}); PORTAL ORÓS: ATLETA MORTO NO IRONMAN EM FORTALEZA SOFREU AFOGAMENTO APÓS ISQUEMIA CARDÍACA

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

ATLETA MORTO NO IRONMAN EM FORTALEZA SOFREU AFOGAMENTO APÓS ISQUEMIA CARDÍACA



O atleta Genilson Lima, 48 anos, falecido há uma semana quando participava da prova de triatlo Ironman, morreu por afogamento após sofrer uma isquemia cardíaca, a redução do fluxo de sangue pelas artérias coronárias, de acordo com o laudo pericial divulgado nesta segunda-feira (4).

"Podemos chegar à conclusão de que o atleta em questão, ele não tinha nenhum traumatismo externo, ele não sofreu nenhum trauma que pudesse ter causado danos a ele. Ele teve um afogamento por um evento cardíaco", explicou o coordenador de medicina legal Hugo Leandro.

Conforme a Perícia Forense do Ceará (Pefoce), para conhecer a causa da morte, os profissionais examinaram amostras biológicas de órgãos da vítima. O resultado será encaminhado para o 34º Distrito Policial, delegacia responsável pela investigação do caso.

Neste fim de semana, uma semana após a morte do atleta, participantes do Ironman e familiares de Genilson Lima fizeram uma homenagem à vítima, próximo ao local da partida da corrida. "Ele era um homem de ferro, ele que tanto gostava desse esporte. Vocês também que são verdadeiros guerreiros se sintam abraçados. Vocês, assim como ele, são homens de ferro que estão aqui dispostos a nos ajudar. Homens de ferro em forma de anjo", disse a filha de Genilson, Gabriela Lima.

Buscas pelo corpo

Genilson Lima, de 48 anos, desapareceu na Praia Formosa durante a primeira etapa da prova de triatlo Ironman, realizada no domingo passado (26), uma das mais populares do mundo do gênero. Ele foi encontrado 36 horas depois, a cerca de 500 metros do local da largada da corrida, após trabalho de resgate envolvendo várias equipes dos bombeiros e policiais.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o cadáver de Genilson ficou preso às rochas na praia e foi encontrado quando emergiu.


Por Wânyffer Monteiro, TV Verdes Mares / G1 CE

Nenhum comentário:

Postar um comentário