. A saca de 60 quilos é comercializada por R$ 40,00. No ano passado, nessa mesma época, era vendida por R$ 18,00.

A localidade de Cajás, em Iguatu, é um dos locais onde se observa agricultores FOTO: HONÓRIO BARBOSA

De acordo com dados da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), o Açude Orós, o segundo maior do Ceará, acumula 86% de sua capacidade. A bacia do reservatório estende-se por vasta área nos Municípios de Iguatu e de Quixelô. Favorece o cultivo de arroz irrigado no segundo semestre de cada ano, que os produtores denominam de verão. O plantio começa a partir de julho e a colheita ocorre após quatro meses e meio.

Intensificação

No Município de Iguatu, o cultivo de arroz nas várzeas do Açude Orós tem se intensificado nas localidades de Cajás, Carrapicho e Serrote. Todos os anos, centenas de produtores rurais seguem a sistemática de plantio. À medida que a água vai baixando, deixando descoberta as terras férteis, os agricultores iniciam o plantio, que vai avançando até o fim de agosto.

Se a água ficar muito distante das várzeas há dificuldades de plantio e o custo de produção torna-se mais elevado. A captação de água dos canais de terra é feita com o uso de bombas elétricas. "Para este ano serão necessários três tombos (transferências) para que a água possa irrigar as terras cultivadas", disse o produtor Valmir Alves do Carmo. "O custo será maior".

Em 2011, nesta época do ano, o nível das águas do Açude Orós estava mais elevado, favorecendo o trabalho dos produtores de arroz. Valmir do Carmo e Francisco Pedro Alves formaram parceria e cultivaram 30 hectares, na localidade de Cajás. A área é menor em relação ao que foi plantado no ano passado. "Tivemos que reduzir cerca de 20 hectares", contou Valmir do Carmo.

No ano passado, Valmir e Pedro Alves colheram 270 toneladas de arroz. "A produção foi excelente, mas o preço estava baixo e nos derrubou", contou. "Neste ano, está ocorrendo o inverso. O preço está bom, mas a produção vai cair porque as áreas de plantio foram reduzidas". O temor da maioria dos produtores é que o preço sofra uma redução a partir de novembro, quando começa a colheita da safra irrigada. "Em 2008, a saca de 60 quilos era vendida por R$ 45,00 e no tempo da colheita caiu para R$ 35,00".

Contribuição

O agrônomo da Ematerce, Jaime Uchoa, disse que o cultivo de arroz nas várzeas do Açude Orós é uma atividade que se estende desde a construção do reservatório, gera emprego e renda no campo e, apesar das sucessivas crises em decorrência do elevado custo de produção, contribui para manter a família do agricultor no campo.

Em algumas áreas, a produtividade é considerada boa em média de oito mil quilos por hectare. Os produtores reclamam da falta de assistência técnica. "A gente vai tentando acertar sozinho", disse Pedro Alves. O plantio é feito com base na experiência acumulada ao longo das décadas. Os produtores reclamam do custo do adubo químico à base de ureia, da energia elétrica e do serviço de preparo de terra (aração) com uso de tratores de particulares.

Neste ano, os produtores estão preocupados com um fenômeno que está ocorrendo. De acordo com os arrozeiros, o vento forte que está soprando desde o mês passado impede que a folha fique úmida. "O vento está acabando com o arroz, não deixa a planta puxar água e a folha está seca, avermelhada", observou Valmir do Carmo. "O nosso temor é que isso provoque queda na produção".

Lucro

O produtor Antonio Alves reclama que o trabalho é pesado e o lucro é pouco por causa do custo de produção que permanece elevado. "Ao final, o ganho é pouco", frisou. Miguel Serafim, produtor rural nas várzeas do Açude Orós solicita apoio governamental. "O Governo deveria olhar para nós, dar assistência e manter o preço do arroz atual até o período da colheita".

No várzeas do Açude Orós, a cada ano, há uma variação das áreas de cultivo de acordo com o nível da água acumulada. Isso faz com que os produtores se desloquem no período de plantio, arredando terras no entono do reservatório. Essas áreas são verdadeiros celeiros de produção no Ceará no segundo semestre, período em que não ocorre chuva no sertão. No período chuvoso, não dá para plantar nessas áreas que podem ficar alagadas e encobertas, variando segundo intensidade das precipitações.

Mais informações:

Escritório da Ematerce
Município de Iguatu
Centro-Sul
Telefone: (88) 3581. 9478

DIÁRIO DO NORDESTE
HONÓRIO BARBOSA
REPÓRTER

terça-feira, 14 de agosto de 2012

Ceará tem maior índice do Nordeste no Ideb no ensino fundamental


O Ceará obteve 4.2 no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) de 2011, divulgado nesta terça-feira (14) pelo governo federal. O índice do estado supera a estimativa do Ceará para 2013, que é de 4.0, e chega perto da projeção estipulado pelo Ministério da Educação (MEC) para 2015, de 4.3. Os dados são referentes à turma do 8º ano, a última série do ensino fundamental. Nessa série, o índice do Ceará evoluiu de 3.1 em 2005 para 4.2 em 2011.

O desempenho do Ceará é o mais alto entre os estados do Nordeste. Piauí aparece como a segunda melhor nota da região, com 4.0. A média da região Nordestina para o 8º ano é de 3.5. O estado da região com a menor nota é Alagoas, com 2.9.
A nota também coloca o Ceará com a oitava maior média do país, empatado com Rondônia, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul. Santa Catariana obteve a maior média no ensino fundamental, com índice 4.3.

Em relação ao índice do ensino fundamental entre 1º e 5º ano, o Ceará obteve índice 4.9, nota que também superou a projeção do MEC para 2017, que é de 4.8 para o estado. Na quarta série, o Ceará se aproxima da meta estipulada para 2019, de 5.1.
Já no ensino fundamental, que inclui primeiro, segundo e terceiro anos, o Ceará teve o menor desempenho, de 3.7 no Ideb 2011. O índice também supera a projeção feita pelo MEC para este ano, que era de 3.6.

As notas do Ideb mostram que o ensino fundamental cresceu mais que o ensino médio. Enquanto o ensino fundamental melhorou a nota de 3.2 para 4.9 entre 2005 e 2011, no ensino médio, a nota melhorou de 3.3 para 3.7, no mesmo período.
saiba mais
País supera metas do Ideb no ensino fundamental e iguala no médio
Colégio no Recife tira nota mais alta do Brasil no Ideb pela terceira vez
Para a professora de educação da Universidade Estadual do Ceará (Uece) Heloísa Vida, a melhora nas séries iniciais é um reflexo dos investimentos do governo do estado na educação de responsabilidade das prefeituras, até a 4º série. "É uma melhora significativa na educação inicial, mas não se pode deixar o ensino médio, senão essa geração não poderá entrar em uma universidade e está perdida", diz a professora.

A secretária de Educação do Ceará, Izolda Cela, diz que o investimento do governo do estado na educação básica é uma forma de fazer com que o aluno chegue mais preparado ao ensino médio, de responsabilidade do governo do estado. "Apesar de termos investido no ensino básico, nosso foco maior ainda é no médio, de nossa responsabilidade. Temos que investir principalmente na educação básica para que o aprendizado do aluno não ocorra de forma fragilizada. O nosso objetivo, em parceria com as prefeituras, é fazer com que todas as crianças aprendam a ler na idade certa", diz.

Para chegar ao índice, o MEC calcula a relação entre rendimento escolar (taxas de aprovação, reprovação e abandono) e desempenho na Prova Brasil, aplicada para crianças do 5º e 9º ano do fundamental e do 3º ano do ensino médio.
O Colégio Militar de Fortaleza teve a maior média entre todas as escolas do estado, com índice 6.8. A escola Osvaldo Sturdat teve média 1.3, a menor do estado. Das 100 escolas com pior índice no Ceará, 23 são de Fortaleza. O Ideb avalia 1.772 escolas no Ceará e 30.842 de todo o Brasil.

André Teixeira
Do G1 CE

Ceará tem maior índice do Nordeste no Ideb no ensino fundamental


O Ceará obteve 4.2 no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) de 2011, divulgado nesta terça-feira (14) pelo governo federal. O índice do estado supera a estimativa do Ceará para 2013, que é de 4.0, e chega perto da projeção estipulado pelo Ministério da Educação (MEC) para 2015, de 4.3. Os dados são referentes à turma do 8º ano, a última série do ensino fundamental. Nessa série, o índice do Ceará evoluiu de 3.1 em 2005 para 4.2 em 2011.

O desempenho do Ceará é o mais alto entre os estados do Nordeste. Piauí aparece como a segunda melhor nota da região, com 4.0. A média da região Nordestina para o 8º ano é de 3.5. O estado da região com a menor nota é Alagoas, com 2.9.
A nota também coloca o Ceará com a oitava maior média do país, empatado com Rondônia, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul. Santa Catariana obteve a maior média no ensino fundamental, com índice 4.3.

Em relação ao índice do ensino fundamental entre 1º e 5º ano, o Ceará obteve índice 4.9, nota que também superou a projeção do MEC para 2017, que é de 4.8 para o estado. Na quarta série, o Ceará se aproxima da meta estipulada para 2019, de 5.1.
Já no ensino fundamental, que inclui primeiro, segundo e terceiro anos, o Ceará teve o menor desempenho, de 3.7 no Ideb 2011. O índice também supera a projeção feita pelo MEC para este ano, que era de 3.6.

As notas do Ideb mostram que o ensino fundamental cresceu mais que o ensino médio. Enquanto o ensino fundamental melhorou a nota de 3.2 para 4.9 entre 2005 e 2011, no ensino médio, a nota melhorou de 3.3 para 3.7, no mesmo período.
saiba mais
País supera metas do Ideb no ensino fundamental e iguala no médio
Colégio no Recife tira nota mais alta do Brasil no Ideb pela terceira vez
Para a professora de educação da Universidade Estadual do Ceará (Uece) Heloísa Vida, a melhora nas séries iniciais é um reflexo dos investimentos do governo do estado na educação de responsabilidade das prefeituras, até a 4º série. "É uma melhora significativa na educação inicial, mas não se pode deixar o ensino médio, senão essa geração não poderá entrar em uma universidade e está perdida", diz a professora.

A secretária de Educação do Ceará, Izolda Cela, diz que o investimento do governo do estado na educação básica é uma forma de fazer com que o aluno chegue mais preparado ao ensino médio, de responsabilidade do governo do estado. "Apesar de termos investido no ensino básico, nosso foco maior ainda é no médio, de nossa responsabilidade. Temos que investir principalmente na educação básica para que o aprendizado do aluno não ocorra de forma fragilizada. O nosso objetivo, em parceria com as prefeituras, é fazer com que todas as crianças aprendam a ler na idade certa", diz.

Para chegar ao índice, o MEC calcula a relação entre rendimento escolar (taxas de aprovação, reprovação e abandono) e desempenho na Prova Brasil, aplicada para crianças do 5º e 9º ano do fundamental e do 3º ano do ensino médio.
O Colégio Militar de Fortaleza teve a maior média entre todas as escolas do estado, com índice 6.8. A escola Osvaldo Sturdat teve média 1.3, a menor do estado. Das 100 escolas com pior índice no Ceará, 23 são de Fortaleza. O Ideb avalia 1.772 escolas no Ceará e 30.842 de todo o Brasil.

André Teixeira
Do G1 CE

Ceará tem maior índice do Nordeste no Ideb no ensino fundamental


O Ceará obteve 4.2 no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) de 2011, divulgado nesta terça-feira (14) pelo governo federal. O índice do estado supera a estimativa do Ceará para 2013, que é de 4.0, e chega perto da projeção estipulado pelo Ministério da Educação (MEC) para 2015, de 4.3. Os dados são referentes à turma do 8º ano, a última série do ensino fundamental. Nessa série, o índice do Ceará evoluiu de 3.1 em 2005 para 4.2 em 2011.

O desempenho do Ceará é o mais alto entre os estados do Nordeste. Piauí aparece como a segunda melhor nota da região, com 4.0. A média da região Nordestina para o 8º ano é de 3.5. O estado da região com a menor nota é Alagoas, com 2.9.
A nota também coloca o Ceará com a oitava maior média do país, empatado com Rondônia, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul. Santa Catariana obteve a maior média no ensino fundamental, com índice 4.3.

Em relação ao índice do ensino fundamental entre 1º e 5º ano, o Ceará obteve índice 4.9, nota que também superou a projeção do MEC para 2017, que é de 4.8 para o estado. Na quarta série, o Ceará se aproxima da meta estipulada para 2019, de 5.1.
Já no ensino fundamental, que inclui primeiro, segundo e terceiro anos, o Ceará teve o menor desempenho, de 3.7 no Ideb 2011. O índice também supera a projeção feita pelo MEC para este ano, que era de 3.6.

As notas do Ideb mostram que o ensino fundamental cresceu mais que o ensino médio. Enquanto o ensino fundamental melhorou a nota de 3.2 para 4.9 entre 2005 e 2011, no ensino médio, a nota melhorou de 3.3 para 3.7, no mesmo período.
saiba mais
País supera metas do Ideb no ensino fundamental e iguala no médio
Colégio no Recife tira nota mais alta do Brasil no Ideb pela terceira vez
Para a professora de educação da Universidade Estadual do Ceará (Uece) Heloísa Vida, a melhora nas séries iniciais é um reflexo dos investimentos do governo do estado na educação de responsabilidade das prefeituras, até a 4º série. "É uma melhora significativa na educação inicial, mas não se pode deixar o ensino médio, senão essa geração não poderá entrar em uma universidade e está perdida", diz a professora.

A secretária de Educação do Ceará, Izolda Cela, diz que o investimento do governo do estado na educação básica é uma forma de fazer com que o aluno chegue mais preparado ao ensino médio, de responsabilidade do governo do estado. "Apesar de termos investido no ensino básico, nosso foco maior ainda é no médio, de nossa responsabilidade. Temos que investir principalmente na educação básica para que o aprendizado do aluno não ocorra de forma fragilizada. O nosso objetivo, em parceria com as prefeituras, é fazer com que todas as crianças aprendam a ler na idade certa", diz.

Para chegar ao índice, o MEC calcula a relação entre rendimento escolar (taxas de aprovação, reprovação e abandono) e desempenho na Prova Brasil, aplicada para crianças do 5º e 9º ano do fundamental e do 3º ano do ensino médio.
O Colégio Militar de Fortaleza teve a maior média entre todas as escolas do estado, com índice 6.8. A escola Osvaldo Sturdat teve média 1.3, a menor do estado. Das 100 escolas com pior índice no Ceará, 23 são de Fortaleza. O Ideb avalia 1.772 escolas no Ceará e 30.842 de todo o Brasil.

André Teixeira
Do G1 CE

Justiça volta a indeferir candidatura em Iguatu


“O juiz da 13ª Zona Eleitoral, Josué de Souza Lima Júnior, acatou, no último domingo (12), o recurso da coligação “Por um Iguatu Justo e Humano” e indeferiu a candidatura de Aderilo Antunes (PRB) à Prefeitura de Iguatu. Notificados ontem da decisão, os advogados do candidato afirmam que entrarão com recurso no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) para garantir o registro da candidatura.
Aderilo Antunes, que teve suas contas de gestão desaprovadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), era beneficiado por uma liminar que garantia sua elegibilidade para este ano. No último dia 11 de julho, entretanto, o presidente do Tribunal de Justiça do Ceará (TJ-CE), José Arísio Lopes, cassou os efeitos da liminar, tornando o candidato novamente inelegível. Seguindo os efeitos da ação, o juiz Josué de Souza Lima Júnior decidiu, sob regime de retratação, pelo indeferimento da candidatura. De acordo com a 13ª Zona Eleitoral, a mudança foi provocada por recurso protocolado pela coligação “Por um Iguatu Justo e Humano”, encabeçada pela candidata Mirian Sobreira (PSB) .
De acordo com Fabrício Moreira, advogado de Aderilo Antunes, a nova decisão será questionada na Justiça Eleitoral. “No dia do registro de candidatura, o Aderilo tinha uma liminar a seu favor, e isso precisa ser levado em consideração. Além disso, a prestação de contas que motivou o indeferimento refere-se a uma gestão de apenas dois dias como prefeito do Município”, declara. Ex-vereador e ex-presidente da Câmara Municipal de Iguatu, Aderilo Antunes conta com o apoio do atual prefeito do Município, Agenor Neto (PMDB). Na primeira pesquisa do Ibope divulgada na região, ele lidera com 57% das intenções de voto, contra 29% de Mirian Sobreira.
(O POVO)

Festa de Padroeira de Orós Nossa Senhora do Perpétuo Socorro


A Paróquia de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, localizada no Município de Orós, inicia no dia 13 de agosto os festejos religiosos em homenagem à santa, padroeira da cidade. A abertura acontecerá com o hasteamento da bandeira de N. Sra. do Perpétuo Socorro e, em seguida, haverá missa solene. As comemorações seguem até o dia 22.

domingo, 12 de agosto de 2012

sábado, 11 de agosto de 2012

Programa Garantia Safra 2011/2012 no município de Orós


A Secretaria da Agricultura vem por meio deste informar a todos os beneficiários do Programa Garantia Safra 2011/2012, que foi publicado no Diário Oficial da União em 06 de agosto de 2012 a Portaria da SAF/MDA nº 21, de 02 de agosto de 2012, que autorizou o pagamento da 1ª parcela do Governo Federal dos benefícios relativos á safra 2011/2012 aos agricultores (as) que aderiram ao Garantia Safra, onde o município de Orós se encontra apto a receber o beneficio. Destaco que no município de Orós serão beneficiados 959 agricultores (as) e que o pagamento será realizado em 05 parcelas nos meses de: Agosto, setembro, outubro, novembro e dezembro de 2012, Obedecendo ao calendário de pagamento dos Programas do Governo Federal. O pagamento terá inicio em 20/08/2012.

Ressalto que os beneficiários inscritos no Programa Garantia Safra 2011/2012 que ainda não receberam a parcela extra do Governo do Estado e que consta na folha de pagamento do mês de julho procure a referida secretaria. E os beneficiários que aderiram ao Programa ano 2011/2012 que não receberam a parcela extra do Governo do Estado, aguardem, pois o MDA está analisando o possível problema.
Maiores informações entrar em contato com a secretaria pelo telefone: (88) 3584-12-22

Fonte da informação:
Edinaldo Pinto de Souza
Secretário de Agricultura

terça-feira, 7 de agosto de 2012

BOM DIA

BOM DIA AMIGOS E AMIGAS DO PORTAL ORÓS QUE TODOS BUSQUEM EM DEUS AS FORÇAS NECESSÁRIAS PARA MAIS UM NOVO DIA DE SUAS VIDAS SE TU ACREDITARES NELE SERÁS UM VENCEDOR, JOSEMBERG VIEIRA PENSE NUM PATRÃO FORTE QUE TENHO DEUS.

JUIZ ELEITORAL DE ORÓS EDUARDO MOTA INDEFERE CHAPA


Click na imagem e veja:
Link do site do TSE Divalgacan2012 escreva Orós e leia você mesmo:http://divulgacand2012.tse.jus.br/divulgacand2012/abrirTelaPesquisaCandidatosPorUF.action?siglaUFSelecionada=CE

Coligações desrespeitam Justiça Eleitoral e tem carros de som apreendidos


A apreensão se deu, segundo o juiz e o promotor eleitoral, Dr. Josué de Sousa Lima Júnior e Dr. Francisco das Chagas, respectivamente, em virtude do desrespeito desses automóveis para com os cidadãos de Iguatu, principalmente no centro da cidade.

Uma reunião com os representantes legais das coligações, a igreja e a CDL, e também a presença da Mais FM( única emissora convidada para a reunião), foi realizada a portas fechadas na Justiça Eleitoral com o intuito de expor às referidas coligações a indignação do juiz e do promotor eleitoral sobre os acontecimentos do fim de semana, quando foram realizados dois eventos na cidade pelas duas principais coligações.

Segundo o juiz eleitoral, Dr. Josué, os dois eventos desrespeitaram a Justiça Eleitoral e também as pessoas de bem de Iguatu. O juiz ainda citou que foi acordado na manhã desta segunda-feira, 06/08, com uma artilharia de fogos por toda a cidade, e que não sabia o porquê do acontecido. Somente depois de conversar com um dos homens que era responsável pela artilharia, é que descobriu que se tratava de uma pesquisa eleitoral divulgada durante a madrugada.

Em menos de um mês de campanha, a Justiça Eleitoral de Iguatu já pode perceber que as coligações não medem as consequências para atingir os seus objetivos.

A Justiça foi afrontada, segundo Dr. Josué e Dr. Francisco das Chagas. Eles informaram, durante a reunião, que todos os envolvidos na balbúrdia do fim de semana, serão multados e responsabilizados pelos acontecimentos. Dr.Josué informou aos presentes que os veículos apreendidos não serão liberados por ele. O processo será enviado para a Justiça Comum. Os representantes das coligações foram advertidos de que a Justiça vai continuar agindo e , que se for necessário, os candidatos que burlarem a Lei eleitoral, terão suas candidaturas indeferidas.

MAIS FM
FOTO - FAGNER LEANDRO

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Termina na quarta-feira prazo para segunda via de título


O eleitor que está fora do seu domicílio eleitoral tem até o dia 8 de agosto para pedir a segunda via do título, de acordo com o calendário de eleições 2012. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) esclarece que a segunda via pode ser solicitada no cartório mais próximo, se não for possível requerer no que é inscrito. Para entrar com pedido, o eleitor não deve ter pendências com a Justiça Eleitoral e apresentar documento de identificação com foto. Conforme o TSE, quem estiver fora de seu domicílio eleitoral no dia da eleição deve justificar a ausência em qualquer local de votação ou posto de justificativa. Para isso, deve apresentar o título – ou documento oficial de identificação com foto – e o formulário Requerimento de Justificativa Eleitoral (RJE) devidamente preenchido.

TRE-CE já distribui urnas eletrônicas para o Interior


O Tribunal Regional Eleitoral, através da Seção de Administração e Manutenção de Urnas Eletrônicas (URNAS), da Coordenadoria de Eleições (COELE), já iniciou a distribuição, em grande escala, de urnas eletrônicas para as zonas eleitorais do interior visando às próximas eleições. Até então, apenas a 108a. Zona Eleitoral (Chaval) havia recebido seu quantitativo integral. Nos três roteiros enviados no dia 30 de julho foram contempladas 16 zonas eleitorais e enviadas 2.133 urnas e 108 pallets .

A distribuição continuará nesta semana, com a entrega de 529 urnas e 39 pallets em Pentecoste, São Luís do Curu e Itapajé. Após o cumprimento deste roteiro, o caminhão seguirá para fazer a distribuição dos centros de armazenamento e manutenção de urnas eletrônicas (CAMUs) de Itapipoca e Sobral, com previsão de conclusão para o dia 12 de agosto.

Nas próximas eleições, funcionarão, em todo o Estado, cerca de 19.500 seções eleitorais. Para atender toda a demanda, a Secretaria de Tecnologia da Informação (STI) do TRE vai preparar em torno de 22.500 urnas para que o próximo pleito transcorra sem problemas.

Iguatu Notícias

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

TRE começa a julgar recursos dos candidatos


Mais de 600 candidatos, em todo o Estado do Ceará, tiveram o registro da candidatura negado pelo juiz eleitoral do Município. Os recursos dos indeferidos e outros do Ministério Público já estão chegando ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Quem apresentar recurso pode permanecer na disputa até o julgamento do processo em última instância.

No TRE, vários recursos de postulantes aos cargos de prefeito e vereadores já estão tramitando e a tendência, a partir de agora, é aumentar o volume, revela o procurador regional eleitoral, Márcio Torres, ao avaliar que já recebeu quase 100 processos para oferecer parecer. O problema é que o prazo para a sua manifestação é de apenas 48 horas.

Os juízes eleitorais terão que julgar, até o próximo domingo, todos os pedidos originais de registro de candidatura, inclusive os impugnados. A determinação é do Calendário Eleitoral que também estabelece o dia 23 de agosto como data limite para os Tribunais Regionais Eleitorais julgarem todos os recursos de registro de candidatura. A partir de então os recursos dos TREs serão julgados pelo TSE.

O TRE cearense começou a julgar recursos, em registro de candidatura, no dia 25 de julho e esta semana foram julgados dois casos de candidatos a vereador atingidos pela Lei Ficha Limpa. Por unanimidade de votos, na sessão da última terça-feira, foi negado o registro da candidatura de Antônio Adalbercio Linhares a vereador de Sobral.

Ficha Limpa

O juiz eleitoral de Sobral deferiu o registro da candidatura, mas o promotor de Justiça recorreu porque, quando presidente da Câmara Municipal o candidato teve contas desaprovadas pelo Tribunal de Contas dos municípios (TCM). O relator do processo no TRE foi o juiz Luciano Lima Rodrigues.

O segundo caso veio do Município de Acopiara onde Carla Renata Gomes de Carvalho, também candidata à Câmara Municipal, teve o registro da candidatura indeferido porque, na condição de gestora, teve contas desaprovadas pelo TCM. A candidata recorreu e o TRE confirmou a decisão do juiz de Acopiara. Neste processo o relator foi o juiz Luciano Lima Rodrigues e a decisão do Tribunal também foi por unanimidade.

As estatísticas de candidaturas, divulgadas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), via Internet, indicam que Fortaleza é o Município com maior quantidade de pedidos de registro indeferidos. Os dados fornecidos pelo TSE estão sujeitos a mudanças porque ainda existem processos a serem julgados. Mas, até o fim do expediente da última quinta-feira 123 candidatos, em Fortaleza, estavam com o registro da candidatura indeferido, sendo que cinco já haviam apresentado recurso.

Entre os demais municípios cearenses Caucaia se apresenta com a maior quantidade de registros indeferidos, chegando a 42 de um total de 366 pedidos apresentados. Outros municípios que também apresentam grande quantidade de pedidos de registro de candidaturas negados pelo juiz eleitoral são: Trairi com 21 registros indeferidos; Itaitinga com 19; São Luís do Curu com 18, Santa Quitéria com 11 e; Acopiara com 10 registros de candidatos indeferidos.

Índice
Levando-se em consideração a quantidade de candidatos e o número de registros indeferidos o maior índice foi atingido em São Luís do Curu, com mais de 20%, porque de um total de 84 pedidos de registro 18 foram negados.

A consulta ao sistema de divulgação de candidaturas do TSE indicou também que em outros 67 municípios cearenses, até o fim do expediente da última quinta-feira, não havia nenhum registro de candidatura indeferido. Também foram identificadas situações em que todos os pedidos de registro de candidatura já haviam sido julgados, assim como cidades em que nenhum pedido de registro havia sido julgado.

Acopiara, Aiuaba e Alcânta-ras são exemplos de municípios em que todos os pedidos originais de recurso haviam sido julgados. Pires Ferreira e Tarrafas são municípios onde o TSE ainda não indicava registro de candidaturas. Até amanhã, o site deverá ter outros informes.

DN Online