}); PORTAL ORÓS: Janeiro 2018

quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

DEU NO BLOG DO AMAURY ALENCAR: População de Orós, pede socorro segundo maior açude publico do Ceará está agonizando.

Mais uma matéria do Portal Orós e do nosso canal do youtube repercute na imprensa estadual, desta vez no blog do Jornalista Amaury Alencar sobre a situação do açude Orós.


A mesma matéria será destaque no plantão de notícias da Rádio Jornal 790 AM e no Iguatu.Net do jornalista Alex Santana. Obrigado aos amigos pela confiança em nosso trabalho.


MATÉRIA:
 
A população do Município de Orós, na região centro sul do Estado. Está preocupada com a greve crise hídrica que vem campeando em todo o município, o principal reservatório hídrico que é considerado como segundo maior açude do Ceará, está agonizando e tem apenas com 9 por cento de sua capacidade total, conforme o D.N.OC.S que é o órgão responsável pela administração do açude público.

 O radialista Josemberg Vieira, afirmou ter 41 anos de idade, e nunca ter visto o açude do Orós, em uma situação tão crítica como essa. Porém, a nossa preocupação maior está sendo a de não ter água nem se quer para consumir em nossas residências. Hoje, o açude está baixando um centímetro a cada 24 hs, além desta pouca que há no açude ainda está sendo levada para abastecer várias cidades da região.
       
Josemberg, disse que há um média de 300 carros pipas cadastrados pegando água diariamente para levar para esses municípios, e a água que está chegando nestas cidades, já é praticamente impropria ao consumo humano. Em Icó, por exemplo a água que vai do açude Orós, por um processo de tubulação já chega nas torneiras residenciais só a lama e com mal cheiro.


O comerciante Vicente Pereira da Silva, disse que devido à gravidade da crise hídrica com o baixo volume d água que há no açude Orós, o comercio da cidade está sendo enfraquecido e as vendas tem caído de maneira intensa, isso está preocupando a todos nós comerciantes.

 Porém, se essa situação permanecer e não chover a tendência e a de haver uma demissão em massa em todos os estabelecimentos comerciais da cidade, mesmo porque as pessoas não estão mas comprando praticamente no comércio.

 E o reflexo, desta crise não está só afetando os supermercados e armazéns, mas também as pousadas que estão deixando de receber turistas, estamos apavorados sem saber mas o que fazer só Deus mesmo para nos socorrer pontuou ele.

Fonte: Blog do Amaury Alencar

AÇUDE ORÓS AGONIZA COM APENAS 9% DA SUA CAPACIDADE

ESCOLA LIVRE DE ARTES DE ORÓS DIVULGA PROGRAMAÇÃO PARA FEVEREIRO



A Escola Livre de Artes em Orós divulgou programação para atividades no decorrer do mês de fevereiro. Há variedades de atividades em todos os distritos e na sede urbana.

A programação tem como destaque a circulação do espetáculo “O Circo da Rua de baixo” com Coletivo Cérebro da cidade de Iguatu. Vai rolar oficina de Fuxico para os adultos na calçada da Lucileuda, no Distrito de Santarém.

E, antes do Carnaval, o grande artista Zé Ângelo vai ministrar uma oficina de Maquiagem Cênica no Centro Social de Orós.

O Bar Pantanal que tem uma paisagem linda será palco para o remelexo da oficina de Dança com Yago Venicius.

Confiram programação de cada comunidade:


SANTARÉM

Oficina de Fuxico – Contando histórias

Ministrado: Airan e Lucileuda (Santarém)

Dia: 03 – Sábado

Horário: das 18h às 21h

Público alvo: Acima de 14 anos

Local: Calçada da casa de Lucileuda – Santarém



Oficina de Dança de Rua

Ministrado: Yago Venicius (Orós)

Dia: 24 – Sábado

Horário: das 8h às 12h

Público Alvo: Livre

Local: Alpendre do Senhor Didi – Santarém



Oficina de Economia Familiar

Ministrado: Romário Cândido (Santarém)

Dia: 24- Sábado

Horário: das 14h às 17h

Público Alvo: Acima de 14 anos

Local:  Casa do Antônio Jorge – Santarém



GUASSUSSÊ

Oficina de Dança de Rua

Ministrado: Yago Venicius (Orós)

Dia: 02 – Sexta

Horário: das 18h às 21h

Público Alvo: Livre

Local: Calçada da Igreja – Guassussê

Teatro – Circulação

O Circo da rua de baixo – Coletivo Cerebral

Dia 23 – Sexta

Público Alvo: Livre

Horário: 19h

Local: Coreto da  Praça – Guassussê



Oficina de Arte Urbana

Ministrado: Coletivo Cerebral (Iguatu)

Dia: 24 – Sábado

Horário: das 8h às 12h

Público Alvo: Livre

Local:  Sindicato – Guassussê



Oficina de Técnica Vocal

Ministrado:  Bruno Kaos (Icó)

Dia 24 – Sábado

Horário: das 14h às 17h

Público Alvo: Livre

Local: Sindicato –  Gaussussê



PALESTINA

Oficina de Economia Familiar

Ministrado: Romário Cândido (Santarém)

Dia: 03 – Sábado

Horário: das 8h às 12h

Público Alvo: Acima de 14 anos

Local:  Casa do Thiago Richad



Oficina de Teatro do Oprimido – Construção de Cena

Ministrado:  Bené Tavares (Icó)

Dia: 24 – Sábado

Horário: das 8hh às 12h

Público Alvo: Livre

Local:  Sindicado – Palestina
Oficina de Arte Urbana

Ministrado: Coletivo Cerebral (Iguatu)

Dia: 24 – Sábado

Horário: das 14h às 17h

Público Alvo: Livre

Local:  Sindicato – Palestina



Teatro – Circulação

O Circo da rua de baixo – Coletivo Cerebral

Dia 24 – Sábado

Horário: 19h

Público Alvo: livre

Local: Praça – Palestina



IGAROI

Oficina de Economia Familiar

Ministrado: Romário Cândido (Santarém)

Dia: 03 – Sábado

Horário: das 14h às 17h

Público Alvo: Acima de 14 anos

Local:  Casa da Adriana Josino – Igaroi
Oficina de Teatro do Oprimido – Construção de Cena

Ministrado:  Bené Tavares (Icó)

Dia: 23 – Sexta

Horário: das 18h às 21h

Público Alvo: Livre

Local:  Sindicado –  Igaroi



Oficina de Técnica Vocal

Ministrado:  Bruno Kaos (Icó)

Dia 24 – Sábado

Horário: das 08h às 12h

Público Alvo: Livre

Local: Sindicato – Igaroi




Por: Edson Cândido

AGENOR NETO GARANTE EMPENHO NA APROVAÇÃO DE PROPOSTA QUE ASSEGURA INCREMENTO SALARIAL PARA PROFESSORES UNIVERSITÁRIOS

O deputado estadual Agenor Neto recebeu em sua residência, no início desta semana, o professor Raimundo Tavares e a controladora acadêmica da Universidade Regional do Cariri, campus de Iguatu, Neirismar Barreto.

Durante o encontro, os dois representantes da instituição solicitaram do parlamentar o apoio para aprovação do projeto que deve tramitar na Assembleia Legislativa no início de fevereiro (quando se encerra o recesso dos deputados), que trata do incremento salarial para os professores substitutos, temporários e visitantes das três universidades públicas estaduais - URCA, UECE e Universidade do Vale do Acaraú (UVA). 

Agenor Neto foi bastante solícito na demanda dos educadores e prometeu empenho na celeridade da tramitação da proposta pelas comissões técnicas da Assembleia, e garantiu que irá votar a favor da proposta quando for a plenário.


Fonte: Iguatu notícias

DUAS TENTATIVA DE HOMICÍDIO A BALA EM JUCÁS

A primeira ação aconteceu por volta das 03h30min, a PM foi informada acerca de uma lesão corporal mediante arma de fogo ocorrida na Vila São Pedro, Distrito de Jucás. De pronto, a composição compareceu ao local e constatou a veracidade da informação. Segundo a vítima, identificada como J. Mariano da Silva, 58 anos, natural de Iguatu, o mesmo encontrava-se trabalhando quando foi surpreendido por um disparo de arma de fogo, o qual o atingiu no joelho direito. A PM informa ainda, que a vítima não visualizou os possíveis autores do disparo, sendo socorrido ao Hospital Regional de Iguatu.


A segunda tentativa de homicídio a bala aconteceu por volta das 04h, a PM foi informada sobre uma lesão corporal mediante arma de fogo ocorrida também na cidade de Jucás, onde a vítima já se encontrava no Hospital Regional de Iguatu. Rapidamente uma equipe da PM compareceu ao local e constatou a veracidade da informação.


A vítima foi identificado como sendo o menor J. M. S., 17 anos, estudante, natural de Jucás, o qual foi atingido com um disparo no abdômen. Segundo a mãe do menor, o mesmo não relatou o local nem os possíveis autores do fato em alusão. Diante do fato, o policiamento encontra-se realizando diligência no sentido de identificar, localizar e prender os acusados.


Iguatu.net

ORÓS: APREENSÃO DE MATERIAIS ILÍCITOS NA CADEIA PÚBLICA

Informo que dia 30/01/2018, por volta das 15h30min, a composição da viatura CP-10082 com o apoio das equipes: CP-10131 e 2782, se dirigiram a cadeia pública da cidade de Orós onde foi realizada uma revista e, após o término, foram apreendidos os seguintes materiais: sete (07) aparelhos celulares de marcas diversas, cinco (05) carregadores para celular, três (03) armas artesanais, três (03) cachimbos para o consumo de drogas.

O material apreendido foi apresentado na Delegacia de Polícia Civil de Orós para a adoção dos procedimentos cabíveis.


Fonte: Quartel do 10º BPM, Iguatu – CE, 31 de janeiro de 2018.

CEARÁ VENCE O CSA POR 1 A 0, CHEGA À SEGUNDA VITÓRIA NA COPA DO NORDESTE E LIDERA NO GRUPO D

Nada como outra competição para voltar a vencer e mudar o astral em Porangabuçu. Se o Vovô está devendo no Estadual, com três jogos sem vencer, na Copa do Nordeste o clube vem provando que a história é diferente.

Ontem no Castelão, o Alvinegro mostrou sua força pela Copa do Nordeste ao bater o CSA por 1 a 0, chegando a sua 2ª vitória. Com 6 pontos (100% de aproveitamento) e líder disparado no Grupo D, o Vozão fica em situação privilegiada para a classificação à 2ª Fase.

Com a vitória, o Vovô dá uma pausa no regional e volta pensar no Estadual, quando terá dois jogos importantes em quatro dias: já amanhã, o clube entra em campo contra o Uniclinic, às 20 horas, e no domingo faz o Clássico-Rei com o Fortaleza, às 18 horas, ambos no Castelão.

Logo na escalação para ontem, o técnico Marcelo Chamusca surpreendeu, fazendo cinco mudanças no time titular: com Pio e Rafael Carioca nas laterais, Luidy na ponta esquerda e Arthur centralizado. E as alterações surtiram efeito logo de cara. Com um minuto, o Vovô abriu o placar em jogada envolvendo duas ´surpresas´ no time titular: Pio cruzou na área, Arthur se antecipou à zaga e marcou de cabeça: 1 a 0.

Com uma atuação segura na marcação e compactação, o Ceará dominou o 1º tempo e poderia ter ampliado, mas o goleiro Mota defendeu o forte chute de Rafael Carioca.

No 2º tempo, o Ceará apostou nos contra-ataques para definir a partida. Até desperdiçou alguns, como um com Luidy e Wescley, mas nada que fizesse falta no fim. O time foi competente em administrar o resultado e segurou a importante vitória.


Fonte: Diário do Nordeste

TEMER AUTORIZA O ENVIO DE UMA FORÇA-TAREFA DA PF PARA O CEARÁ

Após o registro de duas chacinas em três dias, no Ceará, o presidente Michel Temer autorizou, ontem, o envio de uma força-tarefa da equipe de Inteligência da Polícia Federal para o Ceará. Essa equipe deverá auxiliar as Forças de Segurança Pública no Estado. A medida foi tomada após reunião do governador do Ceará, Camilo Santana, com Temer, no Palácio do Planalto. Até o início da tarde, a reunião não constava na agenda presidencial e foi articulada de última hora, por Eunício Oliveira.

Santana saiu da reunião satisfeito com o que ouviu. "O presidente foi muito solícito. Já autorizou de imediato uma força-tarefa, com um grupo especializado da Polícia Federal para o Ceará, para trabalhar a questão da Inteligência. E ficou de avaliar todos os outros pontos solicitados na audiência", disse o governador, em um vídeo divulgado por sua assessoria de comunicação.

Além de apoio imediato, Santana também pediu "medidas de médio e longo prazos". Dentre as demandas do governador, está o apoio financeiro para que o Ceará possa investir em ações de Segurança Pública. Logo após a reunião, Camilo informou que reforçou com o presidente Temer a importância de um Plano Nacional de Segurança Pública para os 27 estados, que sofrem com a violência e pediu o apoio da Polícia Federal (PF) para combater o crime organizado.
Em declarações dadas à imprensa no início da semana, Santana havia dito que a entrada de armas e drogas no Estado é uma ação do crime organizado, que deve ser combatida pelo Governo Federal.

A fala do governador não foi bem recebida no Palácio do Planalto. Segundo assessores do presidente, o ministro da Justiça, Torquato Jardim, encabeçará as conversas com o governador do Ceará daqui para frente. Jardim também informou que não está prevista nenhuma visita ao Ceará. "Não há convite e iniciativa para isso", disse.

A assessoria do Ministério adiantou que o pedido de ajuda do governador ao Estado precisa ser apresentado oficialmente ao Ministério e não ao Governo Federal. Após a solicitação ser apresentada, o ministro deverá estudar o caso e avaliar a melhor situação junto a Força Nacional.

Em uma rede social, o governador comunicou aos seguidores, ontem, que iria se reunir com Temer para buscar apoio no enfrentamento ao crime organizado e ao combate ao tráfico de drogas. "Precisamos proteger as fronteiras do narcotráfico que é um problema nacional e afeta diretamente o Ceará", disse.

O presidente do Congresso Nacional, senador Eunício Oliveira (MDB-CE), também esteve no encontro. "Todas as reivindicações que o governador trouxe ao presidente da República estão sendo analisadas. Algumas foram de pronto autorizadas", disse, em vídeo. Eunício afirmou, ainda, que "não é momento para disputas e discussões".

Próxima semana

O superintendente da Polícia Federal no Ceará, Delano Cerqueira Bunn, afirmou que o trabalho já era previsto antes da Chacina das Cajazeiras. Porém, após o episódio, e diante do cenário da violência, foi acertado que já na próxima semana, policiais de outros estados cheguem ao Ceará.

Delano Bunn acrescentou que "será o primeiro a cobrar resultados". O superintendente garante que o período de atuação da equipe não tem prazo definido, e será controlado a partir da metodologia de trabalho da PF. "Essa equipe fica subordinada à PF do Ceará. São policiais de outros Estados, mas toda a coordenação é da PF-CE que também estará nesse trabalho voltado para combater às facções. Estamos trazendo esse reforço para dar a nossa contribuição", disse o superintendente do órgão.

Questionado sobre o projeto da ´Guarda Fardada´ da PF, Delano Bunn, afirmou que este nome não é oficial e que a proposta será implementada, em no mínimo, um ano. Isso, porque, conforme Bunn, é preciso que seja criado um cargo específico de nível médio na Corporação, que só tem servidores de nível superior. O novo cargo também deverá ser ocupado por aprovados em um futuro concurso público. "O projeto está sendo discutido pela direção geral da PF. Está em processo de estruturação interna. Não é algo criado agora, participei da concepção dele há mais de cinco anos", afirmou Delano Bunn.

O superintendente pontuou que, no próximo dia 8, também em Brasília, haverá uma reunião no Ministério da Justiça, para que sejam definidos alguns pontos. Bunn lembra que a proposta não é voltada, especificamente, para as últimas ocorrências no Estado, já que é algo que será implementado a médio prazo.


Fonte: Diário do Nordeste

MPF-CE CONSIDERA ILEGAL QUITAÇÃO DO DPVAT ATÉ HOJE

Cinco horas antes de iniciar o último dia para o pagamento da parcela de 2018 do Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (DPVAT), o Ministério Público Federal Seção Ceará (MPF-CE) recomendou que a Seguradora Líder, gestora do serviço, torne sem efeito a decisão de pagamento em uma única parcela anualmente.

De acordo com o procurador da República Oscar Costa Filho, autor da recomendação, a deliberação da Seguradora Líder "é um ato abusivo e ilegal contra o usuário de trânsito". Segundo ele, a resolução vai de encontro ao entendimento do próprio Departamento Estadual de Trânsito do Ceará (Detran-CE), do qual cobrou providências.

Para Oscar Costa Filho, o prazo estipulado pela empresa desobedece a súmula 257 do Superior Tribunal de Justiça (STJ), de 8 de agosto de 2001. Segundo o texto, a falta de pagamento do prêmio do seguro obrigatório "não é motivo para a recusa do pagamento da indenização".

Conforme o procurador autor da recomendação, a Seguradora Líder não pode deixar de realizar as indenizações. "Não se trata de um seguro regido pelo privado, o qual se você não paga, você perde a garantia de cobertura. No caso do DPVAT, pela natureza pública, não é assim; ela continua obrigada a ceder mesmo sem pagamento", pontua.

A tomada de decisão do MPF-CE é apenas uma recomendação, sem validade jurídica para tornar sem efeito a decisão da empresa de seguros. O órgão, porém, garante que, caso a decisão não seja acatada, deverá tomar as providências legais para reaver as definições anteriores. "Lá na ponta, isso pode caracterizar até ato de improbidade administrativa, pois eles são entes privados na prestação de serviço público", explica Oscar Filho.

O Diário do Nordeste entrou em contato com a Seguradora Líder na noite de ontem, via telefone, mas não obteve resposta em nenhum dos contatos até o fechamento desta edição.

O Detran-CE já havia se manifestado sobre o caso por meio de nota. O órgão destacou que a definição dos valores, prazos e forma de pagamento, assim como a cobertura do seguro e os reajustes são de responsabilidade da administradora do DPVAT. Contudo, deverá ser mantido a exigência de pagamento do seguro obrigatório apenas no ato do licenciamento. Dessa forma, o Detran-CE indica que seguirá o próprio calendário da instituição, de acordo com o final da placa de cada veículo.

O caso

No dia 24 de janeiro deste ano, o Diário do Nordeste publicou com exclusividade que a Seguradora Líder havia mudado o entendimento com relação ao pagamento do DPVAT em 2018, sendo obrigatória a quitação até hoje.

A decisão da prestadora de serviços encontra justificativa na resolução do Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP) nº 332/2015. De acordo com a seguradora, caso o proprietário do veículo não efetue o pagamento até a data determinada, o veículo ficará sem cobertura em caso de acidentes com mortes, invalidez permanente ou despesas médicas.

O prazo determinado pela empresa coincide com o pagamento da cota única ou primeira parcela do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), a contribuição estadual para detentores de veículos. No caso do DPVAT, contudo, não há a possibilidade de pagamento parcelado do valor.

A decisão pegou os motoristas de surpresa, uma vez que o prazo foi divulgado uma semana antes do limite estipulado. Os motoristas cearenses deverão emitir a guia do DPVAT diretamente pelo site do Detran-CE e realizar o pagamento nos seguintes bancos: Bradesco, Caixa Econômica, Itaú, Santander ou Banco do Brasil. No caso de veículos isentos do IPVA, o vencimento do prêmio à vista se dará juntamente com o emplacamento ou no licenciamento anual.


Fonte: Diário do Nordeste

ESTADO REGISTRA MÉDIA DE 15 EXECUÇÕES POR DIA

Mesmo antes de terminar, janeiro de 2018 já se consolida como um dos mais violentos da história do Ceará. Além da chacina que vitimou 14 pessoas em uma festa na Comunidade Barreirão, no bairro Cajazeiras, as notícias de execuções se multiplicaram e chegaram à inacreditável média diária de 15 homicídios no Estado. A cada dia a população sente mais medo de estar nas ruas e se tornar parte das estatísticas, que mais parecem de uma guerra civil.

Desde o 1º dia de janeiro de 2018 até a última segunda-feira (29), data do último levantamento oficial divulgado pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), pelo menos, 440 Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLIs) foram registrados. Hoje, os números consolidados do balanço do mês ainda devem ser mais altos.

A soma das pessoas mortas não se resume a possíveis integrantes de facções criminosas. Na conta, estão adolescentes e mães de famílias, como algumas das oito mulheres assassinadas na chacina.

O episódio da madrugada do último sábado (27), seguido por uma sequência de ocorrências com mais de uma vítima, em outros bairros da Capital e municípios do Ceará, mostrou que as tragédias não se resumem a um "fato isolado", como considerou o titular da SSPDS, André Costa.

Os milhares de CVLIs contabilizados nos últimos anos dão conta que os assassinatos são parte de um círculo vicioso, patrocinado pelas facções criminosas, que também aflige até os detentos.

Em 2017, as execuções no Ceará chegaram a 5.134. Quando comparado ao ano de 2016, o acréscimo nos casos de CVLIs foi de cerca de 50%.

Soluções

Ontem, o secretário afirmou em uma rede social que, junto ao trabalho de investigação da Polícia Civil, o policiamento ostensivo da PM é foco da Pasta. Segundo André Costa, desde o ocorrido nas Cajazeiras, houve aumento no número de apreensões de armas.

"A intensidade das abordagens já gerou 34 armas apreendidas apenas em Fortaleza e Região Metropolitana, de sábado até agora", disse o titular da SSPDS explicando a necessidade de ser mantida a ordem nas ruas, para evitar outras possíveis chacinas.

Também ontem, o Ministério Público do Estado (MPCE) anunciou a assinatura de um Termo de Cooperação Mútua com o Governo para a redução dos índices de violência. O documento formaliza a disponibilidade de investigadores do MPCE no combate às facções e a parceria com outros órgãos de Inteligência.


Fonte: Diário do Nordeste

CHUVAS DE JANEIRO NÃO AMENIZAM CRISE HÍDRICA NO CEARÁ

Apesar de a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) ter registrado boas chuvas no Estado nos últimos dias, com precipitações acima dos 100mm em alguns municípios, o Sertão Central, onde está situada a bacia hidrográfica do Banabuiú, fechará o primeiro mês do ano ainda em situação crítica. Além da zona rural, as áreas urbanas, onde está concentrada a maior parte da população de Quixeramobim, Boa Viagem e Pedra Branca, continuam necessitando de abastecimento emergencial.

Em Quixeramobim, o quadro só não é mais grave em razão do abastecimento de água para a cidade por meio da adutora do Açude Pedras Brancas, nos limites de Banabuiú, a 60Km de distância. O Açude Quixeramobim, de onde era feita a captação nos últimos 50 anos, continua completamente seco. O reservatório costumava ser o primeiro a sangrar no Centro do Estado, se tornando atração para a região. Dessa vez somente um dilúvio para encher novamente. Serão necessários 7,8 milhões de m³.

Segundo o diretor geral do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) do Município, Miguel Fernandes, apesar do esforço para manter o abastecimento regular na cidade, a adutora não é suficiente. Por esse motivo, 50 poços profundos, perfurados nos bairros, estão ligados à rede. No reforço ao sistema de distribuição, poços de Jacó foram perfurados no Açude Quixeramobim. Entretanto, o rodízio nos bairros continua. A população entendeu a necessidade do racionamento, iniciado há mais de ano, e está colaborando.

No município de Boa Viagem, diante 97,5Km de Quixeramobim, a salvação continua sendo os poços profundos, explica o diretor do SAAE e da Defesa Civil local, Ivandir Silva. A gravidade pode ser observada no número de poços profundos perfurados. Neste primeiro mês do ano somam mais 20. Outros 200 foram abertos ao longo do ano passado, para garantir o atendimento da população. Carros-pipa completam operação montada emergencialmente, para abastecimento dos mais de 50 chafarizes espalhados pelos bairros da cidade. Os moradores apanham a água nos baldes.

O SAAE de Boa Viagem captava água do Açude Vieirão, com capacidade para 20,7 milhões de m³, mas, desde outubro de 2015, está completamente seco. No Município, choveu neste mês apenas 43,4mm.

Quem utiliza praticamente as mesmas alternativas é Pedra Branca, a 83Km de Quixeramobim. O coordenador municipal de Proteção e Defesa Civil, Danilo Leite disse que a diferença em relação a Boa Viagem está na interligação dos chafarizes, por meio de canos.

Dessa forma, o sofrimento de quem era acostumando a ter água nas torneiras de casa é menor. Em cada rua há uma caixa para uso coletivo. O Município também está chegando a números superiores a 200 poços perfurados. O 182º foi aberto nesta semana, acrescentou.

O abastecimento da cidade é feito pelo Traipiá II. O reservatório, construído para armazenar 18 milhões de m³ atingiu o seu volume morto em junho do ano passado.

De acordo com o Portal Hidrológico da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh) até esta terça-feira os 155 açudes monitorados armazenavam 23,94 milhões de m³. Neste mês a recarga foi de 0,71 milhão m³, com destaque nos açudes Poço Verde, da Bacia do Litoral; Gangorra e Itaúna, da Bacia do Coreaú; e Cocó e Aracoiaba, das Bacias Metropolitanas.

Mesmo assim, a Bacia do Banabuiú conta com apenas 2.22% do seu volume. Situação mais crítica, apenas no Médio Jaguaribe, com 2,08%; Baixo Jaguaribe, com 0,94%; e a mais crítica delas, a de Crateús, com 0,22% de volume.


Fonte: Diário do Nordeste

WAGNER ACUSA CAMILO E ANDRÉ DE FAZEREM “OUVIDO DE MERCADOR” PARA ALERTA NA SEGURANÇA

O deputado estadual Capitão Wagner (PROS) afirmou, nesta terça-feira (30), que os governador Camilo Santana (PT) e o secretário da Segurança André Costa, “fizeram ouvi de mercador” para as constantes denúncias que fazia na Assembleia Legislativa cobrando ações para que a violência não chegasse ao nível atual, com duas chacinas em menos de 48 horas, sendo uma dentro de um presídio, e com prédios públicos sendo atacados regularmente.

“Nós mostramos há muito tempo que a falta de segurança que o Ceará vive hoje estava sendo ensaiada pelo crime organizado há meses. Fiz incontáveis pronunciamentos na Assembleia Legislativa do Ceará alertando o Governo do Estado. Mas nada foi levado em consideração. Fizeram ouvido de mercador. Hoje vivemos o caos. Nesse vídeo abaixo, gravado em setembro de 2017, falei sobre as facções criminosas e cobrei a CPI do Narcotráfico”, Capitão Wagner.

O parlamentar ainda voltou a cobrar a implantação da CPI do Narcotráfico na Assembleia Legislativa, além de cobrar a elaboração de um Plano de Segurança Pública para o Ceará, responsabilidade de André Costa. Inclusive, o próprio secretário costuma jogar a responsabilidade da violência no Estado para o governo federal e cobrar, do presidente Michel Temer (MDB), um Plano de Segurança Nacional. No entanto, quando ele mesmo deveria apresentar o Plano para o Ceará, faltou à reunião do Conselho Estadual de Segurança para não ter de admitir que não elaborou o documento.

Antecipando o problema

Ainda em 2017, Capitão Wagner alertou o governador e o secretário sobre o nível que a criminalidade alcançaria, caso o Governo do Estado não tomasse providências. “O problema da violência não é só da Secretaria de Segurança, mas infelizmente o que a gente está vendo é uma falta de planejamento geral a nível de Estado: a falta de um Plano de Segurança para o Estado do Ceará. Essa Casa aprovou um requerimento meu que perguntava à Secretaria de Segurança sobre a construção de um Plano de Segurança. Recebemos a resposta, a resposta que se iniciou um estudo para que esse planejamento venha a ocorrer. De fato, já estamos com quase três anos de mandato do atual governador e, até agora, não foi apresentado um Plano de Segurança para o Estado do Ceará”. A declaração foi dada em 26 de setembro de 2017. Hoje, quatro meses depois, o Plano ainda não foi apresentado.


Confira:

terça-feira, 30 de janeiro de 2018

GOVERNO DO CE PLANEJA SÉRIE DE PRIVATIZAÇÕES PARA DESAFOGAR CONTAS



Governo do Ceará deve fechar, ainda no primeiro trimestre de 2018, uma proposta para permitir a entrada de capital privado no Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP), formado pelo Porto do Pecém e uma zona industrial, onde já estão instaladas a Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP), a Termelétrica do Pecém e Zona de Processamento de Exportação (ZPE). Além do CIPP, outros nove ativos do estado devem passar para a iniciativa privada por meio de Parcerias Público-Privadas (PPP), concessões e venda de ativos.

“O Porto é o maior ativo do Ceará e que já opera com recursos próprios. Fechou o ano com movimentação de cargas 41% maior na comparação com o mesmo período do ano anterior, o que resultou no faturamento bruto da ordem de R$ 144 milhões, um crescimento 62,2% superior ao de 2016”, explica o titular da Secretaria de Panejamento e Gestão (Seplag), Francisco Maia Júnior.

Veja a lista completa de projetos federais, estaduais e municipais à venda
O desempenho do Porto foi fator preponderante para a sua inclusão na lista de ativos prioritários. Segundo Maia Júnior, foi realizada uma avaliação criteriosa, com a participação de uma consultoria internacional, que identificou quais ativos que seriam priorizados em função de suas condições estratégicas, complexidades, especificidades ou volume de investimentos.

Além do CIPP, compõem a lista de concessões:

  • Os Centros de Eventos (Centro de Eventos do Ceará e de Convenções do Cariri)
  • Centro de Formação Olímpica (CFO)
  • Arena Castelão
  • Acquario Ceará
  • Centrais de Abastecimento do Ceará (Ceasa), de Maracanaú, Tianguá e Região do Cariri
  • Placas Solares
  • Cinturão Digital do Ceará
  • Sistema Metroviário e terrenos (imóveis)
  • As regras que permitem a concessão dos ativos foi aprovada pela Assembleia Legislativa do Ceará no fim de 2016.

A decisão de o Governo do Ceará de "transferir" esses ativos para a iniciativa privada foi o caminho encontrado para impulsionar a economia diante da situação fiscal por que atravessa o país, gerar receitas e desafogar os cofres públicos da conta de custeio.

“Com a crise e a escassez das transferências voluntárias por parte da União, a situação na maior parte dos estados e municípios tende a se agravar, e o Ceará – apesar do equilíbrio fiscal, não está isento dos problemas advindos das escassez de repasses da União. O que estamos fazendo é buscar alternativas, criando um ambiente propício para o setor privado investir e desonerar o estado para investimentos em políticas públicas”, ressalta Maia Júnior.

Acquario
Com as obras paradas desde 2016, a decisão de transferir o Acquario do Ceará também tem a ver com a falta de recursos para finalizar a obra. Localizado na Praia de Iracema, região turística de Fortaleza, o equipamento teve as obras iniciadas em 2012, com a previsão de um custo de US$ 150 milhões e prazo para conclusão em 2018.

Seis anos depois e quase US$ 50 milhões investidos, a decisão pela concessão do Acquario para a iniciativa privada veio após vários questionamentos do Ministério Público Estadual e Federal. Por enquanto, a tarefa do Governo do Estado é evitar que o que já foi feito seja destruído por vândalos ou pela ação do tempo.

Mais concessões
Além desses, o Governo do Estado deverá lançar ainda até o início de fevereiro o edital de concessão da Usina de Dessalinização, já liberado pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE). Em processo de análise, estão os editais da Linha Sul do Metrô e do VLT de Fortaleza. Em seguida, deverão ser lançados os editais das Plantas Solares e dos Centros de Convenções (Centro de Eventos de Fortaleza e de Convenções do Cariri). Em 2019, deverá ser iniciado o processo de concessões de estradas da rede estadual.

No Ceará, após o leilão de concessão do Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza, o Governo Federal deverá abrir o processo de concessão dos aeroportos de Juazeiro do Norte, de Jericoacoara e de Canoa Quebrada.


Por G1 CE

ESCOLA EM FORTALEZA É PICHADA COM AMEAÇA A PROFESSORES, E AULAS SÃO SUSPENSAS



A escola Dois de Dezembro, em Fortaleza, não teve aulas na tarde desta segunda-feira (29), após ameaças aos professores em mensagens pichadas na parede da unidade. Funcionários afirmam que as aulas estão suspensas até que a Prefeitura de Fortaleza adote medidas de segurança, como a contratação de porteiro e vigilante, reativação das câmeras de segurança e reforço policial.

Em pichações na parede da escola, havia uma mensagem com sigla de facção criminosa ameaçando "matar geral" se houvesse aula na terça-feira (30).

A Secretaria Municipal da Educação (SME) de Fortaleza afirmou que registrou boletim de ocorrência sobre o caso, e acionou Guarda Municipal para reforçar a segurança no local.

"A Equipe de Mediação Social da SME também esteve na escola conversando com a comunidade. A SME reforça que está em articulação com a Secretaria de Segurança Pública do Estado e que apoia as investigações para apuração dos fatos", diz a secretaria, em nota.

Um servidor que trabalha na escola ouvido pelo G1 afirmou que os professores "dão aula com medo" e não há previsão definida para o retorno das aulas. "Vamos decidir junto com os professores, mas no momento não tem condição de dar aulas, nós somos ameaçados. A escola não tem segurança, entra quem quer", diz.

Ainda conforme o servidor ouvido pelo G1, a escola Dois de Dezembro contava com vigilante, porteiro e câmeras de segurança até o início de 2013. "Hoje a gente não trabalha mais com segurança, chegou a um nível que não tem mais condições de trabalho", diz. A pessoa ouvida acrescenta que foi assaltada dentro da escola, em 2017.

Destruição nas salas
O material didático nas salas de aulas do segundo andar escola foram destruídos, e carteiras foram vandalizadas. Conforme o servidor ouvido pelo G1, alguns professores tiveram o nome citado nas mensagens de ameaça, o que deixou os docentes com medo.

Até a tarde desta segunda-feira, nenhum suspeito do crime havia sido identificado.

Por G1 CE

SEGUNDA BOATE É ALVO DE TIROS NA GRANDE FORTALEZA EM 24 HORAS



Uma boate foi atacada por homens em dois carros, na noite deste domingo (28), um dia após à chacina das Cajazeiras, com a morte de 14 pessoas. De acordo com a polícia, o ataque à boate Panteras, no município de Horizonte, às margens da BR-116, na Região Metropolitana de Fortaleza, ocorreu por volta das 21h.


As marcas dos tiros ficaram marcadas nos muros da boate e no portão. Segundo os moradores, os homens passaram atirando, mas ninguém ficou ferido. Os atiradores fugiram, e os vizinhos não querem falar sobre o assunto com medo de represálias. A polícia também não sabe os motivos do ataque.

Segundo ataque a boates
O ataque à boate Panteras ocorreu um dia após o massacre na casa de shows Forró do Gago, no Bairro Cajazeiras, periferia de Fortaleza. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SPPDS), 14 pessoas foram assassinadas, na maior chacina do estado. Segundo testemunhas, o crime foi motivado por conflito entre facções criminosas que atuam no estado.

Conforme testemunhas relataram a policiais, vários homens armados em três veículos dispararam em que viam pela frente. Entre as vítimas estavam um trabalhador que vendia cachorro-quente em frente ao local e um motorista de Uber que deixava passageiro na festa.

Uma pessoa foi presa momentos após a chacina. A Secretaria de Segurança afirmou que identificou outros cinco suspeitos de participação no crime; entre eles dois mandantes do massacre.

A brutalidade do crime repercutiu em todo o Brasil e no mundo, sendo destaque em vários sites de notícias, em diversos idiomas.

Após a chacina, o Governo Federal afirmou que enviaria uma força-tarefa para auxiliar no combate às facções criminosas que atuam no Ceará. O Governo do Ceará anunciou uma série de medidas para enfrentar o crime organizado, como a criação de um órgão integrado para apurar informações sobre as facções.

O Ceará vem batendo recordes de homicídios. No ano passado 5.134 assassinatos foram registrados no estado, 50% a mais do no ano anterior.

Polícia 'deficitária'
Para o presidente da Associação Brasileira dos Advogados Criminalistas do Ceará (Abracrim), Cândido Albuquerque, o crescimento da atuação das facções no Ceará se deve à precarização da Polícia Civil no estado.

"Enquanto o crime está organizado, a polícia está deficitária. Investe na PM em detrimento da Polícia Civil. A Polícia Civil do Ceará, em razão do pequeno contingente, não tem condições de investigar nada", disse.

"A população cearense está morrendo, inclusive de medo", acrescentou o presidente da Abracrim.


Por G1 CE