}); PORTAL ORÓS: PEREIRO - FALTA DE ÁGUA CONTRIBUI PARA AUMENTO DE CASOS DE DENGUE.

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

PEREIRO - FALTA DE ÁGUA CONTRIBUI PARA AUMENTO DE CASOS DE DENGUE.

O número de casos de dengue registrados no município de Pereiro, distante 328 km de Fortaleza, é preocupante para o início de 2014. Só em janeiro último foram confirmados 22 casos de dengue na cidade, segundo informações da Secretaria Municipal de Saúde. São 15 casos a mais que os registrados na Região no mesmo período do ano passado e apenas seis a mais do que os confirmados em Fortaleza, neste ano, onde a população é aproximadamente 159 vezes maior. A situação da doença no município foi denunciada pelo leitor Antônio Arnoldo através da ferramenta VC Repórter.

A Secretaria informou ainda que a possível causa da maioria dos focos de dengue na Região é o acúmulo inadequado de água pela população. Devido à falta de água em Pereiro e, principalmente, na localidade Sítio Contendas, quando os carros-pipa passam para abastecer, os moradores utilizam todos os recipientes disponíveis para acumular a água e depois não tomam os devidos cuidados para manter estes recipientes vedados para impedir a proliferação do mosquito. O Secretário de Saúde do Município, Edinaldo Moreira, admite que "Os casos realmente são diagnosticados. Não temos medo de esconder os números, queremos é ajuda para resolver a problemática", disse.

Só na localidade Sítio Contendas, a 3 km do centro de Pereiro, de onde partiu a denúncia sobre o surto da doença realizada à redação web do Diário do Nordeste, foram 5 casos confirmados. O morador, Antônio Arnoldo, 36 anos, autor da denúncia, disse que existem ainda outros 13 casos de pessoas que contraíram a doença só nesta localidade mesmo que estes ainda não tenham sido notificados pela Secretaria. "Aqui, 18 pessoas contraíram dengue em menos de um mês. Só na minha família já têm dois tios em tratamento", explicou. No caso da família de Antônia Jucélia Gomes, 41 anos, que também vive na Região, pai, filho, irmã e cunhado estão com a dengue. A moradora admite que o problema está no descuido da própria população. "As pessoas têm foco da dengue dentro de casa e acabam prejudicando todo mundo que vive aqui", ressaltou.

Secretaria mobiliza a população

A Secretaria Municipal de Saúde de Pereiro disse que para conter a doença está realizando a conscientização da população. Além disso, segundo a assessoria de comunicação do órgão, o problema pretende ser resolvido com o aumento do efetivo de agentes de endemias. A Prefeitura de Pereiro começa a partir de amanhã um fumacê pela cidade através de uma parceria com o Estado que permitirá o serviço.


Com informações do Diário do Nordeste / Foto: Silvania Claudino

Nenhum comentário:

Postar um comentário