}); PORTAL ORÓS: Janeiro 2015

sábado, 31 de janeiro de 2015

ÔNIBUS ESCOLAR DA REDE MUNICIPAL DE ORÓS É INCENDIADO EM CABEÇA DE NEGRO

Os moradores do sítio Cabeça de Negro Orós na madrugada de hoje sábado (31/01) por volta de 01:00hrs, presenciaram uma cena triste nunca antes vista em nosso torrão, um ônibus da rede municipal de ensino em chamas, isso mesmo, atearam fogo num ônibus escolar.

De acordo com informações repassadas à redação do Portal Orós, o motorista acordou com as explosões dos pneus em chama, logo após foram ouvidos no local disparos de armas de fogo. O motorista pediu socorro a outros funcionários da prefeitura que acionaram a polícia, quando chegaram no local nada mais pode ser feito porque as chamas já tinha destruído todo o ônibus.

O ônibus incendiado seria utilizado para transportar os alunos da rede municipal de ensino do sítio cabeça de Negro para o distrito de Igarói, já que a escola da comunidade foi fechada pela secretaria de educação.


A MOTIVAÇÃO:

De acordo com informações de populares o motivo de tal crime ao patrimônio público, seria a revolta de alguns moradores pelo fechamento da escola São José que este ano não irá mais funcionar e os alunos terão de se deslocar para os distritos mais próximos.

No início deste ano algumas comunidades foram informadas pela prefeitura de Orós do fechamento de algumas escolas em nosso município.

CÁ PARA NÓS: Nada justifica tal ato, porque os principais prejudicados nessa triste história serão os alunos que agora não terão mais ônibus e o povo Oroense, pois o ônibus pertence ao POVO e não ao prefeito.

Por Josemberg Vieira

OITO MUNICÍPIOS DEVEM FICAR SEM ÁGUA NO CEARÁ

A situação hídrica do Ceará, com a perspectiva de um quarto ano seguido de seca, vem preocupando cada vez mais setores da sociedade. Ontem, numa reunião a portas fechadas do Ministério Público do Estado (MPCE) com representantes da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh) e da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), ligadas à Secretaria de Recursos Hídricos (SRH), o Governo revelou que oito municípios deverão ficar completamente sem água nos próximos meses. Contudo, nenhum plano para reverter o quadro foi divulgado.

As cidades são Ipaporanga, Itatira, Apuiarés, Jaguaretama, Urioca, Senador Sá, São Luís do Curu e Parambu. A informação teria sido apresentada pela Cogerh durante o encontro, mas só foi repassada à imprensa pelo MPCE. "A novidade foi essa lista de municípios que em janeiro, fevereiro, março e abril vão, em tese, ficar sem água, pela projeção da análise dos reservatórios de água e pelo consumo", explicou o promotor de Justiça e assessor do Centro de Apoio ao Meio Ambiente (Calmace), Amisterdan de Lima Ximenes.

A reunião, na verdade, seria aberta à imprensa, convidada pelo MPCE a participar. Entretanto, a pedido de representantes do Governo, os jornalistas foram convidados a se retirar. A mesma situação tem acontecido com o Comitê Integrado de Combate à Seca, que antes realizou as últimas duas audiências a portas fechadas.

Apesar do sigilo, o promotor de Justiça do MPCE se disse frustrado com a falta de proposições dos órgãos governamentais. "Nós esperávamos a colocação da situação, mas também a apresentação de propostas. Qual a projeção de novos poços, em que localidades, quais as verbas disponibilizadas?", questionou. Outra falta, segundo Ximenes, foi a falta de um plano de educação ambiental. "Eu pensei que pelo menos isso trariam hoje. Tem que ter a conscientização, principalmente na Região Metropolitana de Fortaleza", ressaltou.

Crateús

A região do Estado mais afetada com a seca é o sertão de Crateús, onde os açudes estão, em média, com 0,9% da capacidade. Em todo o Ceará, o volume atual é de 19,7% do total. Dos 149 açudes administrados pela Cogerh, 128 estão com menos de 30% e apenas um, o Gavião, tem mais de 90% de preenchimento.

Apesar da situação, o presidente da companhia, João Lúcio de Farias, negou, após a reunião, a necessidade de um racionamento. "Nós estamos ainda trabalhando estes cenários, analisando todas as possibilidades, a questão dos usos", disse. "Mas, por enquanto, a RMF tem uma reserva considerável e importante para o Estado", completou.

Com relação a Crateús, Farias afirmou que está em conclusão a construção de uma adutora que irá abastecer a região através do Açude Araras. "Há uma previsão de entregar essa adutora até o dia 10", garantiu.

O gestor da Cogerh informou ainda que uma campanha de conscientização deverá ser anunciada em breve pelo governador Camilo Santana.


DIÁRIO DO NORDESTE - Germano Ribeiro Repórter – Foto: Bruno Gomes

MÉDICO É FEITO REFÉM POR DETENDO EM JUAZEIRO DO NORTE

Durou cerca de seis horas o motim comandado pelo detento da Penitenciária Industrial e Regional do Cariri (PIRC), Francisco Rafael Ferreira Queiroz, de 27 anos, apelidado por Téo e egresso da penitenciária de Quixadá. Tudo começou por volta das 14 horas em Juazeiro do Norte quando o médico Antonio Reinaldo da Silva foi feito refém e ficou sob a mira de uma arma artesanal (cossoco) ante as exigências do interno quanto as presenças de um juiz, alguém da imprensa e, depois, familiares. Por volta das 20 horas, o pai dele chegou em uma viatura da PM de Quixadá quando o rapaz decidiu liberar o médico  Téo demonstrava estar agitado e queria ser transferido para um dos presídios de Fortaleza.

Por volta das 16 horas, o cinegrafista da TV Verde Vale, Thiago Bezerra, adentrou a unidade prisional com uma câmera e um microfone seguindo as exigências do interno. O motim seguiu em curso já com as presenças da Juíza Ana Raquel Colares, a Delegada de Polícia Civil, Cícera de Jesus, militares do Corpo de Bombeiros e da Força Tática de Apoio (FTA) na penitenciária. Foi quando o rapaz solicitou a presença de familiares o que foi prometido a exemplo de sua transferência para Fortaleza.

Téo é acusado de um homicídio em Quixadá e não é a primeira vez que procede desta forma no interior de uma unidade prisional. No dia 20 de setembro de 2011 ele teve um ataque de fúria e quebrou as tampas das cisternas da penitenciária daquele município, além de usar ferros retirados das peças de concreto para ameaçar outros colegas de prisão quando uma equipe da FTA o dominou. O jovem queria ser transferido para a PIRC em Juazeiro do Norte, pois se sentia só ante a transferência de um comparsa.

Na época, Antonio Marcos Melo de Sousa, apelidado por “Marcos Tilica” e acusado do tráfico de drogas foi transferido quando Téo passou a temer represálias de grupos rivais no interior do cárcere onde aguardava julgamento por conta de um homicídio. Ele foi preso no dia 7 de dezembro de 2009 sob a acusação de, dois dias antes, ter lesionado um homem de 57 anos e suas duas filhas de 16 e 22 anos de idade, sendo todos socorridos por familiares para o Hospital Municipal Eudásio Barroso de Quixadá.

    Quanto ao motim na Penitenciária em Juazeiro, houve momentos de tensão e o detento chegou a insistir quanto a presença de parentes que moram em Quixadá. A princípio, foi prometido que viriam de helicóptero, mas o Comando Geral da Polícia Militar determinou a vinda do pai de Téo em uma viatura da PM de Quixadá. Além disso, as autoridades que estiveram à frente das negociações já tinham garantido que o mesmo seria levado para Fortaleza. O médico Reinaldo da Silva saiu em um veículo particular com a sua esposa direto para uma clínica a fim de ser submetido a exames.

Veja o vídeo de um dos momentos das negociações:

Fonte: MISÉRIA

sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

PREÇO DA GASOLINA DISPARA NAS CIDADES DO INTERIOR DO CEARÁ

Iguatu O preço do litro da gasolina disparou no Interior do Ceará e a comum varia entre R$ 2,99 e R$ 3,69. O valor é bem superior ao cobrado na Capital. O preço médio praticado por R$ 3,13 coloca o Estado na décima posição entre as mais caras do País. As regiões do Cariri cearense e o Sertão Central são as que apresentam valor mais elevado. Os consumidores estão assustados e já esperam novo reajuste previsto para os próximos dias. Além do preço elevado, eles também reclamam da qualidade do produto.

Cariri lidera

Nas principais cidades do Cariri (Crato e Juazeiro do Norte) o preço do litro da gasolina comum varia entre R$ 3,22 e R$ 3,69. É o mais alto no Interior, segundo levantamento realizado pelo Diário do Nordeste. Em Brejo Santo, o litro do produto, em média, é vendido por R$ 3,12 e em Jati por R$ 2,99.

Os proprietários de veículos automotores nas cidades de Crato e Juazeiro do Norte estão descontentes e reclamam do que chamam de abuso cometido por proprietários de postos de combustíveis. "É preciso pesquisar, comparar, procurar o melhor preço e ter preocupação com a procedência do produto", disse o mototaxista, Paulo Moreira. "De um modo geral, a gasolina aqui em Crato é uma das mais caras", enfatizou.

Na região Centro-Sul, a cidade de Várzea Alegre lidera com o preço mais caro do litro da gasolina comum, que era de R$ 3,25 e passou para R$ 3,35, um reajuste pouco acima de 3%. O litro da gasolina aditivada custava R$ 3,29 e passou para R$ 3,39.

Sem variação

Na cidade de Iguatu, o maior centro urbano da região, o preço praticado nas bombas é praticamente o mesmo, com variação de apenas um centavo para mais ou para menos. Em média, o litro da gasolina comum custa R$ 3,19. Apenas um posto mantém o preço de R$ 2,99. Nas cidades de Acopiara e Mombaça, o preço do litro da gasolina comum está igual em R$ 3,09.

O representante comercial, Jairo Gomes, disse temer novos reajustes no preço do combustível em razão da crise enfrentada pela Petrobras. "O governo precisa arrecadar mais e o meu temor é que a gasolina volte a subir e o reajuste do salário não acompanha a inflação real", disse. "Pelo visto, 2015 será um ano de aumento", acrescentou.

Profissionais

Com o litro de gasolina comum chegando a R$3,40, o preço do produto no município de Sobral, na região Norte do Ceará, tem preocupado principalmente profissionais que trabalham com automóveis. O taxista Airton Neri lembra que há uma semana a gasolina já havia aumentado, e agora passa por um novo reajuste. "Os taxistas trabalham por tabela no município, chego a encher o tanque quatro ou cinco vezes num mês. Qualquer aumento já dá pra sentir no bolso. Da última vez, minha despesa com combustível aumentou em R$300,00", destacou.

Distância

Na pequena cidade de Irapuan Pinheiro, localizada no Sertão Central, o litro da gasolina comum está a venda pelo valor de R$ 3,45. De acordo com as informações do gerente de um posto de combustível, Gedson Pinheiro, o difícil acesso ao centro urbano encarece o produto.

"Temos de levar em conta a distância", frisou. Esse mesmo argumento ele usou para explicar que, com o reajuste no preço do produto, não há queda nas vendas. "Não compensa um dono de carro ou moto percorrer 35 quilômetros para a cidade mais perto por causa de uma diferença de cinco centavos", observou Pinheiro.

Em Lavras da Mangabeira, a gerente de posto de combustível, Joana Raquel de Queiroz disse que o preço atual se mantém desde novembro passado, mas lembrou que há expectativa de reajuste nos próximos dias. Na cidade, o preço do litro da gasolina comum tem variação entre R$ 3,22 a R$ 3,28.

No Vale do Jaguaribe o preço da gasolina também tem gerado insatisfações por parte de motoristas, mas a maioria dos postos mantém o valor praticado em dezembro passado, em média de R$ 3,27. Na cidade de Russas, há preço inferior de R$ 3,17.

Liberdade

O assessor do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Estado do Ceará (Sindipostos), Antonio José da Costa, disse que não tem conhecimento de preços praticados atualmente pelos postos de combustíveis no Interior do Ceará e que não sabe quando ocorrerá reajuste no preço do produto. "Vamos nos reunir na próxima segunda-feira, fazer uma avaliação, pesquisa e nos informar sobre possível reajuste", disse. Costa lembrou que "o mercado é livre" e os empresários têm, portanto, liberdade de mudança nos preços praticados.

SAIBA MAIS

Preço da Gasolina comum

Crato - 3,69
Juazeiro do Norte - 3,69
Deputado Irapuan Pinheiro - 3,45
Sobral - 3,40
Milhã - 3,39
Mombaça 3,33
Viçosa do Ceará - 3,30
Parambu - 3,29
Várzea Alegre - 3,25
Crateús 3,24
Lavras da Mangabeira - 3,28
Iguatu - 3,19
Russas - 3,17
Brejo Santo -3,12
Jati - 2,69

Mais informações:
Sindicato dos Postos de Combustíveis do Estado do Ceará (Sindipostos)
Fortaleza
Telefone: (85) 3244-1147

Honório Barbosa / Sucursais Colaborador


DIÁRIO DO NORDESTE

MILAGRE: HOMEM MORTO COM TIRO DE ESCOPETA NO ROSTO CONTINUA SEM IDENTIFICAÇÃO

Um projétil calibre 12, provavelmente de uma escopeta, foi encontrado na cabeça do homem cujo corpo estava começando a se decompor em um matagal nas imediações do Café da Linha na zona rural de Milagres. Este segue sem identificação em uma das gavetas do IML (Instituto Médico Legal) de Juazeiro do Norte e, num contato da reportagem do Site Miséria com o Destacamento Militar de Milagres, veio a informação de que por lá ninguém surgiu reclamando sobre desaparecimento.

O local do achado do cadáver foi periciado e os indícios são muito mais para uma “desova” já que não havia manchas de sangue. Além disso, a falta de reconhecimento da vítima por àquela região mesmo cinco dias após. O corpo aparenta entre 40 e 45 anos de idade, vestindo uma calça jeans de cor azul semi-arriada, uma camisa listrada nas cores verde, azul escuro e branca, além de descalço e de bruços. Curiosos que estiveram no local asseguraram que não se tratava de uma pessoa residente nas imediações

Foi o primeiro homicídio do ano em Milagres que terminou 2014 como o sexto colocado em número de assassinatos no Cariri com oito. O último deles aconteceu no dia 15 de dezembro quando o caminhoneiro Joaquim Mendes de Souza, de 66 anos, que residia em Brejo Santo, foi morto no Distrito de Rosário. Ele dirigia seu caminhão quando foi surpreendido com uma Hilux de cujo interior partiram os primeiros disparos. O motorista adentrou o mato desgovernado, enquanto os algozes concluíram a execução. Segundo a polícia, a vítima respondia por um crime de homicídio e um porte ilegal de arma de fogo.


MISÉRIA

IGUATU: HOMEM É MORTO COM VÁRIOS TIROS EM SUA RESIDÊNCIA

Mais um crime de morte foi regirado na cidade de Iguatu. O fato aconteceu na noite desta quinta-feira, 29, quando um homem foi assassinado na porta de sua residência situada na Travessa Quixelô, bairro Lagoa Parque mais precisamente por trás de um depósito de móveis e eletros.

O crime que vitimou Ernane Nogueira Pereira, 42 anos, acontece após 17 dias da polícia não registrar um caso desta natureza. A vítima de acordo com os populares era pedreiro, mas trabalhava em uma fábrica de calçados, ainda não se sabe se Ernane tem passagens pela polícia e tão pouco o fator motivador do crime.

De acordo com as primeiras informações levantadas pela polícia, dois homens – até o momento não identificados – chegaram numa motocicleta à residência da vítima chamando por Ernane foi quando efetuaram quatro disparos a queima roupa contra o mesmo.

A vítima ainda tentou refugiar-se dentro de casa, mas veio a óbito minutos depois. Diversas viaturas policiais e uma ambulância do Sistema de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foram acionadas. O rabecão do Instituto Médico Legal (IML) levou o corpo para a necropsia.
Estatísticas

Com o assassinato de Ernane somam se três homicídios somente no ano de 2015 na cidade de Iguatu. O último caso foi a morte à faca do pedreiro Sergio Alves de Oliveira, 32 anos, na Rua do Arame no Bairro João Paulo II no dia 12 deste mês de janeiro.

Outro fato que ainda pode acrescer nas estatísticas de homicídios na cidade foi o achado do corpo de uma mulher – não identificada - na Vila Cajazeiras em avançado estado de putrefação. O laudo pericial onde divulga o causa dessa morte ainda não foi divulgado.


MAIS FM

MAIS UM PRESENTE PARA O POVO: ENERGIA VAI SUBIR 27,6 E GASOLINA 8% EM 2015

Brasília. O Banco Central prevê alta nos preços administrados em 2015, que deverão subir, pela nova estimativa, 9,3%. A projeção anterior era de uma alta de 6%. Para 2016, a previsão é de uma alta menor, de 5,1%, quando comparada à estimativa de 5,2%, anterior.
Na ata divulgada ontem, a primeira do ano, o Banco Central mudou a forma como costuma construir o parágrafo que detalha os preços administrados e passou a inserir explicações para algumas projeções. Entre as alterações da autoridade monetária, ela voltou a fazer projeções para a gasolina, algo que havia sido retirado de documentos anteriores, em função de polêmicas em torno das perspectivas do BC para os combustíveis.
No fim do mês passado, o Relatório Trimestral de Inflação (RTI) trouxe a informação de que a projeção de alta dos preços administrados deste ano subiu de 6% para 6,2%, enquanto a para 2016, avançou de 4,9%, para 5,2%. Já no Relatório de Mercado Focus, da última segunda-feira, a mediana das estimativas para esses preços em 2015, subiu de 8,20%, para 8,70%, enquanto a mediana para 2016, caiu de 5,90%, para 5,80%.

Itens administrados
Pela primeira vez, o BC apresenta suas projeções abertas para os itens administrados ou monitorados pelo governo de 2015. De acordo com a ata, a tarifa de energia elétrica vai sofrer um reajuste de 27,6% este ano - as expectativas para esse insumo em 2014 passaram por seis revisões consecutivas até o fechamento do ano. No caso de telefonia fixa, a previsão da diretoria do BC é de uma alta de 0,6%, em 2015.
Para formar seu cenário para os preços administrados, o BC informou que levou em conta hipótese de elevação de 8%, no preço da gasolina. Até a ata da reunião anterior do Copom, a instituição limitava-se a relatar a variação desses itens dentro de um limite de tempo.
O BC ainda explicou no documento que a alta da gasolina é reflexo de incidência da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide) e da PIS/Cofins. Disse ainda que no caso da energia, a projeção se explica devido ao repasse às tarifas do custo de operações de financiamento, contratadas em 2014, da Conta de Desenvolvimento Energético (CDE)
Comportamento
Mudança de hábitos no lar é obrigatória
A dona de casa Marleide Silva, 49, diz que os aumentos acabam forçando o consumidor a abrir mão de regalias como, por exemplo, a TV por assinatura e ar condicionado. "Aumenta o salário mínimo, mas as altas de preços são maiores".
Marleide Silva Dona de Casa

DIÁRIO DO NORDESTE


CEARÁ: 4 MIL TRABALHADORES SÃO DEMITIDOS E OBRAS DO CINTURÃO DAS ÁGUAS NO CE ESTÃO PARALISADAS

Os quatro mil trabalhadores que foram demitidos no último dia 12 de janeiro não receberam ainda seus salários atrasados nem seus direitos trabalhistas

Crato A demissão de trabalhadores que atuam na construção do Cinturão das Águas colocou em cheque a capacidade de dar uma resposta para a demanda hídrica, dentre as ações estratégicas do Governo do Estado para o enfrentamento da seca por mais um ano. A avaliação é do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção de Estradas, Pavimentação e Obras de Terraplenagem (Sintepav), no Ceará, ao comentar o desligamento de cerca de quatro mil trabalhadores, nos trechos dos Lotes de 1 a 5 na região.

Os canteiros de obra dos municípios de Missão Velha, Brejo Santo, Barbalha e Crato estão totalmente parados. Enquanto isso, a Casa Civil distribuiu ontem uma nota afirmando, não apenas que as obras não terão o cronograma comprometido, como há um trabalho continuado nas áreas que foram supostamente afetadas. O representante da sub sede do Sintepav em Juazeiro do Norte, Evandro Pinheiro, conta que a situação é dramática na obra, pois os quatro mil trabalhadores que foram demitidos no último dia 12 de janeiro não receberam salários atrasados e nem as empresas estão acertando os direitos trabalhistas. 

Adesão 

Evandro Pinheiro diz que a demissão no lote de Missão Velha foi de 100% e a empresa responsável, que é de São Paulo, não está cumprindo com as obrigações trabalhistas. “Muitos estão sem saber o que fazer. Eles têm casas alugadas, despesas e não sabem como vai ficar a situação”, lamenta Evandro, acrescentando que o Sintepav está entrando com uma ação na Justiça do Trabalho para garantir os direitos trabalhistas dos empregados demitidos.

Segundo o sindicalista, a situação já vinha de forma irregular desde o mês de novembro de 2014 por conta dos atrasos nos salários, inclusive com algumas paralisações parciais em alguns trechos. Com a demissão em massa, a obra parou.

Cerca de 2,5 mil trabalhadores prestavam serviço por subcontratação e foram dispensados sem aviso prévio. Outros que são contratados diretamente pela empresa ganhadora da licitação também foram demitidos, mas já cumpriam o aviso desde dezembro.

Negociação

O Sintepav afirma que já vinha tentando uma negociação, mas sempre havendo um jogo de “empurra- empurra” entre as empresas que reclamam de falta de repasses e o Governo que nega que não esteja repassando os recursos. O único trecho que continua em atividade, segundo o Sintepav, é o Lote 5, que é responsável pela construção dos túneis e está distribuído em vários municípios. A obra toda envolve a construção de 10 túneis. O maior deles em extensão é Veneza, no distrito de Jamacaru, em Missão Velha.


 
O material que seria usado nas obras está encostado, perto da estrada
A obra

O Cinturão das Águas é uma obra do Governo do Estado que irá captar água da barragem de Jati, do projeto da Transposição do Rio São Francisco, e distribuir para as regiões mais afetadas pelas secas do Ceará. Logo após o anúncio do prognóstico da Fundação Cearense de Meteorologia (Funceme) para o início da quadra chuvosa no Ceará, especialmente nos meses de fevereiro, março e abril, o governador Camilo Santana pontuou esse empreendimento como “estratégico” para o a oferta hídrica no Estado, a exemplo dos que espera do Projeto de Transposição do Rio São Francisco.

Estão previstos para serem investidos até a conclusão do trecho, cerca de R$ 1,8 bilhão. A meta é que em janeiro de 2016 já estejam sendo redistribuídas as águas na região.

Apenas neste trecho de quase 150 quilômetros, estavam atuando 2.700 trabalhadores e mais de 800 máquinas. A obra em todos os trechos está orçada em cerca de R$ 9 bilhões com tempo estimado de 10 anos para conclusão, podendo chegar ao dobro deste período.

As obras do Cinturão das Águas, incluídas no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), foram lançadas em julho de 2013. Para fazer os 149 quilômetros iniciais, foram assinados contratos com empreiteiras no valor de R$ 1,638 bilhão.

Previsão

A atenção com o cronograma do Cinturão das Águas está associada às obras da transposição do São Francisco, uma vez que sua tomada de água ocorrerá a partir da Barragem Jati, onde passa o Eixo Norte da transposição. A previsão é que as águas da transposição cheguem ao Ceará até o ano de 2016.

De acordo com a Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado, “a primeira etapa da obra do Cinturão das Águas do Ceará (CAC) tem 150 quilômetros de extensão na Região Cariri. Essa primeira etapa é divida em cinco trechos, que não sofreram paralisação e seguem com atividades dentro do cronograma”. Segundo o órgão, “hoje, temos 25% da construção concluída, com previsão de entrega em 2016. O investimento total é de R$1,5 bilhão, sendo R$1,1 bilhão do Governo Federal e 400 milhões como contrapartida do Governo do Estado. No entanto, a gestão de recursos humanos de cada consórcio de responsabilidade de cada empresa”.

Consórcio

Por fim, a explicação oficial ressalta que “cada um desses trechos é executado por um consórcio com três empresas: Lotes 1 e 4 : PB Construções, Construtora Passarelli e Servengui; Lote 2: SA Paulista (líder do consórcio); Lote 3: Marquise (líder do consórcio) e Lote 5: Tuniolo e Busnelo (líder do consórcio)”.

Mais Informações: Sintepav Subsede Juazeiro
Rua Maria da Saúde Pinheiro, 40, Vila Real Fone: (88) 3512-6308
  
Mirelly Morais Colaboradora - Fotos: Roberto Crispim


DIÁRIO DO NORDESTE

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

ÉS A VERDADE APÓS AS ELEIÇÕES "Campanha Eleitoral Maviael Melo"

EM ORÓS: INSTITUTO NORDESTE ABRE PROCESSO SELETIVO PARA QUATRO CURSOS, INSCREVA-SE:

O instituto Nordeste de Orós abre as inscrições para o processo seletivo para os cursos de pedagogia, serviço social, educação física e administração e vão até hoje dia 29 de Janeiro.

O valor da Inscrição é de apenas R$ 30,00. E poderão ser feitas na Service Informática, localizada Avenida Gabriel Bezerra nº 71 (antiga Rua da Matriz), próximo a APAE de Orós. Ou ainda pelos telefones: (88) 9613.5003 / 9636- 5509 com Novim ou 9636.5509 com professora Mauricéa.

A prova acontecerá dia 29 de Dezembro de 2014 na Escola Municipal Epitácio Pessoa a partir das 17:30.

A mensalidades dos cursos são:

Pedagogia: R$ 160,00
Administração: R$ 220,00
Serviço Social: R$ 250,00
Educação Física: R$ 250,00

Inscreva-se hoje mesmo e invista no seu futuro e qualificação profissional.

O INTESC: Instituto Nordeste de Tecnologia, Serviços Educacionais e Cultura - INTESC, tem sede em Quixadá/Ceará, é mantido pelo CEPEN - Centro de Estudos e Pesquisas do Nordeste. O INTESC foi criado em 2010, apresenta como principal objetivo de cunho social contribuir para o aprimoramento das atividades educacionais, culturais, comunicações científicas e tecnológicas, trabalha com Programas de Extensão Universitária e Cursos Técnicos.


Busca dessa forma, através de parcerias com instituições educacionais idôneas, ampliar o acesso da sociedade à educação e contribuir para uma harmonia coerente do conhecimento e do desenvolvimento integral da sociedade. Desenvolve sua ação educativa apresentando-a como base principal, senão a única, o crescimento local e a valorização das potencialidades da população.

MEGA-SENA ACUMULA E PRÊMIO VAI A R$ 7,5 MILHÕES

A Caixa Econômica Federal (CEF) sorteou, na noite desta quarta-feira (28), as dezenas do concurso 1.673 da Mega-Sena. O sorteio foi realizado em Osasco (SP) e o valor do prêmio é de R$ 3.206.444,40. Nenhum apostador acertou as seis dezenas. A estimativa de prêmio para o próximo concurso é de R$ 7,5 milhões.

Veja as dezenas sorteadas: 05 - 10 - 23 - 24 - 35 - 47

A quina teve 97 apostas ganhadoras e o prêmio para cada uma delas é de R$ 17.944,76. A quadra teve 7613 apostas ganhadoras, cada uma delas com direito a R$ 326,62.

Para apostar

A Caixa Econômica Federal faz os sorteios da Mega-Sena duas vezes por semana, às quartas-feiras e aos sábados. As apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país. A aposta mínima custa R$ 2,50.

Fonte: G1

PRAZO DE INSCRIÇÃO PARA CONCORRER ÁS BOLSAS DO PROUNI TERMINA HOJE QUINTA

O prazo para a inscrição na primeira edição de 2015 do Programa Universidade para Todos (Prouni) termina às 23h59 desta quinta-feira (29). A inscrição deve ser feita no site do Prouni. O prazo vai até as 23h59 de quinta (29). Mais de 1,2 milhão de pessoas já se inscreveram.

Nesta edição, são ofertadas 213.113 bolsas de estudos em cursos de graduação em instituições privadas, sendo 135.616 integrais (100%) e 77.497 parciais (50). Há bolsas em 30.549 cursos e em 1.117 instituições de ensino superior privadas.

Lista de aprovados
O processo seletivo é constituído de duas chamadas sucessivas: a primeira na próxima segunda-feira (2) e a segunda no dia 19 de fevereiro.

A bolsa do Prouni só poderá ser concedida caso haja formação de turma no período letivo inicial do curso, o que ocorrerá somente se houver o número mínimo necessário de alunos matriculados.

Os candidatos pré-selecionados para cursos nos quais não houver formação de turma serão reprovados, tendo direito à bolsa apenas se já estiverem matriculados no respectivo curso.

Bolsas por estado
São Paulo tem 30,8% do total da oferta de bolsas. São 65.710 bolsas no total de faculdades particulares em São Paulo.

Prouni x Sisu
O Prouni é uma alternativa para os alunos que não são aprovados nas universidades públicas pelo Sisu.

O programa concede bolsas de estudo integrais e parciais (50%) em instituições privadas de ensino superior, em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, a estudantes brasileiros sem diploma de nível superior.

Mesmo quem é aprovado no Sisu em uma universidade pública em outra cidade ou estado, mas não pode se mudar, costuma optar por fazer uma faculdade particular em seu município com bolsa do Prouni.

O candidato pode se inscrever no Sisu e no Prouni, desde que atenda aos critérios do programa.

Mas, caso seja selecionado nos dois programas, terá de escolher entre a bolsa do Prouni e a vaga do Sisu.

Critérios
Para concorrer às bolsas do Prouni, o candidato deve cumprir os seguintes quesitos:

1- Renda

– Para concorrer às bolsas integrais: renda familiar bruta mensal de até um salário mínimo e meio por pessoa.
– Para concorrer às bolsas parciais: renda familiar bruta mensal de até três salários mínimos por pessoa.

2 - Escolaridade

– Não ter diploma de ensino superior.
– Ter feito o Enem 2014. A pontuação mínima exigida é 450 pontos na média das notas do exame, e o estudante não pode ter tirado zero na redação.

3 - Vida escolar

– Ter cursado o ensino médio completo na rede pública ou na rede privada como bolsista integral da própria escola OU
– Ter cursado o ensino médio parcialmente em escola da rede pública e parcialmente em escola da rede privada, na condição de bolsista integral da própria escola.

4 - Outros casos

– Pessoa com deficiência.
– Professor da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica e integrando o quadro de pessoal permanente da instituição pública, pode concorrer a bolsas exclusivamente nos cursos de licenciatura. Nesse caso, não há requisitos de renda.


Fonte: G1

AÇUDES ATINGEM NÍVEL MAIS CRÍTICO EM CINCO ANOS

Fortaleza. A seca que assola o Nordeste nos últimos quatro anos e que é a maior das últimas seis décadas, de acordo com avaliação do Ministério da Integração Nacional, fez com que, pela primeira vez, nos últimos cinco anos, o volume dos açudes monitorados pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh) ficasse abaixo de 20%. Pelo menos seis dos 149 reservatórios observados pela entidade secaram completamente. Dezenas estão prestes a ter o mesmo destino.

Conforme o Portal Hidrológico do Ceará, dos 149 açudes monitorados, 127 apresentam níveis abaixo de 30%. Acima de 90%, somente o Gavião, em Pacatuba, que abastece a Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Vale salientar que isso ocorre por causa da transposição de água realizada por meio do Canal do trabalhador.

Secaram

Já os açudes Forquilha II, em Tauá; Desterro e São Domingos, em Caridade; Jerimum, em Irauçuba; São José II, em Ipaporanga, e Sucesso, em Tamboril, estão completamente secos. Dezenas de outros apresentam volume de água insignificante do ponto de vista percentual e devem secar a qualquer momento, sobretudo se os prognósticos de chuvas abaixo da média da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) se confirmarem.

Desde 1993, há quase 21 anos, data da sua fundação, a Cogerh realiza o monitoramento dos açudes do Ceará. Hoje, são 174 reservatórios observados. Entretanto, esse número veio aumentando gradativamente. Daí não ser possível mensurar de forma precisa se, durante todo esse tempo, o nível de armazenamento d'água no Estado no período foi tão crítico.

Redução

Na sua coluna de ontem, o jornalista Egídio Serpa garantiu que a Cogerh reduzirá em 15% o volume de água que fornece à Cagece para a Região Metropolitana de Fortaleza. De acordo ainda com o jornalista, a vazão que os açudes Castanhão e Banabuiú liberam para irrigação terá redução de 30%. Outra informação da coluna dá conta de que a dessalinização da água do mar é quase certa "tendo em vista a necessidade da usina siderúrgica do Pecém . O Governo do Estado tem como alternativa em exame uma empresa espanhola e outra de Israel".

Reunião

Com o agravamento da crise hídrica que atinge principalmente as regiões Nordeste e Sudeste do País, já há uma mobilização da sociedade organizada e do poder público para minimizar os efeitos da estiagem.

Um exemplo disso é que, no último dia 26 de janeiro, os usuários do Vale do Angicos, bem como à sua montante, localizados nos municípios de Frecheirinha, Uruoca, Coreaú, Moraújo e Senador Sá, reuniram-se no Auditório da Escola Maria Menezes Cristino, no distrito do Araquém, em Coreaú para discutir a situação emergencial das águas do Vale do açude Angicos. O açude está utilizando seu volume morto (4,43%). A Cogerh indicou a limpeza do trecho do rio, a retirada de cercas e ficou acertado com os usuários presentes a retirada de motores usados para fins de irrigação, a fim de que se consiga atender ao abastecimento humano, uso prioritário, que já vem apresentado deficiência.

Participaram da reunião representantes da Comissão Gestora do Açude Angicos, das sedes locais e regionais, da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), da Prefeitura de Coreaú, da Cogerh/Sobral, o gerente das Bacias do Acaraú e Coreaú, Vicente Lopes, e o coordenador do Núcleo de Gestão, Bartolomeu Almeida, além da técnica Kamylle Prado.

Plano

Sobre a situação dos açudes, a assessoria de imprensa da Secretaria de Recursos Hídricos (SRH) explicou que os técnicos do Governo estão reunidos a fim de fechar o plano de convivência com a seca para apresentá-lo ao governador Camilo Santana possivelmente nesta sexta-feira e que 176 municípios se encontram em estado de emergência.



DIÁRIO DO NORDESTE

IGUATU: CASAL QUE ABUSAVA SEXUALMENTE DE CRIANÇA É CONDENADO A MAIS DE 50 ANOS DE PRISÃO

A juíza Larissa Braga Costa de Oliveira, da 3ª Vara da Comarca de Iguatu, condenou Antônio Carlos de Moura a 31 anos, dois meses e oito dias de prisão, e Márcia Valéria de Almeida a 23 anos e quatro meses de reclusão. Eles foram acusados de estupro de vulnerável em Iguatu.

De acordo com denúncia do Ministério Público do Ceará (MP/CE), nos meses de junho a agosto de 2013, o casal aliciou sete crianças e praticou atos libidinosos. Para atrair as meninas, todas carentes, prometiam bonecas, dinheiro, sorvete e comida. Dentro da casa deles, exibiam filmes pornográficos, fotografavam e filmavam as meninas em diversas posições.

Após receber denúncias, a polícia foi à residência do casal e encontrou brinquedos, ursos de pelúcia, CDs e DVDs de conteúdo pornográfico. Antônio Carlos está preso na cadeia de Iguatu e Márcia Valéria, no Instituto Penal Feminino Des. Auri Moura Costa.

A defesa alegou ausência de provas e, em caso de condenação, pediu que fosse fixada pena mínima. Ao julgar o caso (nº 30518-95.2013.8.06.0091/0), no último dia 21, a juíza ressaltou que os abusos “só foram descobertos em razão da desconfiança que surgiu na vizinhança pela frequência constante de crianças na residência de duas pessoas sem filhos e netos”.

Ainda segundo a juíza, “o depoimento das vítimas está em perfeita consonância com os demais elementos de provas contidos nos autos; sendo suficientes para o reconhecimento da responsabilidade criminal dos acusados pela prática dos crimes”.

Iguatu.Net

REFINARIA NO CEARÁ: A ILUSÃO SE DESFAZ (CANCELADA)

Passaram-se quase sete anos desde que o então presidente Luís Inácio Lula da Silva garantiu, em evento no Ceará, a instalação da refinaria Premium II no Estado, um sonho de cerca de cinco décadas da população cearense. Depois de muitas idas e vindas, adiamentos e rumores de que a usina não seria realizada, a Petrobras anunciou, na madrugada de ontem, que, de fato, o projeto de implantação do empreendimento foi encerrado.

Envolvida em diversos escândalos de corrupção, a empresa divulgou as suas demonstrações contábeis trimestrais não revisadas pelos auditores independentes. No documento, afirmava que, no último dia 22 de janeiro, a companhia decidiu encerrar os projetos de instalação tanto da refinaria cearense quanto a do Maranhão, a Premium I.

> Desistência do projeto gera perda de R$ 596 mi

"A Companhia, diante dos resultados econômicos alcançados até o momento, consideradas as taxas previstas de crescimento dos mercados interno e externo de derivados e da ausência de parceiro econômico para a implantação, condição prevista no Plano de Negócios e Gestão da Companhia, PNG (Plano de Negócios e Gestão) 2014-2018, entendeu que deveria encerrar estes projetos de implantação", anuncia o texto do documento.

Entre boatos e ações

No ano passado, já havia sido vazado no mercado que a Petrobras iria adiar os projetos das duas refinarias em virtude de uma desaceleração do crescimento da demanda de combustíveis no País. Após a divulgação dessa informação na imprensa, a presidente Dilma se apressou a defender o contrário, garantindo que os projetos seriam entregues dentro do cronograma, ou seja, em 2018 para a Premium II e 2019 para o primeiro trem da Premium I (que seria entregue em duas etapas).

O Diário do Nordeste entrou em contato ontem com a Presidência da República, mas foi informado pela assessoria de imprensa que o governo federal não iria se pronunciar oficialmente sobre o assunto.

Acontecimentos

Quando anunciadas, as duas refinarias somavam investimentos de US$ 30 bilhões para sua implantação. Diante da experiência com a instalação da refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco - que passou de um custo inicial de US$ 2,5 bilhões para US$ 18,5 bilhões -, a Petrobras decidiu rever os custos das unidades Premium, em busca de viabilidade econômica compatível com os preços internacionais para o custo do barril unitário.

Ainda em 2013, a presidente da companhia, Graça Foster, chegou a declarar que ambas as usinas eram economicamente viáveis, que seus projetos, então refeitos, tinham alcançado um Valor Presente Líquido (VPL) positivo. Para conseguir isso, "muitas simplificações" nos projetos haviam sido feitas. "(Os projetos) estão num nível de maturidade extremamente alto", afirmou.

Em julho do ano passado, Foster garantiu que, até o fim de 2014, seriam lançados os editais de licitação para as obras das usinas, o que não aconteceu. A Petrobras estudava que tipo de modelo iria utilizar para a construção das novas unidades e, qualquer que fosse o formato, deveria contar com investidores. "A autorização que nós temos do Conselho de Administração é de conduzir essas refinarias com parceria", afirmou ela, em resposta à indagação do Diário do Nordeste, em coletiva no Rio de Janeiro.

A Petrobras chegou a firmar um memorando de entendimentos com a sul-coreana GS Energy, apresentada à estatal pelo então governador Cid Gomes, mas as negociações não avançaram. Havia rumores de que a empresa estava negociando com parceiros chineses, mas nada foi confirmado. Foster reforçava apenas que existiam negociações em andamento. No comunicado anunciado ontem, todavia, a empresa declarou que não conseguiu parceiros.

Decisão econômica

Por diversas vezes, a presidente da Petrobras afirmou que a decisão pela implantação das refinarias Premium não era política, mas econômica. A defesa era de que, diante das perspectivas com a exploração de petróleo no pré-sal, eram necessárias novas unidades de refino para processar todo esse óleo, impedindo que o Brasil se tornasse apenas exportador de petróleo cru e importador de derivados. O Plano Decenal de Expansão de Energia (PDE) 2023, da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), lançado no ano passado, reforça esse posicionamento, mas pondera que os investimentos devem ser feitos somente com viabilidade garantida. "O aumento do excedente de petróleo nacional e a necessidade de importação de quase todos os principais derivados indicam claramente que há espaço para ampliação e adequação do parque nacional de refino, desde que estes investimentos se revelem economicamente viáveis para o investidor, ou que sejam considerados indispensáveis para a segurança do abastecimento do País", afirma o documento.

Estado repudia decisão

Ciente do acontecido desde a manhã de ontem, o governador Camilo Santana passou parte do dia com secretários e, por volta das 21h, lançou nota repudiando "totalmente" a decisão. "Essa atitude representa uma quebra unilateral do compromisso firmado com o Estado e configura um desrespeito da empresa com o povo cearense", diz a nota, informando da surpresa dele ao receber a notícia. O texto ainda diz que Camilo "cobrou explicações da Petrobras, conversou com o ministro-chefe da Casa Civil, Aloizio Mercadante, e solicitou uma audiência com Dilma Rousseff". Afirmou que "o Ceará cumpriu todos requisitos para a implantação da refinaria", e encerrou: "o Governo afirma que continuará lutando e empreendendo todos os esforços para viabilizar este importante projeto".

Projetos podem ser retomados em 10 anos

O projeto da refinaria Premium II está, de fato, encerrado. Assim como da Premium I. Contudo, em nota enviada na noite de ontem, a Petrobras afirmou que poderá retomar estes, ou algum outro projeto de refino, daqui a 10 anos. A estatal, contudo, não se compromete com esta possibilidade. "Há indícios que nova adição de refino possa se dar a partir de 2025. Caso nova demanda se confirme para este horizonte, projetos de adição de capacidade de refino poderão voltar a fazer parte dos próximos Plano de Negócios e Gestão da Companhia". "Os resultados econômicos para ambos empreendimentos não demonstraram atratividade até o momento, mesmo após incorporadas as otimizações de redução de custo de investimento" esclareceu. A segunda razão é que "o crescimento dos mercados interno e externo de derivados pode ser atendido pelo aumento de capacidade que o Promega (Programa de Maximização de Médios e Gasolina) vem promovendo nas 12 refinarias em operação, adicionado da Rnest e Comperj, em construção". Por fim, reforça a ausência de parceiro para a implantação da usina.(SS)

Análise

Será que fomos todos enganados?

Ao longo de tantos anos na edição de Economia, sempre que surgia algum novo lance em torno da Premium II havia reações de leitores duvidando da implementação do projeto. Mesmo em meio a todas as dificuldades já impostas para a concretização de uma refinaria no Ceará, entretanto, particularmente eu acreditava que um dia ela se tornaria real.

Mas, para mim, esteve sempre claro que faltava uma vontade política maior que garantiria a realização do projeto e também, em muitos momentos, a sensação de fragilidade da pressão a partir dos políticos pela usina. Muitas vezes, surgiram especulações e informações sobre adiamentos e até desistência da implementação do projeto no Estado. Em seguida, contudo, alguém de elevada credencial ou a própria Petrobras, assegurava que a ideia continuava de pé.

Após toda a crise que a estatal vivencia, respinga sobre o Ceará e o Maranhão um outro capítulo a partir da cena de corrupção que envolve a maior empresa brasileira. Mesmo considerando o contexto de dificuldade econômica vivenciado no País fica a pergunta: fomos todos enganados?

Regina Carvalho Editora da Área de Economia

DIÁRIO DO NORDESTE - Sérgio de Sousa Repórter