}); PORTAL ORÓS: O POVO NÃO PRECISA DE AUDIÊNCIA PÚBLICA O POVO PRECISA É DE SEGURANÇA

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

O POVO NÃO PRECISA DE AUDIÊNCIA PÚBLICA O POVO PRECISA É DE SEGURANÇA

Tivemos informação que representantes do poder público de Orós, estiveram na última terça-feira (26/09), na cidade de Icó em visita a 2ª Cia da polícia militar com o objetivo de convidar o Capitão Hauryson Batista comandante da 2ª Cia para participar de mais uma audiência na câmara de Orós com o tema SEGURANÇA PÚBLICA ou a falta de segurança vivida pela população oroense nos últimos anos, até entendo e respeito a iniciativa, mais o povo quer AÇÃO e não discussão, mais promessas e fotos.

Eu já participei de outras audiências públicas na câmara onde se falou demais e prometeu-se muito, mas na prática quase nada aconteceu e nos final das contas nós o povo ficamos a ver navios.
Entrevistei na terça-feira (26/9) o Capitão Hauryson Batista (comandante da 2ª Cia da polícia militar de Icó), na qual a nossa cidade faz parte e ele deixou bem claro os seus objetivos em relação a Orós e região.

Ao ser perguntado sobre Orós ele respondeu “Eu posso até apontar várias soluções e ter vontade, mas precisamos da vontade política, temos cinco prefeitos da região e eles precisam se unir para solicitar ao governador 30 homens para a cia, e eu me comprometo a enviar 9 policias e outra viatura, assim Orós passaria a ter 2 viaturas com três homens cada uma e um carro descaracterizado, o município de Orós está precisando de aumento de efetivo e mais dois veículos” destacou o Capitão Hauryson Batista.

Eu concordo plenamente com o capitão e ele já disse o que Orós está precisando para podermos voltar a sentar nas nossas calçadas sem medo de sermos assaltados, sem o medo de perder os nossos veículos ou sem ter o medo de perder o lucro de um dia ou uma semana de trabalho em mais um assalto nos comércios de nossa cidade, como aconteceu ontem a noite em uma farmácia na Rua Epitácio Pessoa, agora está faltando o poder público municipal dizer o que de fato pode fazer e pôr em ação. Ai alguém vai falar “mais segurança pública não é de responsabilidade do município”, isso todos nós sabemos, mais se não for pela lei que seja pelo bem da população oroense que a anos clama por uma solução efetiva e real que pelos menos diminua os índices de criminalidade em nossa terra já tão sofrida.

E todo cidadão pode e deve contribuir com sugestões aos gestores municipais, pois o bom político é aquele que ouve e atende os anseios de seu povo, chega dessa politicagem da perseguição ou do pior melhor, o nosso povo não merece isso.

Na minha opinião uma ação que ajudaria a polícia militar e civil de nossa cidade no combate à criminalidade seria o aumento das câmeras de segurança da prefeitura e que a polícia tivesse acesso as mesmas com uma central no próprio destacamento policial. Para isso acontecer só basta a vontade política.

Antes que alguém fale ou pense “isso é politicagem” quero deixar claro que essa é uma crítica construtiva de um cidadão que quer somente o bem para o nosso povo.

O Capitão Hauryson Batista em sua entrevista afirmou que a população de Orós tem o seu suor e segue para combater o crime e criminalidade e pediu aos cidadãos que rompam os lacres do medo e ajudem a polícia militar denunciando e para isso disponibilizou seu telefone pessoal para o povo (88) 9.9927.6086 ou 190 que podem ligar com a garantia do anonimato.



Por Josemberg Vieira

Nenhum comentário:

Postar um comentário