}); PORTAL ORÓS: Polícia e Ministério público investigam suposto cartel de combustíveis no Cariri

quinta-feira, 9 de agosto de 2018

Polícia e Ministério público investigam suposto cartel de combustíveis no Cariri


Cinco promotores de justiça, delegados da Policia Civil e Inspetores amanheceram o dia nas ruas cumprindo mais de 70 mandados de busca e apreensão nos municípios de Juazeiro do Norte, Crato e Barbalha. A operação denominada Conexus investiga a existência de um cartel de combustíveis no Triângulo Crajubar e o resultado do trabalho será apresentado logo mais à Imprensa por ocasião de uma entrevista coletiva.

Segundo o Delegado Regional de Polícia Civil em Juazeiro do Norte, Juliano Marcula, foram formadas 35 equipes as quais estiveram em postos de combustíveis e residências de empresários donos desse tipo de estabelecimento. Material apreendido como computadores, notas fiscais e outros documentos podem robustecer a investigação diante do que seria o tabelamento de preços de combustíveis devidamente combinados.

A iniciativa partiu do Ministério Público que fez a representação perante o poder judiciário o qual expediu os mandados. Todo o material apreendido foi encaminhado para a 20ª DRPC, a fim de ser averiguado num trabalho parceiro com a promotoria de justiça das três cidades. Nenhum posto foi fechado e só houve recolhimento do material com interesse direto no bojo das investigações.

A situação até já esteve mais grave na região do Cariri durante e dias após a greve dos caminhoneiros. Atualmente, muitos postos praticam preços até inferiores a R$ 2,50. Agora, o MPCE quer saber se ocorre um acordo explícito ou implícito entre empresas concorrentes na fixação de preços por meio da ações coordenadas entre os participantes tendo em vista a obtenção de maiores lucros com prejuízos sociais.



Por Demontier Tenório - Miséria.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário