}); PORTAL ORÓS: Outubro 2017

terça-feira, 31 de outubro de 2017

CAPITÃO WAGNER ACEITA SER O CANDIDATO DA OPOSIÇÃO AO GOVERNO DO CEARÁ EM 2018

Com o anúncio do senador Tasso Jereissati (PSDB) negando disputar o Governo do Ceará em 2018, o deputado estadual Capitão Wagner (PR) voltou ventilar seu nome como candidato da oposição ao Palácio da Abolição. A chapa que estaria sendo montada para o próximo ano teria ainda a deputada estadual Aderlânia Noronha (SD) como vice e o ex-presidente do extinto Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) Domingos Filho para o Senado.

Até o momento, apenas Wagner confirmou oferecer seu nome para encabeçar a chapa de oposição em 2018. A assessoria da Aderlânia Noronha estar o lançamento de seu nome para a vice-governadoria. A chapa de oposição ainda está em processo de definição dos nomes que serão lançados em 2018, não há nada fechado ainda.


Fonte: Ceará News 7 

TRAGÉDIA FAMILIAR: JOVEM COM PROBLEMAS MENTAIS MATA A MÃE COM FACADA EM ICÓ

Maciana Benedito da Silva, de 21 anos, matou com uma facada a sua própria mãe, Francisca Flor da Silva, de 59 anos
Uma verdadeira tragédia ocorreu por volta das 10h30min desta terça-feira (31), em uma residência localizada no sítio Alto da Várzea, no distrito de Icozinho, distante cerca de 35 quilômetros da sede de Icó. Maciana Benedito da Silva, de 21 anos, matou com uma facada na altura do peito, a sua própria mãe, Francisca Flor da Silva, de 59 anos.

A dona de casa foi encontrada agonizando por outra filha, enquanto Maciana tratou de fugir do local do crime e ir para casa de seu pai, Antônio Benedito da Silva, que é separado de sua mãe. Lá chegando teria dito a seu pai que tinha agredido a mãe com uma facada. Francisca Flor, não resistiu à gravidade do ferimento e veio a óbito.

Marciana foi autuada em flagrante pela titular da delegacia da mulher, delegada Gabriela Barreto, por lesão corporal seguida de morte. A polícia descobriu que ela é paciente do Caps e quando fica sem a medição, se torna agressiva com sucessivos surtos. Ela há alguns anos já tentou matar o pai com golpes de faca e até a irmã.

A tragédia foi comunicada ao poder judiciário que irá pleitear a sua internação junto a um manicômio. A delegada Gabriela Barreto disse que o pai de Maciana, Antônio Benedito, também sofre de problemas mentais. Ela será submetida também a um exame de sanidade mental.

O corpo de Francisca Flor foi encaminhado de Icó para ser necropsiado na Pefoce de Iguatu. No momento do crime mãe e filha estavam sozinhas na residência. O caso chocou a população icoense.

Com informações do correspondente Richard Lopes


Por Agência Miséria - Miséria.com.br

ESTUDO DO BANCO MUNDIAL APONTA QUE 22% DOS BRASILEIROS SÃO POBRES





O Banco Mundial começou a utilizar neste mês uma nova métrica para delimitar a quantidade de pessoas que vivem abaixo da linha da pobreza. Segundo o estudo, subiu de 8,9 milhões para 45,5 milhões o número de brasileiros considerados pobres – o que equivale a 1/5 da população.



A instituição decidiu complementar a linha de pobreza tradicional – que traça o corte em consumo diário inferior a US$ 1,90 – com outras duas delimitações mais ajustadas às realidades de cada país. Uma nova linha passa a ser demarcada em US$ 3,20, representando a mediana das linhas para países de renda média baixa.



A outra linha é de US$ 5,50 por dia, que corresponde à mediana das linhas de pobreza dos países de renda média alta, entre os quais se inclui o Brasil. Ser pobre no Maláui ou em Madagáscar é diferente de ser pobre no Chile, no Brasil ou na Polônia”, diz Francisco Ferreira, economista do Banco Mundial.



No caso de países como o Brasil, o volume de pessoas que vivem abaixo da linha de US$ 1,90 é pequeno, ou seja, esse corte não captura a real pobreza do país.


Veja abaixo gráfico publicado na reportagem da Folha de S. Paulo:







cearanews7.com

ENTIDADES REPUDIAM ATENTADO CONTRA RADIALISTAS DE CHOROZINHO



A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) subseção da Região Metropolitana de Fortaleza e o Sindicato dos Radialistas e Publicitários do Ceará divulgaram nesta segunda-feira (30) nota de repúdio contra os atentados praticados contra os radialistas Cleibo Santos e Assis Matos, no município de Chorozinho.

Os profissionais foram surpreendidos por tiros praticados contra suas residências na noite do último domingo (29). A ação criminosa seria represália ao trabalho realizado pelos radialistas no município.

Confira abaixo:









cearanews7.com

CHACINA: BANDIDOS INVADEM ÔNIBUS DO TRANSPORTE ESCOLAR E MATAM TRÊS ADOLESCENTES



Três adolescentes foram mortos em uma chacina registrada na tarde desta segunda-feira (30) na cidade de Paraipaba, no Litoral Oeste do Ceará (a 115Km de Fortaleza).  As vítimas foram executadas sumariamente dentro de um ônibus do transporte escolar que levava moradores de uma comunidade da periferia da cidade para os festejos religiosos em homenagem ao santo padroeiro do Município.  No dia  anterior, dois jovens também foram executados sumariamente no mesmo local.

O crime ocorreu por volta de 17 horas. Segundo a Polícia, os três adolescentes não tinham antecedentes criminais, mas seriam usuários de drogas e moradores da comunidade do Cacimbão, onde no domingo (29) outros dois jovens foram também executados sumariamente dentro de uma casa que servia de ponto de venda de drogas.

Segundo testemunhas, na hora do assassinato o ônibus escolar não transportava estudantes, mas sim moradores da comunidade que iam participar dos festejos na Praça da Matriz de Paraipaba. Pelo menos três homens armados invadiram o ônibus, mandaram que todos os passageiros descessem e eliminaram os três adolescentes.

Investigação

Os três corpos foram encaminhados à Coordenadoria de Medicina Legal (Comel) da Perícia Forense do Ceará (Pefoce) já na noite desta segunda-feira. O clima na cidade, e especialmente na comunidade do Cacimbão, é de medo e silêncio. Os moradores preferem não falar sobre o assunto temendo represálias dos criminosos. São traficantes de drogas que dominam o lugar.

Na tarde de domingo passado, os irmãos Jonathan Bruno Rodrigues Lacerda, 22 anos; e Jéfferson Bruno Rodrigues, 21 anos, foram mortos, a tiros, por um homem identificado por Helano. No local do crime a Polícia apreendeu dois revólveres de calibre 38, cocaína e dinheiro.

cearanews7.com

GOVERNO FEDERAL VOLTA A BAIXAR SALÁRIO MÍNIMO E VALOR CAI PARA R$ 965



O Governo Federal baixou novamente, nesta segunda-feira (30), a previsão para o salário mínimo de 2018, reduzindo de R$ 969 para R$ 965. A alteração consta em mensagem modificativa da proposta de orçamento de 2018, que ainda será enviada ao Congresso Nacional.

O valor já havia sido reduzido em agosto, de R$ 979 para R$ 969. Hoje, o salário mínimo está em R$ 937. No total, são mais de 45 milhões de pessoas no Brasil que recebem o salário mínimo. A expectativa do Ministério do Planejamento é economizar R$ 1.2 bilhão com a redução.

cearanews7.com

FORTALEZA GANHA 26 NOVOS VOOS COM HUB NO AEROPORTO PINTO MARTINS





Fortaleza passará vai ter 26 novos voos a partir de maio de 2018 com a instalação do centro de conexões da Air France, KLM e Gol. As informações foram repassadas na manhã desta segunda-feira (30) durante o lançamento oficial do hub na capital cearense, na Residência Oficial do governador Camilo Santana, em Fortaleza, com participação do prefeito Roberto Cláudio, de executivos da Air France e GOL Linhas Aéreas, representantes de agências e autoridades.

Vendas

As vendas de bilhetes da Gol para voos de Fortaleza para Recife, Natal, Salvador, Manaus e Belém começaram nesta semana e vão significar "2 mil assentos adicionais oferecidos pela Gol no Aeroporto de Fortaleza por dia. Um total de 60 mil por mês'', disse Paulo Kakinoff, presidente da empresa.

O diretor-geral para a América Latina da Air France/KLM, Jean Marc-Pouchol, comentou sobre as vendas dos bilhetes dos voos diretos do consórcio franco-holandês. "Acabamos de abrir as vendas, na semana passada no Brasil, e há um mês na Europa e na Ásia. E os primeiros resultados que vemos são muito positivos", disse.

Serão dois voos diretos Fortaleza-Paris, às sextas-feiras e domingos, com preços a partir de R$ 2.500 (ida de volta) operados pela Joon (nova empresa da Air-France) , além de três voos para Amsterdã pela KLM, às segundas, quintas e sábados, também a partir de R$ 2.500.

Aumento de passageiros

A expectativa inicial com a operação do hub, a partir de maio de 2018, é que o Ceará dobre o número de passageiros domésticos, e 23%, de estrangeiros, o que representa 1,5 milhão de pessoas desembarcando de voos nacionais e 70 mil vindas de outros países.



Por G1 CE

POLÍCIA DO CEARÁ É A 2ª QUE MAIS MORRE E A 13ª QUE MAIS MATA NO PAÍS




A polícia do Ceará é a segunda que mais morre e a 13ª do país que mais mata em intervenções das forças de segurança, de acordo com a 11ª Edição do Anuário do Fórum Brasileiro de Segurança, divulgado nesta segunda-feira (30). Em 2016, 26 policiais, entre civis e militares, foram assassinados no estado; 109 pessoas morreram em consequência de intervenção policial.

Comparando o número de mortes de policiais pela população, o Ceará tem uma taxa de 1,4 mortes de agentes de segurança para cada 100 mil habitantes, o segundo maior índice do país. O Ceará fica atrás apenas do Rio de Janeiro, com 2,3.

Já o índice de população morta em ações policiais é de 1,2 para 100 mil habitantes, de acordo com os dados do Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Em todo o país, foram 4.224 mortos por policiais em 2016 e 437 policiais foram assassinados.

A ação policial aparece como segunda maior causa de óbitos violentos no Ceará, atrás apenas de homicídios. Em 2016 foram mortas por policiais 109 pessoas. O número é 26% superior às 86 mortes causadas pelas forças de segurança em 2015, no Ceará.

Média de 10 mortes por dia

O Ceará registrou 3.566 mortes violentas intencionais em 2016. Se comparados com os registros de 2015, os números são considerados positivos, uma vez que registram queda de 14,2%. Em 2015, o número de mortes violentas intencionais chegou a 4.130. Mesmo com a queda, os números seguem preocupantes, uma vez que representam 9,8 mortes por dia no estado.

A maior parte dessas mortes foi enquadrada como homicídio doloso. Foram 3.334 casos no ano passado, com queda de 15,6% em relação aos 3.334 crimes do mesmo tipo praticados em 2015.

Os roubos seguidos de morte vitimaram 88 pessoas em 2016. Em 2015, foram registrados 65 latrocínios no estado, um crescimento de 35,3%. Considerando as lesões corporais seguidas de morte, também houve aumento de 12,9% no número de ocorrências: de 31 mortes, em 2015, para 35, no ano seguinte. As mortes de policiais fora de serviço também cresceram, de 10 casos, em 2015, para 17, em 2016, crescimento de 70%.


Por G1 CE

FESTA DE HALLOWEEN COM DANÇARINOS NUS VIRA CASO DE POLÍCIA NO INTERIOR DO CEARÁ; VÍDEO




Conselheiros tutelares da cidade de Umari, a 400 km de Fortaleza, denunciaram uma festa em que dois dançarinos realizaram performances com nudez na presença de crianças e adolescentes. De acordo com o conselheiro tutelar, Eulógio Neto, a apresentação aconteceu durante uma festa de Halloween no sábado (28), no Centro de Integrado de Idosos, um prédio da prefeitura cedido para fazer o evento. Um vídeo do evento viralizou nas redes sociais. A polícia investiga o caso e duas pessoas foram detidas.

A Polícia Civil de Icó investiga o vídeo da festa e deteve dois organizadores. “Recebemos a denúncia por meio de conselheiros tutelares de Umari. Eles pediram para a polícia local tomar providências. Já que a cidade não tem delegacia, o caso foi encaminhado para Icó, cidade vizinha”, afirmou um policial que conversou com o G1.

Os dois produtores afirmaram, em depoimento para a polícia, que contrataram dois dançarinos da cidade de Cajazeiras, na Paraíba. Duas pessoas estão foragidas.

Além das cenas de nudez perto de crianças e adolescentes, segundo Eulógio, o caso revoltou moradores da cidade pelo fato de a festa acontecer no espaço público cedido pela prefeitura da cidade para fazer festas comunitárias. O conselheiro tutelar afirma também que houve consumo de drogas e bebidas alcoólicas na festa.

O conselheiro disse ainda que um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) foi feito e o documento será encaminhado para o Ministério Público do Ceará (MP-CE) para que o órgão tome providências.

O G1 entrou em contato por telefone com o gabinete da prefeitura de Umari para se pronunciar sobre o caso. Mas as ligações não foram atendidas.

Por G1 CE

segunda-feira, 30 de outubro de 2017

BRASIL REGISTRA 8 DESAPARECIMENTOS POR HORA NOS ÚLTIMOS 10 ANOS, DIZ ESTUDO INÉDITO



Há quase uma década, um dos presentes comprados todos os anos por Lucineide Damasceno, 50, fica sob a árvore de Natal depois do dia 25 de dezembro. É o de seu filho, Felipe Damasceno, desaparecido em 2008 aos 17 anos.

Desde então, a trajetória do menino assumiu o pretérito imperfeito como tempo verbal oficial. Na vida da mãe que espera, entretanto, resistir é conjugar o tempo presente. “Eu tenho três filhos, não tinha”, corrige Lucineide a quem ousar colocar sua maternidade no passado.

Felipe é um dos 693.076 boletins de ocorrência registrados por desaparecimento no Brasil de 2007 a 2016, segundo dados inéditos compilados pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública em estudo feito a pedido do Comitê internacional da Cruz Vermelha. Em média, 190 pessoas desapareceram por dia nos últimos dez anos, oito por hora. É a primeira vez que dados de desaparecimento estão presentes no anuário de violência do Fórum. Só no ano passado, 71.796 desaparecimentos foram registrados.

Em números absolutos, São Paulo lidera as estatísticas, com 211.965 registros de desaparecimentos de 2007 a 2016, seguido por Rio Grande do Sul, com 75.214, e Minas Gerais, com 52.217. Acre, Amazonas, Amapá, Bahia, Ceará, Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná e Roraima não passaram os dados completos de todos os últimos dez anos.

Se formos levar em conta a taxa, Distrito Federal concentra o maior número de registros: 106 por 100 mil habitantes. E a razão é bastante simples: Embora não registre um número maior de desaparecidos do que os outros estados, a unidade da federação tem um banco de informações que interliga os órgãos, como hospitais, asilos, institutos médicos legais, serviços de verificação de óbito, entre outros, considerado por especialistas um ponto-chave para se entender e combater o desaparecimento no país.

Das 1.195 mortes violentas registradas de 21 a 27 de agosto pelo monitor da violência, projeto do G1 em parceria com o Fórum e com o Núcleo de Estudos de Violência (NEV) da USP, mais de 150 não têm nome da vítima. Podem ser pessoas desaparecidas, com familiares à procura.

A coordenadora do Programa de Localização e Identificação de Desaparecidos de São Paulo (Plid) do Ministério Público, Eliana Vendramini, entrou com uma ação há três meses para obrigar o estado a cumprir Lei estadual de 2014 que determina a integração dos órgãos e a criação de um banco de dados de desaparecidos.

Em agosto, o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro e o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) assinaram um acordo de cooperação técnica para a implantação do Sistema Nacional de Localização e Identificação de Desaparecidos (Sinalid). Além de São Paulo e Rio de Janeiro, o Plid existe no Pará, Amazonas e Bahia e outros quatros estados manifestaram interesse em aderir.

Como o desaparecimento não é considerado um crime, é feito apenas o boletim de ocorrência e não há investigação até haver uma suspeita de um crime, um homicídio ou um sequestro, por exemplo. A lei também obriga que o desaparecimento de crianças e adolescentes até 18 anos seja investigado, bem como o de pessoas com transtorno mental, mas segundo a promotora Eliana, apenas o desaparecimento de crianças até 12 anos é investigado no país.

Segundo dados da promotora, o principal perfil da vítima de desaparecimento em São Paulo é: adolescente, negro, e de periferia, o que coincide com o perfil da vítima de homicídio.

O desaparecimento é considerado multicausal e pode ser:

Voluntário – quando a pessoa se afasta por vontade própria e sem avisar, que pode acontecer por diversos motivos: desentendimento, medo, aflição, choque de visões, planos de vida diferentes

Involuntário – quando a pessoa é afastada do cotidiano por um evento sobre o qual não tem controle, como um acidente, um problema de saúde, um desastre natural

Forçado – quando outras pessoas provocam o afastamento, sem a concordância da pessoa. Como em um sequestro, ou ação do próprio estado.

“Nós temos muitas notícias de casos em que a última visão do desaparecido foi em uma abordagem policial das mais variadas. Nós temos inclusive da Guarda Civil Metropolitana (GCM) porque anda armada, mas foi prioritariamente criada para proteção do patrimônio. Tanto a Polícia Civil, especialmente a PM, supostamente envolvidas em desaparecimentos, há poucos casos com soluções”, diz a promotora.

A história do irmão de Francilene Gomes ajuda a ilustrar tal dado. Paulo Alexandre Gomes desapareceu no dia 16 de maio de 2006, aos 23 anos. O sumiço ocorreu durante os crimes de maio (onda de violência registrada entre 12 e 20 de maio de 2006), em Itaquera, Zona Leste, após uma abordagem, agressões e detenção por policiais da Rota. “Abriram inquérito, mas nunca vimos um vestígio dele”, diz.

Procurada, a Secretaria da Segurança Pública, por meio de sua assessoria de imprensa, diz que adotou medidas que possibilitaram maior eficiência nas investigações como que as ocorrências sejam investigadas pela 4ª Delegacia de Investigações sobre Pessoas Desaparecidas do DHPP (Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa) na capital paulista. A pasta informa que na Grande São Paulo as investigações são realizadas pelos setores de Homicídios das Delegacias Seccionais de Polícia e, no Interior, as apurações são de competência das Delegacias de Investigações Gerais (DIG). (Veja a íntegra da nota abaixo).

Há também casos relacionados com o envolvimento do crime organizado, principalmente pelo tráfico de drogas, afirma a promotora. O tráfico de pessoas é um crime que também está atrelado aos desaparecimentos principalmente no Nordeste do país e em cidades de fronteira.

O Plid em São Paulo iniciou uma pesquisa para entender as causas dos desaparecimentos na capital paulista e concluiu que na Zona Sul, a maioria está relacionada a desentendimentos familiares. A Zona Leste registra o maior número de desaparecimentos e as causas estão atreladas à violência urbana.

“Nós temos um número muito maior na região Leste. O atendimento não é humanizado e a família não se abre no primeiro atendimento ou porque não vai haver investigação. Na Zona Sul, as causas são basicamente ditadas pelo desentendimento familiar, o álcool, as drogas, a vulnerabilidade social, a falta de lazer, etc. Se a pessoa desaparece em bairros centrais como Higienópolis e Moema, ela tem o aparato ao seu favor. E isso é muito grave porque queremos uma sociedade igual”, diz Eliana.

Lucineide transformou o luto que não pôde viver em luta na busca por seu filho. O dia 3 de novembro se aproxima e ela crê que seu filho voltará quando se completam nove anos do desaparecimento.

“No dia 3 de novembro de 2008, ele pediu para ir à casa de um colega aqui na Vila Natal [extremo da Zona Sul] e alguns minutos depois, por volta de 21h30, 22h, os dois desapareceram. Estão os dois desaparecidos até hoje”, diz.

Uma testemunha disse que viu Felipe ser abordado pela GCM, mas a polícia nunca investigou essa pista. Lucineide procura por Felipe sozinha, com amigos e, depois, com as Mães da Sé, movimento que integra pais de desaparecidos.

“Eu busquei em praça, debaixo de viaduto, na Cracolândia. Fiz até moradia na Cracolândia, em IML, hospital, tudo que você puder imaginar, em lugar que vende drogas. Por incrível que pareça, tem vezes que o DHPP liga aqui para saber se eu tenho alguma informação. É engraçado. Tenho que ser a mãe, a investigadora, a policial”, diz.

Há cerca de três anos, uma pessoa disse que viu um carroceiro trabalhando na Zona Norte de São Paulo muito parecido com Felipe. Lá se foi Lucineide quase morar na Vila Guilherme por três meses. Mas nada, nem sinal do filho.

O quarto do adolescente está do jeito que ele deixou há oito anos. O filho mais novo dorme na sala. A cama do Felipe segue sendo dele. As roupas são lavadas a cada cinco meses. Os desodorantes e o perfume usados por ele estão no mesmo lugar.

Com informações do G1

VIOLÊNCIA NO FIM DE SEMANA DEIXA 41 PESSOAS ASSASSINADAS NO CEARÁ



Ao menos, 41 pessoas foram assassinadas no Ceará durante o fim de semana, o que elevou para 4.163 o número de homicídios no estado em 2017. No Interior, a violência deixou 24 mortos. Na Grande Fortaleza ocorreram outros 17 assassinatos. Entre os casos, uma chacina com três mortos em Crateús e dois casos de duplos homicídios, nas cidades de Juazeiro do Norte e Paraipaba.

Ainda na noite de sexta-feira (27), dois adolescentes foram assassinados, a tiros, no bairro Romeirão, em Juazeiro do Norte. As vítimas caminhavam pela calçada de uma avenida quando foram surpreendidas e executadas com vários tiros à queima-roupa, sendo identificadas como Cícero Maílson da Silva e Paloma Oliveira da Silva. Uma terceira pessoa ficou ferida.

Já na manhã de sábado (28), uma chacina foi registrada dos Sertões de Crateús. Na localidade  Pitombeiras, na zona rural, os corpos de três homens foram encontrados no começo da manhã. Estavam crivados de balas, amarrados e foram deixados na beira de uma estrada vicinal. A Polícia identificou os mortos como sendo presos fugitivos da Cadeia Pública de Independência.

Na tarde de domingo (29), dois jovens, irmãos, foram assassinados, a tiros, no bairro Cacimbão, na cidade de Paraipaba. Os corpos foram encontrados dentro de uma casa onde a Polícia enconmtrou também drogas e apetrechos do tráfico. O suspeito do crime fugiu do local, se escondeu noutra casa e acabou se entregando à Polícia Militar.

Crimes

Em Fortaleza, a Polícia registrou  sete assassinatos nos bairros Granja  Portugal, Barroso, Antônio Bezerra, Jardim Iracema, Papicu e Pirambu.

Na Região Metropolitana de Fortaleza 11 crimes de morte foram registrados nos seguintes Municípios: Horizonte (2), Maracanaú (2), Caucaia (2), Chorozinho, Eusébio, Aquiraz, Maranguape e Pacajus.

No Interior Norte, foram oito homicídios nos seguintes Municípios: Crateús (chacina com três mortes), Paraipaba (duplo), Aracoiaba, Uruoca e Tianguá.

No Interior Sul, região que apresentou o maior índice de homicídios no fim de semana, 16 pessoas foram mortas nos seguintes Municípios: Juazeiro do Norte (duplo), Barbalha (caso de lesão corporal seguida de morte), Russas (dois casos), Aracati (2), Saboeiro, Salitre, Quixadá. Missão Velha, Jaguaruana, Campos Sales, Morada Nova, Iguatu e Lavras da Mangabeira.

 
cearanews7.com

MULHER QUE PERDEU O BEBÊ BALEADA EM ASSALTO ESTÁ CONSCIENTE E TEM QUADRO DE SAÚDE ESTÁVEL



A mulher que perdeu o filho ao ser baleada após um assalto em Juazeiro do Norte, neste sábado (28), está consciente e apresenta quadro de saúde estável, segundo boletim médico deste domingo (29). Edivânia Maria dos Santos recebe atendimento no Hospital Regional do Cariri.

A polícia segue em busca dos suspeitos, dois adolescentes, de acordo com a Polícia Civil de Juazeiro do Norte. Conforme testemunhas relataram dois garotos armados abordaram a Edivânia, de 30 anos, tomaram a motocicleta dela e, durante a fuga, atiraram contra ela, grávida de quatro meses e três semanas.

O tiro atingiu o feto, que não sobreviveu. A polícia afirmou também que Edivânia Martins não reagiu, mas, mesmo assim, foi atingida na barriga próximo as costelas. Neste sábado, ela passou por uma operação que retirou do feto.

Investigação

"Tivemos aqui uma grande fatalidade. Um crime perverso. Agora a Polícia Militar vai fornecer suporte para identificar e prender os suspeitos", afirmou o tenente-coronel da PM, Cícero Brito.

Os policiais analisam imagens da câmera de segurança de uma academia próxima o local do crime, no cruzamento das ruas Leão Treze e Manoel Vitorino, no Bairro Salesiano.

O professor de educação física, Cielton Vieira, disse que ajudou a socorrer a mulher. “Estava ministrando uma aula aqui perto e uma das minhas alunas gritou dizendo que havia um assalto. Ouvi os tiros e a mulher grávida caiu na calçada. Aí todo mundo ajudou ela e levamos para o hospital”, disse.


Por G1 CE

POLÍCIA INVESTIGA TRIPLO HOMICÍDIO EM CRATEÚS, NO CEARÁ



Três corpos foram encontrados neste sábado (28) na localidade de Pitombeiras, na zona rural de Crateús, próximo ao limite com o município de Independência, no interior do Ceará. De acordo com a Polícia Militar, as vítimas do triplo homicídio têm marcas de tiros de arma de fogo e golpes de faca.

Ainda conforme os policiais que atenderam a ocorrência, duas das vítimas foram encontradas com pernas e braços amarrados e com marcas de tiro na cabeça. Uma terceira vítima foi encontrada com diversas perfurações.

Dois deles foram identificados como Antônio Alves 'Carioca' e Wesley, que haviam fugido da cadeia pública de Independência no início de outubro. Eles são suspeitos de roubos, assaltos e homicídios. O terceiro corpo não foi identificado.

'Acerto de contas'

Os policiais desconhecem as causas do triplo homicídios, mas afirma que a "principal hipótese" é de que tenha sido um "acerto de contas" entre facções, quando membros de um grupo criminoso executam rivais por conflitos por território de tráfico ou "vingança".

Até a manhã deste domingo (29), ninguém foi preso. A Polícia Civil de Crateús segue realizando buscas pelos suspeitos.

Por G1 CE

REDAÇÃO DO ENEM QUE FERIR DIREITOS HUMANOS NÃO PODE TIRAR NEM NOTA ZERO NEM NOTA MIL; ENTENDA



Candidatos que farão o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no próximo dia 5 e planejam tentar uma nota mil na prova de redação precisam tomar cuidado com a decisão judicial da última quarta-feira (25), que proibiu a nota zero automática para redações com teor desrespeitoso aos direitos humanos. Apesar de o julgamento do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) ter decidido suspender essa parte específica do edital, ele não mexeu nas regras que definem as cinco competências exigidas na redação. A competência 5, portanto, segue igual, e diz que o estudante deve "elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos".

Cada uma das cinco competências será avaliada com nota de zero a 200 pontos, fazendo com que a pontuação máxima possível na prova de redação seja mil.

Até o ano passado, o desrespeito aos direitos humanos era motivo de nota zero em qualquer trecho da redação. Agora, segundo a nova decisão judicial, a exigência explícita de respeito aos direitos humanos fica restrita à proposta de intervenção. Isso quer dizer que, se a prova de redação tiver uma proposta de intervenção que desrespeite os direitos humanos, a nota máxima possível seria de 800 pontos.

Porém, a professora Maria Aparecida Custódio, que dá aulas de redação no Curso e Colégio Objetivo, em São Paulo, ressalta que os descontos podem ser ainda maiores, já que outra competência, a 3, avalia a coerência do texto. Veja abaixo:

Competência 1 - Demonstrar domínio da modalidade escrita formal da Língua Portuguesa.

Competência 2 - Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo em prosa.

Competência 3 - Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Competência 4 - Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Competência 5 - Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Do modo como as cinco competências estão dispostas, a professoa afirma que os corretores podem considerar incoerentes tanto uma redação que desrespeite os direitos humanos em outros trechos da redação, mas apresente uma proposta de redação que cumpra o exigido na competência 5, quanto uma redação que respeite os direitos humanos durante todo o texto, menos na proposta de intervenção.

Enem x vestibular tradicional

A professora lembrou ainda que a prova de redação do Enem nunca foi semelhante à dos vestibulares tradicionais. Apesar de exigir que o estudante demonstre o domínio da escrita formal em língua portuguesa, compreensão do tema da redação e conhecimento da estrutura do texto dissertativo-argumentativo, como as demais provas já consagradas de outros vestibulares, como o da Fuvest, o diferencial do Enem está na exigência da proposta de intervenção.

"O Enem é completamente diferente, ele começou assim e se manteve", diz ela. "As outras competências todas são as mesmas cobradas nos vestibulares. Você tem que apresentar uma tese, apresentar argumentos, que podem ser variados, para defender essa tese, e mostrar uma conclusão." Segundo Maria Aparecida, essa conclusão, nas outras provas, pode ser traçar uma perspectiva, fazendo uma previsão ou um alerta, por exemplo. Mas não no Enem.

"Você não tem compromisso nenhum, em outro vestibular, de apresentar uma proposta de intervenção. Por isso a gente chama o Enem de prova de cidadania. Ele convoca os estudantes a debater o tema, as causas e consequências, e a apresentar uma proposta de solução."

Ela ressalta que a estrutura única do Enem também é reforçada pelos temas das provas de redação. "Todos os temas do Enem envolvem tanto a atuação da sociedade brasileira quando a atuação do poder público", diz. "Há um alerta específico sobre o cuidado com o que o candidato vai propor a intervenção, para não desrespeitar aquilo que é sagrado na Constituição Federal e sagrado na Declaração Universal dos Direitos Humanos, que é respeitar a dignidade humana."

Objetividade e liberdade de expressão

Na decisão, o desembargador federal Carlos Moreira Alves, do TRF-1, apresentou, entre os argumentos que embasaram seu voto, a "ofensa à garantia constitucional de liberdade de manifestação de pensamento e opinião" e a "ausência de um referencial objetivo no edital dos certames". Maria Aparecida cita os documentos referenciais sobre direitos humanos dos quais o Brasil é signatário, além da própria Constituição Federal, como referenciais. "É o direito à dignidade humana acima de qualquer coisa", afirma.

Ela diz, ainda, que a cartilha do participante, conhecida como o manual de redação do Enem, dedica um capítulo à definição do que são direitos humanos e de que forma um texto pode ser considerado desrespeitoso. Baixe o documento no site do Inep (pdf)

Além da cartilha, a professora do Objetivo afirmou que, durante o treinamento dos avaliadores, a Vunesp, fundação contratada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) para corrigir as redações do Enem 2017, respondeu às dúvidas e elaborou um documento com 600 páginas para esclarecer as possibilidades e restrições dos corretores. "Treinaram muito bem justamente para evitar que houvesse essa carga de duplicidade, para não encarar qualquer coisa como ofensa", afirmou ela, que participou do treinamento.

Exemplos do treinamento

Um exemplo, segundo Maria Aparecida, foi com o tema da redação do Enem 2016, sobre intolerância religiosa no Brasil.

"Se um candidato escreveu que 'só há um deus', isso não é desrespeito aos direitos humanos. Ele acredita que só há um deus, mas não está defendendo que as pessoas deixem de acreditar que haja outros deuses. Ele não está propondo que haja a eliminação de quaisquer outros possíveis deuses", explicou ela.

Por outro lado, um exemplo de frase que rendeu ao candidato a nota zero foi a seguinte: "Por haver tanta discriminação, o caminho certo que se tem a tomar é acabar com todas as religiões". De acordo com a professora, ao contrário da frase anterior, essa última não pode ser interpretada apenas como um ateu exercendo sua liberdade de expressão, mas sim como uma defesa do totalitarismo.

"Ela está ferindo a possibilidade de democracia, de cada um fazer sua escolha, e defendendo que o estado, sendo laico, promova ou reprima qualquer manifestação de crença. Seria uma estratégia de tentar por fim a outras formas de pensamento."

Recomendação aos candidatos

Os candidatos que estão em dúvidas sobre a mudança provocada pela decisão judicial, mas querem tirar a maior nota possível, devem evitar possíveis descontos na nota, explicou Maria Aparecida. Isso significa, segundo ela, manter a mesma estratégia das edições anteriores do Enem.

"Você nunca vai pecar por defender os direitos humanos, por respeitar os direitos humanos. Mantenha-se fiel àquilo que você já aprendeu e já sedimentou, que é o princípio do respeito à diversidade. Isso não vale só para o vestibular, é para a convivência em sociedade."

Entenda a decisão

Na quarta-feira, a Justiça Federal decidiu, em uma decisão da quinta turma do TRF-1, suspender um trecho de um dos itens do edital do Enem 2017. O item listava algumas atitudes dos candidatos do exame na prova de redação que renderiam sua anulação, ou seja, a nota zero. As atitudes são apresentar impropérios, conter desenhos e outras formas propositais de anulação, ou desrespeitar os direitos humanos

Segundo a assessoria de imprensa do TRF-1, ficou determinada a suspensão desse item do edital "na parte em que determina atribuição, sem correção de seu conteúdo, de nota zero à prova de redação que seja considerada desrespeitosa aos direitos humanos".

Isso quer dizer que, entre as três atitudes listadas neste item do edital, apenas o desrespeito aos direitos humanos está suspenso. Tentativas de deboches e xingamentos, por exemplo, continuam sendo motivo para a nota zero.

Na própria quarta, o Inep já afirmou que vai recorrer da decisão assim que for notificado, e que "estão mantidos os critérios de avaliação das cinco competências da redação". Na noite de sexta-feira (27), o governo federal afirmou que ainda não havia sido notificado da decisão.


Por G1

domingo, 29 de outubro de 2017

PLANTÃO POLICIAL EM NOSSA REGIÃO DE SÁBADO DIA 28 PARA DOMINGO DIA 29/10

AINDA NO SÁBADO EM ICÓ: LADRÃO SEM CHINELO
 
Um roubo INUZITADO foi registrado neste sábado dia 27/10 na Rua são José em Icó, um mala roubou um celular, logo em seguida ele avistou a chegada da viatura do FTA sob o comando do cabo Mardem e os soldados Gilderlan e Andrade.
 
O mala se abirobou e se avexou tanto que deixou pra trás o celular roubado, a motocicleta que ele usou para realizar o roubo e por fim esqueceu até do chinelo que usava. A policia Militar está a procura dessa cinderela de conto de terror, qualquer informação dessa mala sem alça ou cinderela sem chinela ligue para o 190.
 
A motocicleta foi recolhida ao pátio da delegacia regional de Icó para os procedimentos legais.



SABOEIRO: PRISÃO POR HOMICÍDIO A FACA


Neste domingo 28/10/2017, por volta das 01h20min, a Polícia Militar tomou conhecimento de uma lesão a faca no Morro da Santa, zona urbana de Saboeiro.

De pronto a CP 10021 deslocou-se ao local do ocorrido e localizou a vítima identificada como TIAGO CARLOS DA SILVA, 29 anos, residia no, bairro N. Sr ª da Purificação que respondia ao art. 157 do CPB e ao art. 15 do Estatuto do Desarmamento, o qual estava com uma lesão aparentemente a faca no peito e já não possuía sinais vitais.

Diligências foram realizadas e segundo testemunhas, a vítima bebia onde ocorreu o crime, quando percebeu que a baixo do morro, dois indivíduos discutiam com uma mulher, no qual um deles a agrediu, diante daquele fato a vítima na tentativa de parar aquela agressão discutiu com os dois suspeitos, o qual subiram no morro e cometeram o crime, evadindo-se em seguida.
Os acusados foram identificados, sendo preso a pessoa de FRANCISCO ADONIAS DE SOUZA DA SILVA, 23 anos, natural de Iguatu, residente na Cohab I e estando foragido a pessoa de ANTÔNIO ANIEL DE SOUZA DA SILVA, 28 anos, residente na Cohab I.
A arma do crime, uma faca tipo peixeira, foi encontrada no trajeto do local do sinistro para a casa dos acusados, foi apreendida e encaminhada junto ao denunciado para a Delegacia Regional de Polícia Civil de Iguatu para adoção do procedimento cabível.


QUIXELÔ: APREENSÃO DE MENOR POR LESÃO CORPORAL

Neste domingo dia 28/10/2017, por volta das 14h30min, compareceu a unidade policial a vítima FRANCISCO BERNARDO DA SILVA, 37 anos, residente na cohab III, Informando que por volta de 00h:20s o adolescente E. C. M., 17 anos, teria entrado em sua residência e tentado furtar algumas mercadorias, já que na sua residência funciona um pequeno comércio, quando o adolescente percebeu a presença da vítima deferiu um golpe de faca vindo a lesioná-lo na mão esquerda, em seguida o adolescente fugiu do local mais foi reconhecido.

Diante das informações a VTR CP 10041 localizou o adolescente e conduziu até a delegacia regional de Iguatu para os procedimentos cabíveis, onde ele ficou detido para ser apresentado ao Juiz competente.


IGUATU: PRISÕES POR TRÁFICO DE DROGAS


Neste domingo dia 28/10/2017, por volta das 10h00min, a Polícia Militar representada pelo RAIO 01 realizava patrulhamento de rotina quando recebeu a informação de que na casa do indivíduo conhecido como Carlinhos da Vila Centenário, estavam comercializando drogas.

Diante da denúncia, a equipe Raio 01 deslocou-se ao local indicado, no qual foi encontrado 2 (duas) gramas de maconha; 01 (um) aparelho celular; 15 (quinze) sacos plásticos utilizados para embalar a droga e R$180,00 (cento e oitenta reais) em espécie, que estavam sob a posse de FRANCISCO CARLOS DA SILVA, (39 anos), residente na Vila Centenário, Iguatu, o qual já responde aos arts. 147,129,155 e 163 do CPB.

E de JEFERSON DA SILVA, 21 anos, residente na Vila Centenário, o qual já responde ao art. 12 do Estatuto do Desarmamento. Os acusados foram encaminhados a Delegacia Regional de Polícia Civil para adoção dos procedimentos cabíveis.


IGUATU: PRISÕES POR PORTE ILEGAL DE ARMAS DE FOGO E TRÁFICO DE DROGAS


Neste domingo dia 28/10/2017, por volta das 16h30min, a Polícia Militar representada pelo FTA Bravo realizava patrulhamento de rotina no bairro Novo Iguatu, quando próximo ao Conjunto Zequinha Coelho, deparou-se com dois indivíduos suspeitos que trafegavam em uma motocicleta HONDA/CG TITAN KS, de cor verde, de placa HXC 2915, os quais empreenderam fuga até o bairro Verde Park, onde abandonaram a motocicleta e embrenharam no matagal em direção ao bairro Novo Iguatu.

Momento em que a composição do FTA Bravo solicitou apoio, deslocando-se para o local a VTR RAIO 16, RAIO 01 e a equipe RAIO 02, no qual realizaram o cerco que culminou na prisão de CÍCERO DANIEL MARTINS, (20 anos), residente no bairro Novo Iguatu, o qual já responde aos arts. 157 e 330 do CPB.

E NICOLAS VIEIRA VANDERLEI, 20 anos, residente no Sítio Cardoso, Iguatu, o qual já responde aos arts. 28 e 33 da Lei de Entorpecentes.

Sob posse dos acusados estavam 1 (um) revólver calibre 38, de número 1505361, capacidade para 6 tiros; 1 (uma) espingarda artesanal calibre 12; 1 (uma) pistola calibre .40, numeração raspada; 5 (cinco) munições calibre 38; 5 (cinco) munições calibre 12; 7 (sete) munições calibre .40; 171 (cento e setenta e uma) trouxas de cannabis (maconha) pesando 204 g e 76 g (setenta e seis gramas) de crack.

Todo material ilícito foi apreendido e junto com os acusados foram encaminhados a Delegacia Regional de Polícia Civil para adoção dos procedimentos cabíveis.


IGUATU: PRISÕES POR DESOBEDIÊNCIA, AMEAÇA E DANO


Neste domingo dia 28/10/2017, por volta das 22h40min, a Polícia Militar de serviço no distrito de Alencar foi acionada na Rua Francisco Holanda Montenegro, a respeito de um desentendimento entre familiares.

De pronto, o policiamento deslocou-se ao local e manteve contato com uma das vítimas, a Srª ANACELIA MATOS DA SILVA, 37 anos, o qual relatou que seu sobrinho, a pessoa de RAFAEL DA SILVA BRITO, 23 anos, havia danificado a porta da sua residência com um chute e feito-lhe ameaças, bem como ameaçou seu marido, a pessoa de JOÃO PAULO.

Diante do fato, a composição militar deu voz de prisão ao acusado, foi quando o tio dele, a pessoa de CÍCERO MATOS, disse aos policiais que não deixaria Rafael ser preso, opondo-se a ordem legal e tentou agredir a composição, sendo contido e preso. Os acusados foram encaminhados a Delegacia Regional de Polícia Civil para adoção dos procedimentos cabíveis.


Portal Orós com informações do Quartel do 10º BPM, Iguatu – CE, 29 de OUTUBRO de 2017. CB PM GIORGIO - SD PM HELAINE - Operadores de Comunicações.



sábado, 28 de outubro de 2017

PLANTÃO POLICIAL DA REGIÃO NESTE SÁBADO DIA 27/10


POLÍCIA MILITAR APREENDE 171 TROUXAS DE MACONHA EM IGUATU


Na tarde deste sábado,28, por volta das 16h a Polícia Militar efetuou a apreensão de 171 trouxas de maconha, uma pedra de crack, além de três armas de fogo. Um revólver calibre 38, uma pistola.40 e uma espingarda calibre 12, cano curto.

Segundo informações repassadas para o site Iguatu.net, uma viatura da PM passava pelo Conjunto Novo Iguatu, quando perceberam que dois homens empreenderam fuga, teve início uma perseguição no conjunto. Um reforço foi pedido, e uma equipe do RAIO, foi ao local.

Os militares fizeram um cerco, e após entrarem em algumas residências, conseguiram prender dois homens, identificados inicialmente por Daniel e Nicolas, com eles os policiais encontraram todo o material. Ambos foram conduzidos para a Delegacia Regional de Iguatu, onde foram tomadas as medidas cabíveis.

Iguatu.net


EM IGUATU:    LESÃO CORPORAL A ROÇADEIRA

Por volta das 18h50m, na rua 08, bairro Altiplano, a Polícia Militar tomou conhecimento de uma lesão corporal a roçadeira.

De imediato a viatura compareceu ao local e segundo a vítima CICERO BARBOSA DA SILVA, 45 ANOS, amasiado, agricultor, natural de Icó. Ele sofreu um corte na mão direita, sendo socorrido para o Hospital Regional de Iguatu.

Segundo a vítima o acusado é conhecido por SUDERLANIO, que se evadiu do local tomando rumo ignorado e que o motivo foi uma discussão banal.

A vítima responde aos artigos 129, 140, 147, 157 e 329 do CPB, os artigos 19 e 21 da Lei de Contravenções e os artigos 298, 306, 309 e 311 do CTB.


EM JUCÁS:       ACIDENTE DE TRÂNSITO COM VÍTIMA FATAL

Por volta das 22h35min, a Polícia Militar recebeu uma informação, via telefone, de um acidente de trânsito com vítima fatal no Sítio Poço Comprido, Jucás. Ao chegarem no local do acidente com uma equipe do SAMU, foi constatado o óbito da vítima RENATO OLIVEIRA RODRIGUES, 29 anos.

Segundo populares informaram que ele vinha conduzindo uma motocicleta Honda Broz, cor branca, ano/modelo 2015, placa OSD-2217 em alta velocidade quando perdeu o controle ao fazer uma curva e colidiu com uma árvore, vindo a falecer no local.

O rabecão do IML foi acionado para recolher o corpo, e logo após a perícia feita no local, a motocicleta foi liberada aos familiares da vítima.


EM IGUATU:    LESÃO CORPORAL A BALA
        
Por volta das 02h00min, deste sábado 28/10 na Travessa Casimiro Pereira, bairro Paraná, Iguatu/CE, foi vítima de lesão corporal à bala a pessoa de L. ALVES DE LAVOR DA COSTA, 24 anos, casado, pintor, natural de Iguatu.

O policiamento compareceu ao local e segundo a vítima, dois indivíduos bateram em sua porta e quando o mesmo abriu efetuaram vários disparos de arma de fogo, sendo atingido por um dos disparos no ombro direito.

Após consulta no SIP o mesmo já responde o artigo 16 da Lei do Estatuto do Desamamento. O policiamento realizou diligências com o intuito de identificar os acusados sem êxito.

JÁ EM CARIÚS: HOMICÍDIO E LESÕES CORPORAIS A BALA

         Por volta das 02h50min, deste sábado 28/10, os policiais militares de Serviço no Destacamento de Cariús, foram informados por populares que na Rua Acampamento, em frente a Quadra do Pimenta, havia ocorrido vários disparos de arma de fogo.

A composição se deslocou até o local, onde foi encontrado já sem vida e caído ao solo o corpo de ANTÔNIO CRISTIANO SILVA LIMA, solteiro, sem profissão, 29 ANOS, natural de Cariús.

Foi constatado que o mesmo já respondia a procedimentos por furtos. Com duas perfurações de arma de fogo, sendo uma no tórax e outra na cabeça.

Encontrava-se também no local a pessoa ODAIR S. SOUSA, solteiro, sem profissão, 22 ANOS, o qual estava caído ao solo, lesionado com duas perfurações, uma na perna esquerda outra nas costas.

E a pessoa de M. G. SILVA, solteira, doméstica, 34 ANOS, natural de Iguatu, a qual foi atingida com um disparo de raspão no braço esquerdo.

Informo ainda, que a segunda vítima foi socorrida ao Hospital Local de Cariús e em seguida transferida para o Hospital Regional de Iguatu.

Enquanto que a terceira vítima foi medicada no Hospital Local e em seguida liberada. O rabecão compareceu ao local e recolheu o corpo já vítima fatal ao IML de Iguatu, onde foram adotadas as medidas cabíveis. Vale salientar, que as vítimas não souberam informar os possíveis autores do fato, bem como que o policiamento encontra-se realizando diligência no sentido de localizar e prender os acusados, no entanto não obtiveram êxito até o presente momento.



Portal Orós com informações da 2ª e 3ª Cia Quartel do 10º BPM, Iguatu – CE, 28 de OUTUBRO de 2017.  3º SGT PM SÉRGIO – SD PM JUCEILDE