}); PORTAL ORÓS: Abril 2015

quinta-feira, 30 de abril de 2015

Iguatuense com foco de dengue em casa responderá na justiça

Diante do alarmante número registrado de focos de dengue e de pessoas enfermas por conta da doença, o município de Iguatu passou a tomar medidas mais drásticas para combater, de uma vez por todas o mosquito Aedes Aegipty, transmissor da dengue no município.

A partir de agora, a residência onde for encontrado o foco do mosquito, o proprietário poderá ser notificado e responder na justiça . A intenção é fazer com que a população se preocupe em resguardar sua casa, sua familia e a vizinhança do mosquito transmissor.

A secretária de saúde do município Vanderlucia Felipe Lobo, disse que a situação mais preocupante é no distrito de José de Alencar. Ela ainda explica que a média de atendimentos por dia com suspeita da doença chega a 50.

“Ontem estivemos lá em reunião com representantes da comunidade, escola de saúde pública, CRAS e o que percebemos é que a população não está colaborando.  Então hoje o trabalho é no sentido de orientar a população que a partir dos focos encontrados, eles serão notificados ao Ministério Público para que tome as medidas cabíveis, pois a dengue é um problema de saúde pública e a população do Alencar vem sofrendo. Diariamente temos em média 50 pessoas em atendimento na unidade de saúde com suspeita de Dengue. Estivemos ontem e estaremos hoje com a presença de agentes de saúde e de outras áreas da cidade, além de outros profissionais do Nasf, endemias, CRAS, Escola, profissionais da Saúde entre outros para mais uma ação.” Disse a secretaria de saúde Vanderlucia Lobo.

Para a moradora do Alencar, Maria das Dores a situação é complicada, pois precisa da colaboração de todos. “Muitas vezes não depende apenas da gente, em minha casa, eu tenho maior cuidado para não deixar água parada, vasilha com boca pra cima, mas tem terrenos e outras casas vizinhas que não tem esse cuidado, ai é complicado.” Disse a moradora.

Ainda segundo informações da secretaria de saúde do município, o índice do levantamento da dengue em Iguatu está com pouco mais de 3%, sendo que para a secretaria do estado do Ceará considera até 1% como normal.


Iguatu.Net

DINHEIRO NA REDE DA PESCA FANTASMA - PESCADOR DE MENTIRA: FRAUDE NO SEGURO-DEFESO

A mentira de pescador deixou de ser a narrativa da captura de um peixe gigante indomável, daquelas que ressalta a destreza de seu autor. A inverdade mais oportuna é dizer que pescou, apenas. Paga-se bem por isso. Em Icapuí, no Litoral Leste do Ceará, pessoas então pobres e desempregadas aumentaram o patrimônio para mais de R$ 1 milhão em cerca de cinco anos sem pescar nem comercializar uma só lagosta, mas graças a ela.

Desvio pode chegar a R$ 3 bilhões

Com uma carteira de pescador na mão, comerciantes, taxistas, bugueiros e empresários, alguns dos quais nunca entraram numa embarcação, participam de quadrilha interestadual que frauda o seguro-desemprego para pescadores artesanais, mais conhecido no setor como seguro-defeso. Deveria beneficiar somente quem está em atividade. Icapuí é apenas uma de dezenas cidades do norte e nordeste onde é verdade a existência de pescadores de mentira.

Investigamos e encontramos diversos participantes do esquema fraudulento, que envolve também políticos e servidores públicos. Na série "Pescador de mentira - Fraude no seguro-defeso", publicada hoje e amanhã, entenda como ocorre essa fraude milionária comandada por pescadores de dinheiro público.

A eficiência da quadrilha fraudadora só vai até o modo de organização e termina por seu excesso. A facilidade com que as irregularidades ocorrem, em caminho livre para desvio de recursos, é tanta que, ao transbordá-la, os envolvidos se entregam. Até perceberem, contudo, que o crime está 'dando na vista', a rotina mantém-se inalterada e calma como as vilas praianas de onde vêm os endereços dos "pescadores". A saída obrigatória de casa não é para o mar, e sim, ao banco a fim de sacar o benefício de um, dois, 200 supostos trabalhadores do mar. O primeiro passo é conseguir os documentos.

Quando Francisco Josieldo (nome fictício) recebeu a visita de um certo Jerônimo, também morador da Vila volta, em Aracati, foi só para pegar a 'papelada'. Antes, claro, uma conversa encorajadora. Ele me disse que era só entregar documentos e resolvia o resto, já estava fazendo de todo mundo".

A condição é de Jerônimo, o negociante, ficar com a metade do seguro, cerca de R$ 2,2 mil. "Mas ele disse que ia tirar só o da viagem pra pegar os documentos. Chegando lá, entregaria para o patrão".

Cearense da Bahia

'Lá' é Alcobaça, no sul da Bahia, mais de dois mil quilômetros distante da Vila Volta, em Aracati. Jerônimo, um ex-pescador dessa comunidade, agora mora naquele município baiano onde teria "vida melhor". Atua como agenciador das fraudes a partir do registro geral de pesca (RGP), a carteira profissional de trabalhador liberado pelas colônias de pescadores. Josieldo confessa-nos que não é pescador de lagosta como está descrito em sua carteira liberada pela colônia de Aracati. Quando vai ao mar, "vez em quando", é só para trazer o almoço da família.

O seguro-defeso é destinado a profissionais que tenham, exclusivamente, a pesca artesanal como atividade econômica de sustento. Ele deve possuir o registro de pesca da lagosta e da piracema (peixes do tipo robalo, branco e camurim, que vivem em água doce). Josieldo não tem nenhum desses requisitos para obter o benefício e sabe disso, "mas disseram que dava certo". Não estavam mentindo.

Nem para "Ivone", servidora pública em Itarema, no litoral oeste do estado. O nome e o endereço domiciliar figuram numa lista com outras duas dezenas de mulheres pescadoras de lagosta. Nenhuma jamais pescou o crustáceo ou ao menos vai ao mar. Mas alguém com o seu cartão-benefício vai ao banco seis meses por ano.

As fraudes no seguro-desemprego do pescador artesanal estão, agora, na mira de diversos órgãos federais e estaduais. O desvio de dinheiro público chega à casa dos bilhões de reais, mas o montante ainda não pode ser mensurado, porque o modo de operação da fraude só há pouco tempo chamou a atenção. Era um peixinho e tomou proporções gigantescas.

Lagosta

No início deste mês, o tribunal de contas da união concluiu auditoria realizada sobre pagamentos feitos entre os anos de 2012 e 2013. Apontou desvio de aproximadamente r$ 19 milhões. Não passa de uma gota no meio do oceano. A conta do assalto, de acordo com os principais investigadores da fraude, pode chegar a r$ 3 bilhões nos últimos dez anos em todo o Brasil.

Grande parte do seguro é paga a pescadores da lagosta (seis parcelas no valor de um salário mínimo por ano). O estado do Ceará é o maior produtor do crustáceo no Brasil, porém foi o que mais diminuiu o ralo dos desvios no setor, ao ponto de não constar nem entre os cinco principais pagadores do seguro. A fraude no país foi descoberta pelo Ministério Público do Trabalho (MPT), em cooperação com o Ministério Público do Ceará.

As fiscalizações aumentaram e, com o cerco sendo fechado aos fraudadores no Ceará, eles migraram para outros estados. A reportagem teve acesso, com exclusividade, aos relatórios de nomes, documentos e endereços fraudados pela quadrilha interestadual. Em Beberibe, Fortim, Aracati e Icapuí obtemos confissões de vítimas e de autores desses crimes. A polícia federal investiga empresários, políticos, presidentes de associações e até servidores públicos federais envolvidos no esquema. No entanto, não revelaremos nomes, uma vez que as investigações estão em curso.

Melquíades Júnior Repórter

DIÁRIO DO NORDESTE

Jovem perde quase R$ 6 mil no Golpe do Baludo em Missão Velha e ladrões levam R$ 1,8 mil de despachante em Crato

Uma jovem foi enganada por dois homens no centro de Missão Velha, enquanto um despachante terminou assaltado por uma dupla no centro de Crato dos quais levaram boa quantia em dinheiro. Nas imediações da Praça José Arraes Maia no centro de Missão Velha a jovem Rosicleide Souza Silva, de 25 anos, residente no bairro Cidade de Deus, foi vítima do golpe da “saidinha bancária”.

Tão logo saiu de uma agência bancária foi abordada por dois homens, sendo um deles com idade média de 70 anos e usando uma boina branca, enquanto o outro era loiro e de aproximadamente 30 anos. Eles conseguiram enganar a garota e aplicaram para cima da mesma o chamado o golpe do baludo quando levaram a quantia de R$ 5.601,00. A polícia foi avisada e o Cabo Ricardo com apoio dos Soldados Fábio e Amorim diligenciaram sem o êxito de localizar a dupla.

Já por volta das 13h30min desta quarta-feira, na Rua Senador Pompeu, 51 no centro de Crato, o despachante Pedro André Pinheiro, de 51 anos, ali residente, foi vítima de roubo. Segundo disse à polícia, dois homens armados chegaram em uma moto Honda Bros de cor preta anunciando o assalto quando tomaram R$ 1,8 mil, três aparelhos celulares e mais os documentos da vítima.

Em Juazeiro do Norte José Alisson Lemos Lobo teve a sua moto furtada do estacionamento interno do Ginásio Poliesportivo no bairro Triângulo. Ele disse aos Soldados Germano e Isidio que participava de um jogo naquela praça de esportes e, ao sair, não encontrou mais sua motoneta cinquentinha Brava de cor azul. Populares disseram ter visto alguém saindo com a mesma, mas não sabiam que se tratava de um furto.

MISÉRIA

Trio arromba loja no Distrito do Alencar e foge levando eletrônicos e dinheiro; veja imagens

A comunidade do Distrito de José de Alencar amanheceu preocupada com a notícia de uma assalto a uma loja de eletrônicos. Três homens arrombaram e invadiram a loja “MasterLa” na madrugada desta quarta-feira, dia 29, e fugiram levando vários equipamentos, além de uma quantidade em dinheiro ainda não contabilizada.

Os assaltantes utilizaram um pé de cabra para arrombar a porta. Dois deles entraram no estabelecimento e outro permaneceu do lado de fora dando suporte a dupla. Um dos assaltantes se dirigiu diretamente ao alarme para desligá-lo, no entanto, câmeras de segurança filmaram toda a ação criminosa.

Com lanternas nas mãos, os bandidos escolheram com cuidados os equipamentos mais caros e fugiram levando 17 celulares, dois aparelhos de DVD, uma TV de 40 polegada, uma sanduicheira e uma quantia em dinheiro. A loja foi inaugurada há cerca de seis meses. Moradores dizem que não é comum assaltos desse tipo da região e já se mostram preocupados com a insegurança no Distrito.

A Polícia investiga as imagens para tentar identificar e prender os assaltantes.
Confira as imagens do circuito interno:



Fonte: Iguatu.Net


Lavras da Mangabeira-CE: Polícia prende acusado de matar seu primo por ciúmes o qual descumpria a pena imposta

O Serviço de Inteligência do 2º BPM deu cumprimento a um mandado de prisão contra um homem acusado de homicídio há 11 anos em Lavras da Mangabeira e que vinha descumprindo o regime semi aberto o qual fora concedido pela justiça. Nesta terça-feira João Bosco de Oliveira, de 56 anos, conhecido como “Bosco Paulino”, foi localizado pelos policiais militares na Rodovia Padre Cícero que liga os municípios de Caririaçu e Lavras da Mangabeira.

Os PMs apresentaram ao mesmo o Mandado de Prisão expedido pelo Juiz de Direito, Antônio Teixeira de Sousa, comunicaram à Justiça de Lavras e o trouxeram para a Delegacia de Juazeiro. Bosco reside no Sítio Unha de Gato na zona rural daquele município, onde, no ano de 2004, matou com várias perfurações à faca o seu próprio primo Sebastião Edny Melo de Oliveira por motivos passionais.

O crime aconteceu no Distrito de Mangabeira e Bosco terminou condenado a uma pena de 13 anos e meio de reclusão em regime inicialmente fechado. Posteriormente, conquistou o benefício do semi aberto, mas vinha descumprindo já que não se recolhia à Cadeia Pública de Lavras da Mangabeira há seis anos. Por isso, a justiça mandou recolher o mesmo por ter descumprido as determinações.

FORAGIDO – Já nesta quarta-feira familiares de José Pinheiro de Oliveira, de 32 anos, residente no Sítio Pinheiro em Barbalha, denunciaram que o mesmo respondia por tentativa de homicídio e porte ilegal de arma de fogo e estava preso na cadeia pública quando foi transferido por decisão judicial ao Hospital Santa Tereza do Crato de onde fugiu. Na noite desta terça-feira, ele apareceu na casa dos pais fazendo ameaças e bastante agressivo, mas a polícia o prendeu nesta manhã.


MISÉRIA

Termina nesta quinta (30) prazo para entrega da declaração do IRPF 2015

Termina nesta quinta (30), às 23h59, o prazo para o envio da declaração do Imposto de Renda Pessoa Física 2015. Até as 17h de ontem, 84,4% do total de 27,5 milhões de declarações esperadas haviam sido entregues.

Este ano, os contribuintes com certificação digital podem fazer a declaração pré-preenchida na página da Receita na internet, na área do e-CAC. Isso também poderá ser feito por um representante do contribuinte com certificação digital e procuração eletrônica registrada no órgão.

No ano passado, 26.883.633 contribuintes enviaram a declaração do IRPF até o fim do prazo. O número ficou aquém dos 27 milhões esperados pela Receita em 2014. Em 2013, 26,1 milhões de pessoas físicas entregaram o documento.

A multa por atraso na entrega do documento é estipulada em 1% ao mês-calendário, até 20%. O valor mínimo é R$ 165,74. Um passo a passo com cada etapa da entrega está disponível na página da Receita.

Quanto antes o contribuinte entregar a declaração com os dados corretos à Receita, mais cedo receberá o valor correspondente à restituição. Têm prioridade no recebimento pessoas com mais de 60 anos de idade, contribuintes com deficiência física ou mental e os que têm doença grave.

As restituições do Imposto de Renda Pessoa Física 2015 começam a ser pagas no dia 15 de junho. Os recursos são programados para o dia 15 de cada mês, até dezembro. Nos meses em que a data cair em um fim de semana ou feriado, o pagamento será feito no primeiro dia útil subsequente. É o caso de agosto, quando o dinheiro será liberado no dia 17, de setembro e novembro, no dia 16.

No mês passado, a Receita Federal lançou uma série de 11 vídeos no site Youtube para tirar dúvidas sobre o preenchimento e a entrega do Imposto de Renda. Chamada de TV Receita Responde, a série tem por objetivo explicar, de forma simples, os principais assuntos relacionados à declaração do IRPF.


DIÁRIO DO NORDESTE

Ceará conquista Nordestão e assegura vaga na Copa Sul-Americana

Suor, pulso firme e lágrimas eternizaram a noite de um Castelão lotado por alvinegros. O Ceará venceu o Bahia ontem, por 2 a 1, e pode enfim desengasgar o grito: o Vovô é campeão da Copa do Nordeste 2015. Diante de público recorde no estádio - total de 63.903 - o time cearense não deu chances ao adversário e ergueu a taça inédita de forma invicta.
De quebra, o Alvinegro assegurou uma vaga na Copa Sul-Americana, um dos prêmios para o campeão do Nordestão. O clube sai também de cofre cheio da competição. Recebeu um cheque de R$ 1,5 milhão pelo título do torneio regional.


O adversário atrasou o início da partida em 15 minutos. Tática antiga para desestabilizar o rival ou seja o que for, o fato não influenciou no ímpeto dos anfitriões. O Ceará foi a campo de olhos arregalados. Arraigado na sede pela taça. Mesmo a pressão venenosa do Bahia não tremulou os focados jogadores alvinegros no Castelão.


Firme e de sangue frio, a defesa do Vovô parou Kieza, Souza e companhia no primeiro tempo. E assim também decidiu. Aos 15, o zagueiro Charles recebeu cruzamento de Ricardinho e cabeceou: 1 a 0. O estádio de Copa do Mundo quase foi abaixo com os pulos da torcida alvinegra.


A volta do intervalo veio para deixar claro que a melhor defesa do Regional merecia os aplausos alvinegros. Logo aos seis minutos, outro zagueiro, Gilvan, acertou cabeceio letal contra as redes de Jean. Os defensores alvinegros cresceram de uma pequena área até a outra. Mitificados por urros da multidão emocionada. O hino oficial do clube centenário ecoou no estádio. As lágrimas dos “cantores” escorreram sem medos de reviravoltas.


TENTATIVAS SEM ÊXITO

O tricolor baiano partiu ao bombardeio desenfreado. Subiu ao ataque com Souza, Tiago Real, Kieza, com tudo o que tinha. A má pontaria gerava desespero ao técnico Sérgio Soares, no banco de reservas.


Só aos 43 minutos, Biancucchi diminuiu em saída de bola errada do goleiro. Nada que tirasse invencibilidade cearense na Copa do Nordeste 2015.


De Luís Carlos até Magno Alves, consolidou-se um Ceará que sabe impor respeito pela regularidade e consistência. Na ‘Lampions League’, os fracos realmente não têm vez. Forte e bravio foi o Alvinegro de Porangabuçu.



Números



1,5 milhão de reais foi a premiação recebida pelo Ceará após a conquista do título da Copa do Nordeste sobre o Bahia


NORDESTÃO 2015


CEARÁ


TÉCNICO: SILAS

CEA: 4-3-3



LUÍS CARLOS

SAMUEL
XAVIER

CHARLES
GILVAN (SANDRO)

FERNANDINHO

SANDRO
MANOEL

UILLIAN
CORREIA

RICARDINHO
WESCLEY (M. AURÉLIO)

MAGNO

ALVES
ASSISINHO (T. CAMETÁ)



BAHIA


TÉCNICO: SÉRGIO SOARES

BAH: 4-3-3


JEAN

TITI
SOUZA

BRUNO
PAULISTA

TONY (TCHÔ)
ROBSON

WW. PITTONI (W. SANTANA)
MAXI

BIANCUCCHI
RÔMULO (ZÉ ROBERTO)

KIEZA

TIAGO
REAL


Local: Arena Castelão, em Fortaleza - CE

Data: 29/4/2015
Árbitro: Italo Medeiros de Azevedo (RN)

Assistentes: Lorival Candido das Flores (RN) e Luís Carlos Câmara Bezerra (RN)
Cartões amarelos: Uillian Correia (C), Wescley (C), Wilson Pittoni (B) e Tiago Real (B)

Gols: Charles (15min/1ºT), Gilvan (6min/2ºT), Maxi Biancucchi (43min/2ºT)
Público: 63.399 (pagantes), 504 (não pagantes)

Renda: R$ 1.807.162,00


 O POVO

segunda-feira, 27 de abril de 2015

SOLIDARIEDADE: Moradores de Icó estão mobilizados para ajudar artística local a fazer cirurgia de olho

Moradores da cidade de Icó, na região Centro-Sul do Ceará, estão mobilizados nas redes sociais para que o artista icoense, Vando Rodrigues,  faça novas cirurgias e tenha de volta a sua visão.

Vando Rodrigues é artista popular, promove cultura no município. Durante vários anos lidera a organização de quadrilhas juninas e participa de eventos que incluem artes e história.

O artista aos 17 anos sofreu um acidente que resultou na perda da visão do olho direito. Esperou 20 anos para fazer um transplante de córnea, mas não foi bem sucedido porque sofreu rejeição. Há alguns dias o olho  contraiu uma bactéria e infeccionou o outro.

O paciente se viu em uma situação desesperadora durante um curso na capital cearense. Realizou vários exames para detectar a gravidade da enfermidade.

Os exames custaram R$ 800,00 e os medicamentos R$ 200,00. Vando terá de se submeter a mais duas cirurgias, um novo transplante de córnea e a implantação de lente intraocular. A operação da córnea é gratuita,mas a lente custa R$ 3 mil.

Amigos do artista Vando Rodrigues estão mobilizados, fazendo um apelo nas redes sociais, rádios e blogs e para tanto abriram uma conta para doação, na agência da Caixa Econômica Federal:

Ag. 1960;

Op-001

Conta corrente 5234-6 – em nome de Maria Flávia A. Mourão.



Os amigos solidários estão correndo contra o tempo temendo que algo de mais grave aconteça com o artista.

DIÁRIO DO NORDESTE - (Colaboração de Richard Lopes).

domingo, 26 de abril de 2015

Torcedor morre e outro é baleado durante tiroteio no Panamericano

Um torcedor do Fortaleza Esporte Clube (FEC) foi baleado e morreu durante uma discussão com um torcedor do Ceará Sporting Club (CSC), na Praça do Mauá, no bairro Panamericano. Depois da ação, familiares da vítima teriam se reunído e baleado o autor dos disparos. O caso ocorreu por volta do meio-dia deste domingo (26), horas antes da partida entre os dois times, na Arena Castelão.

Segundo informações do comandante do Comando de Policiamento da Capital (CPC), coronel PM Francisco Souto, o Ronda do Quarteirão registrou a ocorrência de que dois rapazes, sendo um com vestimenta do Fortaleza e outro com vestimenta do Ceará entraram em discussão. O comandante não soube informar se o crime foi motivado por brigas relacionada a futebol, mas acredita se tratar de uma rixa antiga entre os envolvidos.

Alex da Silva Santos (idade não informada), estava com vestimentas do Ceará e teria baleado Thiago Martins Lopes, 27, na cabeça. A vítima foi encaminhada ao Instituto Doutor José Frota (IJF), Centro, mas não resistiu aos ferimentos.

Ainda conforme o coronel Francisco Souto, Alex foi baleado em seguida, por familiares de Thiago. Ele apresentava duas lesões e foi levado ao IJF, em estado grave.

Policiamento antes da partida

Segundo comandandante do CPC, A Polícia realiza patrulhamento ostensivo com 650 policiais militares, entre policiamento a pé, motorizado e com motocicletas. A atuação ocorre, principalmente, na Praça da Estação, Praça Coração de Jesus, proximidades da Avenida Silas Munguba, Av. Alberto Craveiro e Av. Paulino Rocha.


O POVO

Ceará: Violência contra menores termina em casos de mortes

Três casos graves de violência contra crianças e adolescentes, vítimas de agressões e de bala perdida, ocorreram neste mês de abril, no Estado. Dois deles terminaram em morte. Em Uruoca, um estudante foi agredido por colegas, na frente da escola e acabou morto; em Orós, o pai espancou uma criança de cinco anos, que morreu em consequência das lesões; e em Aracati, uma criança de 11 anos foi baleada dentro de uma lan house, por um adolescente que estava à procura de um desafeto.

O caso registrado em Uruoca (300Km de Fortaleza), está sendo apurado pela Polícia. De acordo com a equipe da Delegacia Municipal de Uruoca, Samuel Ferreira de Sousa foi vítima de uma tentativa de furto, que, provavelmente, se deu ainda dentro da escola, e acabou sendo espancado pelos colegas em frente ao estabelecimento de ensino, porque disse que contaria ao pai que tinha sido agredido.

O menino sofreu traumatismo craniano e morreu dias depois, na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa de Misericórdia de Sobral. A princípio, o núcleo gestor da escola disse que os funcionários não tomaram conhecimento da briga. Durante a investigação, o presidente do inquérito, delegado Carlos Alexandre, disse que os alunos deram muitas informações importantes nos depoimentos, mas a maioria dos funcionários não estava colaborando.

O caso motivou manifestações de conhecidos de Samuel Ferreira e deixou familiares indignados. A irmã da vítima, Fábia Aragão, disse à reportagem que irá lutar por Justiça.

No caso de Orós (410Km de Fortaleza), Bruno Pedro da Silva, de cinco anos, foi espancado e asfixiado, no dia 13 de abril, e morreu no hospital local horas depois. O suspeito das lesões é o pai da criança, Antônio Ferreira Lima, que já tinha um histórico de agressões domésticas.

No dia anterior à morte da criança, ele se desentendeu com a companheira e espancou também o enteado. Lima foi detido no hospital de Orós, para onde levou Bruno, dizendo que a criança havia passado mal e sofrido um desmaio.

A Polícia tomou conhecimento que a criança tinha sido agredida, por meio de uma denúncia anônima feita por vizinhos. Lima negou que tivesse batido em Bruno, mas se contradisse diversas vezes em seu depoimento. Por conta das versões desencontradas que contou para os fatos, o pai da vítima acabou preso. O suspeito já responde pelo cometimento de um homicídio no Estado de São Paulo.

O laudo da necropsia feita no corpo da criança, expedido pela Perícia Forense do Ceará (Pefoce) atestou que o menino foi morto por espancamento seguido de asfixia mecânica. O pai continua preso e foi encaminhado para a Cadeia Pública de Orós, onde deve permanecer à disposição da Justiça.

Dececa

A delegada titular da Delegacia de Combate à Exploração de Crianças e Adolescentes (Dececa), Ivana Timbó, disse que é muito importante a contribuição de denunciantes, sejam eles populares ou representantes de instituições. "Não calem. É inadmissível que uma criança seja maltratada, agredida e isto passe despercebido", incentivou.

Ivana Timbó afirmou que as escolas e hospitais têm sido parceiros da Polícia, na identificação de agressores. "Geralmente, os profissionais já ficam em alerta, quando percebem histórias que parecem não ser reais. Somos avisados e passamos a investigar os casos, que infelizmente, na maioria das vezes se confirma como um crime contra crianças e adolescentes".

A delegada disse que a exemplo do caso de Uruoca, em que uma escola foi envolvida nas investigações, o que a Polícia espera é que, se a instituição não for a denunciante, mas que contribua com as investigações.

"Se a escola de alguma forma puder ajudar, ela precisa fazer isso. A escola é uma instituição guardiã, que precisa proteger e cuidar das crianças que recebe. Se faltar em algum ponto com isto, poderá inclusive ser responsabilizada", declarou.

A titular da Dececa declarou que a maioria das vítimas são crianças pequenas, na faixa etária de 6 a 8 anos e os responsáveis pelos maus tratos são, geralmente, pessoas que fazem parte do vínculo familiar da vítima.

"Pais, mães, padrastos e madrastas são os que mais agridem. Sabemos que existem vínculos emocionais entre os envolvidos, mas no caso de o agressor ser o pai, a mãe precisa comunicar à Polícia e vice-versa. Quem se omite pode ser punido também. É preciso que exista esta conscientização que não é permitido que uma criança seja submetida a situações tão traumatizantes, como são as agressões físicas", declarou Timbó.

Maria da Penha

Ivana Timbó disse também, que para que a denúncia se transforme em uma prisão, no caso de vítimas do sexo masculino menores de 18 anos, é necessário que algum responsável por ele manifeste a vontade de processar o agressor. Esta tutela deve acontecer mesmo que a vítima apresente marcas e fiquem atestadas as lesões. Já as meninas são beneficiadas pela Lei Maria da Penha, que pune quem comete violência doméstica.

"Os meninos ficam em desvantagem neste sentido, porque precisam que um responsável representem a denúncia. As meninas são imediatamente atendidas pela Lei Maria da Penha, que ao contrário do que muita gente pensa, não serve apenas para punir marido que bate em esposa".

Denúncias
As denúncias anônimas podem ser feitas para a Dececa pelos telefones 3101.2044 e 3101.2045 ou para número gratuito 100.

Fonte: Diário do Nordeste

MISÉRIA

Cariri: UTIs não atendem à demanda de doentes

Hospitais referências para o Cariri e municípios de estados vizinhos passam por dificuldades com superlotação constante dos leitos das Unidades de Terapia Intensiva (UTI), nas cidades de Crato, Juazeiro do Norte e Barbalha. A crise faz com que os pedidos para a ampliação desses espaços e aumento no número de leitos estejam parados há vários anos. Há unidades hospitalares que estão mantendo leitos com os próprios recursos para não deixar pacientes morrerem.

Segundo a Secretaria de Saúde do Estado, dos 109 leitos disponibilizados na região, 11 são privados. São 70 leitos destinados aos adultos nos hospitais das cidades dos três principais municípios da região, além dos neonatais e pediátricos. Segundo portaria do Ministério da Saúde, 93 leitos atendem à quantidade mínima exigida.

A dificuldade de manter esses espaços tem sido um desafio para os gestores. Segundo o diretor do Hospital São Vicente de Paulo, em Barbalha, Antônio Ernani Freitas, essa realidade tem sido difícil de ser enfrentada, já que o local recebe pacientes de várias localidades, além da demanda voltada para os casos específicos atendidos no complexo de saúde, como atendimentos de maternidade de alto risco. Ele afirma que há sempre alguém na espera, até porque no hospital também há os casos antes atendidos pelo Centro de Oncologia do Cariri, que nos últimos dias deixou de receber pacientes vítimas de câncer por falta dos repasses nos recursos de R$ 250 mil referentes aos meses de março e abril, do Ministério da Saúde. São quase 400 doentes na fila de espera. Cerca de 90% dos casos atendidos são do Cariri.

A situação se agrava com as UTIs neonatais e pediátrica. O São Vicente é o único da região a possuir unidades pediátricas, com seis leitos sempre lotados, para atendimentos de crianças de 2 a 12 anos. Nos leitos para paciente neonatal há uma solicitação de ampliação que já faz três anos e que ainda não foi atendida. O hospital, que disponibiliza atendimentos para gestantes de alto risco, conta com sete vagas, uma a mais funciona por conta do hospital. A meta é chegar a 10 leitos, mas a realidade se configura de forma diferenciada. Somente na última semana, o berçário teve que ser ocupado por 21 crianças, que necessitam de uma atenção especial dos profissionais de saúde.

Atualmente o Hospital Regional do Cariri (HRC), em Juazeiro do Norte, conta com 35 leitos de UTI, que vieram no tempo certo, para os atendimentos de urgência e emergência. A cidade possui mais de 263 mil habitantes, segundo último censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). É a mais populosa da região e nos últimos anos tem passado por uma grave crise na saúde. O Hospital Regional é estadual e acabou absorvendo boa parte da demanda de Juazeiro do Norte, mas é referência de atendimento para municípios da região do Cariri até Centro-sul. O problema de atendimentos se agrava com o fechamento de hospitais como o Santo Inácio, além do Estefânia Rocha Lima, que funcionava como Pronto Socorro e passou a restringir o maior número de atendimentos, pela situação precária do equipamento. Essa realidade perpassa pelo atendimento precário do Maria Amélia, único hospital pediátrico da região, com carência de infraestrutura.

Em 2006, os problemas relacionados aos atendimentos na UTI neonatal foram minimizados em Juazeiro do Norte, com a inauguração de uma UTI com 10 leitos, além de 15 leitos de médio risco. Os maiores problemas estão relacionados às licitações, com prazos que às vezes dificultam a compra de novos medicamentos, conforme a direção do hospital. Desde que foi inaugurada, a UTI recebeu mais dois leitos, além de cinco voltados para atendimentos de médio risco. Os casos de adultos são transferidos, conforme a central de regulação, para o HRC ou para o São Vicente, em Barbalha.

O São Francisco, em Crato, foi credenciado recentemente com cinco leitos de berçário de médio risco e se encontra com seis leitos de UTI, constantemente lotados. O Município tem amargado nos últimos anos o fechamento de hospitais como o Manuel de Abreu e há vários anos foi desativado o Hospital Pediátrico Monsenhor Rocha.

Para o médico e diretor do Hospital Santo Antônio e Hospital do Coração, também em Barbalha, José Correia Saraiva, a situação na saúde tem se tornado praticamente insustentável. O Santo Antônio é referência no atendimento de casos de traumas, e a UTI com 10 leitos, oito deles credenciados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) está sempre lotada, com pacientes não apenas da região, mas que se deslocam até de estados vizinhos para serem atendidos no local.

São dois anos buscando o credenciamento de novos leitos. Dos 10 existentes no Hospital do Coração, sete são credenciados pelo SUS.

Mais informações: Ministério Público Juazeiro do Norte
Avenida Padre Cícero, 1751 – Centro Telefone: (88) 3512. 5252

Fonte: Diário do Nordeste


MISÉRIA

Polícia do Ceará troca Hilux por GM Spin

Os novos veículos da Polícia do Ceará poderão ser conferidos nos próximos meses. Ao invés das Hilux, o Governo do Estado decidiu optar por veículos mais baratos. Enquanto a Hilux custa entre R$ 91,3 mil a R$ 152,3 mil, a GM Spin pode ser adquirida por R$ 53,4 mil a R$ 67,2 mil.

Imagens da Spin adesivada com os símbolos do programa Ronda do Quarteirão já circulam nas redes sociais, entretanto, não foi definido oficialmente qual carro será adquirido pelo Estado.

A data para o pregão eletrônico para a compra dos carros ainda não foi anunciada pelo Governo do Estado.


MISÉRIA

sábado, 25 de abril de 2015

EX-PRESIDENTE DA CÂMARA ACUSADO DE FRAUDAR LICITAÇÃO

Cai como uma bomba a notícia em que o município de Caririaçu denuncia o vereador Rosivan Leite, ex-PTB e atualmente ingresso no PT. Ele é acusado de desviar, através de duas licitações realizadas de maneira ilegal no início do mandato de quando esteve a frente da presidência da Casa Legislativa no ano de 2009, um montante de mais de cem mil reais. Diante dos desmandos, o município entrou com uma ação judicial na Comarca de Caririaçu em desfavor do atual vereador no último dia 16 de abril. A ação de improbidade administrativa contra o vereador Sebastião Rosivan Leite Barbosa pede ressarcimento aos cofres públicos dos valores desviados.

Nos autos do processo, as licitações foram realizadas nas formas de carta convite. Sendo que nessa modalidade, três pessoas que prestam serviços são convidadas a participar da licitação.

Segundo a ação, foram realizadas duas licitações, em que cada uma contrataria um profissional bacharelado em direito para acompanhar os processos e contratos de interesse da Casa, numa prestação de serviços no biênio 2009/2010. Todavia, foram detectadas irregularidades na convocação através da carta convite. As ilegalidades residem logo no início, quando foram convidados Henrique Saraiva Santos Viana, Marcos André Leite Barbosa e Francivaldo de Lemos Pereira, onde os dois últimos são parentes, (irmão e cunhado, respectivamente), do presidente da câmara a época e, por lei, estariam impedidos de participar da licitação.

A proposta vencedora foi de Marcos André Leite Barbosa, cujo valor foi de R$ 30.600,00 (trinta mil e seiscentos reais). O parecer técnico desta licitação foi dado pelo procurador do município à época, Michel Egídio Gonçalves Cardoso. No entanto, como já era secretário municipal da Casa Civil, Marcos André cometeu o crime de acumulação de cargos públicos, graças a interferência e a conivência do contratante, seu irmão Rosivan Leite, o que também indica prática de nepotismo.

Num verdadeiro acinte e subestimando a inteligência de todos, na segunda licitação foram convidados Michel Egídio Gonçalves Cardoso, Henrique Saraiva dos Santos Viana e Francivaldo de Lemos Pereira. Como Michel Egídio era procurador do município, ele estaria impedido de participar da licitação para ocupar outro cargo público.

Esta segunda licitação acabou vencida por Michel Egídio Gonçalves Cardoso. Ele apresentou proposta de R$ 27.600,00 (vinte e sete mil e seiscentos reais). De forma escancarada foi estabelecida uma verdadeira dobradinha e se na primeira licitação quem deu o parecer técnico foi Michel Egídio e vencida por Marcos André Leite Barbosa, na segunda houve uma inversão. Marcos André foi quem deu o parecer da segunda licitação.

Ambas as licitações descumprem flagrantemente a Constituição Federal. No artigo 37, a lei maior do país prega que os princípios da legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência devem ser seguidos na contratação de funcionários no serviço público. Não foi isso que fez o ex-presidente da Câmara de Caririaçu, Sr.Rosivan Leite. Ao contrário, ele armou esquema para beneficiar diretamente o seu irmão e o correligionário político, Michel Egídio.

Com as licitações ilegais, Marcos André Leite Barbosa, que também é irmão do ex-prefeito de Caririaçu, Edmilson Leite, gestor que deixou um rombo de milhões de reais, ao não repassar as contribuições dos servidores ao INSS, angariou no ano de 2009, R$ 30.600,00 (trinta mil e seiscentos reais) e em 2010, R$ 22.950,00 (vinte e dois mil, novecentos e cinquenta reais), o que dá um total de R$ 53.550,00 (cinquenta e três mil, quinhentos e cinquenta reais).

Já Michel Egídio, com a acumulação de cargos e descumprindo a lei, ganhou em 2009, R$ 27.600,00 (vinte e sete mil e seiscentos reais) e em 2010, R$ 20.700,00 (vinte mil e setecentos reais), totalizando R$ 48.300,00 (quarenta e oito mil e trezentos reais).

Diante dos fatos, o trio formado por Rosivan Leite, Marcos André e Michel Egídio, desviou um total de R$ 101.850,00 (cento e um mil, oitocentos e cinquenta reais) dos cofres públicos do município, portanto, do povo de Caririaçu.

Vale ressaltar que ambas as licitações ocorreram no mesmo dia e ao mesmo tempo, em 9 de janeiro de 2009, o que tornaria impossível se realizar todos os procedimentos burocráticos que requer uma licitação legal.

Também foram constatadas outras irregularidades, como a ausência de coleta de preços para formação de um valor de referência da licitação e parecer técnico emitido por profissional sem qualquer vínculo com a Câmara Municipal.

Caso Rosivan Leite não comprove inocência na licitação fraudulenta, ele não responderá criminalmente, mais terá que ressarcir integralmente ao povo de Caririaçu, a quantia conseguida de maneira ilegal e criminosa. Também o vereador terá seus direitos políticos cassados, ou seja, entrará na chamada ficha suja.

Por enquanto, o processo encontra-se em tramitação na justiça, e o vereador ainda não apresentou a sua defesa.

Assessoria de Imprensa Prefeitura Municipal de Caririaçu


Fonte: Agência Miséria

ACUSADO DE UMA SÉRIE DE ESTUPROS EM JUAZEIRO E CRATO FOI PRESO

A polícia de Crato prendeu na manhã desta sexta-feira o jovem Sergio Jácome Silveira Moura que já estava sendo procurado diante da acusação de uma série de estupros nos municípios de Juazeiro do Norte e Crato. Ele já tinha recebido o epíteto de "Estuprador do Gol Branco" e até foi reconhecido na Delegacia de Polícia Civil por algumas de suas vítimas.

Segundo estas, o mesmo trafegava em um veículo Gol de cor branca e placas HVJ-5425, inscrição de Fortaleza e se aproximava com uma faca obrigando que a pessoa – normalmente uma adolescente – adentrasse o carro. As redes sociais e grupos de WhatsApp ajudaram na disseminação das características do suspeito e do próprio veículo quando um policial à paisana desconfiou ao ver Sérgio Jacome estacionar o veículo e adentrar o Mercadinhos São Luiz de Crato.

Com a posterior publicação de sua imagem, vítimas passaram a ligar para a Delegacia acusando-o por meio do reconhecimento. A última delas foi uma menor de 17 anos a qual esteve com seus pais na Delegacia de Juazeiro dizendo que, no início da noite de ontem, terminou abordada por um homem moreno e gordo que se aproximou em um Gol branco. Nessa abordagem no bairro São José, conforme acrescentou, ele estava armado com um revólver e a obrigou a entrar no veículo quando foi estuprada.

Inclusive, esta garota que era virgem e procedia de um cursinho a qual foi levada pela polícia até a Delegacia e fez o reconhecimento. Existem informações ainda não confirmadas de que Sérgio Jacome cumpre pena em regime semi aberto por conta do mesmo crime o que está sendo averiguado. Em Juazeiro, desde o dia 13 de abril, o mesmo já teria estuprado três mulheres.  O raio de ação do acusado se dava entre os bairros São José e Frei Damião em Juazeiro e o Sítio Santa Rosa em Crato.

Fonte: Agência Miséria

PORTEIRAS: ACUSADO DE MATAR UMA MULHER COM TIRO NA TESTA FOI PRESO OITO ANOS DEPOIS

A polícia de Porteiras prendeu o foragido da justiça José Aleudo Silva Ferreira, de 33 anos, que estava em São Paulo e veio visitar seus pais no Sítio Cancela na zona rural do município. Ele é acusado de dois crimes de lesões corporais e, por último, assassinou uma mulher em Porteiras. Após o primeiro atentado à bala terminou preso, mas conquistou um regime de liberdade condicional quando fugiu para São Paulo e, depois, terminou preso no estado da Bahia.

Ao ser novamente posto em liberdade, Aleudo praticou novo crime de lesão corporal e fugiu para São Paulo. Em dezembro de 2006 veio passear e rever os pais na zona rural de Porteiras num momento em que não havia mandados de prisão em aberto contra o mesmo. Não se dando por satisfeito, ele matou Luciana Firmino dos Santos, de 24 anos, no dia 26 de dezembro daquele ano. A garota residia na Rua E, número 10 do Conjunto Sol Nascente e teve seu corpo encontrado na estrada do Sítio Baixio do Fundo.

Quando a justiça decretou sua prisão preventiva, José Aleudo já estava novamente em São Paulo. Recentemente, a polícia soube que ele estaria vindo para uma nova visita aos pais já tendo contra o acusado três mandados de prisões em aberto todos da Comarca de Porteiras. O regresso passou a ser averiguado quando o Cabo Carlos e os Soldados Edinaldo, Anjos e Mário conseguiram prendê-lo. Ele ainda apresentou um nome falso, mas não deu certo e o mesmo já encontra-se na cadeia de Porteiras à disposição da justiça.

Fonte: Agência Miséria

FEMINICÍDIO – JOVEM É PRESO POR MATAR EX-COMAPANHEIRA COM 18 GOLPES DE FACA

Um jovem de 23 anos foi preso sob a acusação de matar a ex-companheira com 18 golpes de faca, há uma semana, no bairro Guararapes, na Capital. Por ciúmes, Francisco Dene Bezerra Silva teria assassinado Nayra Denise de Lima Fabrício, 22, com quem tinha um filho de apenas dois meses. Indiciado por homicídio duplamente qualificado e já enquadrado na Lei do Feminicídio, o jovem foi preso na tarde da última quinta-feira, no Bairro de Fátima. Segundo a Polícia, Dene já tinha histórico de violência contra a mulher.

O crime ocorreu no sábado, 18. Nayra, que já não mantinha relacionamento com Dene, foi até a residência de dele para que o jovem pudesse passar o dia com o filho. Porém, eles acabaram brigando por conta de uma mensagem de celular que ela recebeu.

“Na ocasião da visita, eles passaram a tarde e noite discutindo. Até que ele saiu pra pegar uma quentinha na casa do pai. Quando voltou, viu que ela estava teclando no celular e tomou o aparelho. Ela tinha recebido uma mensagem de um homem perguntando quando eles se veriam de novo. Isso o teria deixado revoltado”, detalhou o delegado Leonardo Barreto, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Segundo Barreto, o jovem utilizou uma faca “serrinha” de cozinha para golpear a vítima, na região do abdômen. Após o crime, ele teria se escondido nos arredores da casa e não foi percebido pelos policiais, conforme o delegado. O jovem, porém, acabou sendo preso por conta de um mandado de prisão preventiva expedido pela 4ª Vara do Júri de Fortaleza. Ainda segundo do delegado, os próprios familiares de Dene teriam atribuído o crime a ele.

Histórico
Dene Bezerra já respondia por uma lesão corporal dolosa cometida contra uma ex-companheira, em 2009. Em 2011, ele foi preso por cometer um furto. Já em 2014, ele foi indiciado por incêndio criminoso, pois teria tocado fogo na casa de outra ex-companheira, também por ciúmes.

De acordo com Leonardo Barreto, o caso de Dene Bezerra é um dos primeiros em que um suspeito foi denunciado com base na Lei do Feminicídio, cuja pena varia de 12 a 30 anos. Além disso, a pena pode ser agravada em um terço até a metade se o crime for praticado durante a gestação ou nos três meses posteriores ao parto, o que era o caso de Nayra.

Sancionado no último mês de março, o feminicídio transformou o crime de gênero em hediondo, cuja pena inicial tem que ser cumprida necessariamente em regime fechado. Já a progressão de regime leva mais tempo do que no homicídio, em que a pena varia de 6 a 20 anos.


 O POVO

CASOS DE DENGUE CHEGAM A 1.241 EM UMA SEMANA; SARAMPO SOBE PARA 103

O número de novos casos de dengue chegou a 1.241 em uma semana, segundo dados divulgados nesta sexta-feira, 24, pelo boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde (Sesa). Já o número de casos de sarampo subiu para 103, com a confirmação de mais três casos em comparação com a última semana.

Os casos de dengue foram notificados em 108 municípios, com maior incidência nas localidades de Arneiroz, Barbalha, Coreaú, Eusébio, Hidrolândia, Ipu, Jucás, Ocara, Piquet Carneiro, Pires Ferreira e Porteiras. Conforme a Sesa, o Interior do Ceará é responsável por 65% dos casos.

Este ano, já foram confirmadas cinco mortes em decorrência da doença. O número de casos suspeitos em 2015 chega a 22.165.

Sarampo
O maior número de casos de sarampo confirmados está na Capital (41) e em Caucaia (44), Região Metropolitana. Segundo dados da Sesa, 90 casos estão em investigação, enquanto 604 já foram descartados em 2015.

Vacinação

A vacinação é oferecida gratuitamente em 89 postos de saúde de Fortaleza e 47 de Caucaia, de acordo com a Sesa. Aqueles que forem de outros municípios e, porventura, apresentarem sintomas de sarampo, como manchas avermelhadas na pele, febre alta e dor de cabeça, devem procurar o posto de saúde mais próximo.

Uma equipe de agentes de saúde ficará responsável por investigar o caso e fazer uma varredura de vacinação no local onde foi detectada a patologia.


Redação O POVO Online