}); PORTAL ORÓS: Diplomação de eleitos não escapa ao clima de polarização política

quinta-feira, 20 de dezembro de 2018

Diplomação de eleitos não escapa ao clima de polarização política


A diplomação dos eleitos encerrou, formalmente, o período eleitoral. Pelo menos, assim o foi para a Justiça Eleitoral, o que levou a uma maratona de análises de prestação de contas ao longo da semana para assegurar o ato de ontem. “Nesse momento, estamos felizes porque entregamos, de fato, um trabalho de excelência à sociedade”, declara a desembargadora Maria Nailde Pinheiro, presidente do TRE-CE. Segundo a magistrada, foi uma campanha “acirrada” a de 2018, mas houve “participação da população”.

Um ponto que ela destacou foi os questionamentos à urna eletrônica, que foi alvo de suspeitas inclusive pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), em relação à sua segurança. A magistrada tenta ver o lado cheio do copo. “Foi uma oportunidade que a Justiça Eleitoral teve de demonstrar ao eleitor como uma urna eletrônica funciona”, diz. Ela destaca que até esta eleição, não teria havido um questionamento sistemático do voto eletrônico, mas que a o Judiciário teria conseguido convencer o eleitorado da segurança dos equipamento. “Acredito que, com o resultado das eleições, a Justiça Eleitoral sai fortalecida”, aposta a desembargadora.

E, de acordo com a magistrada, todos os órgãos ligados às eleições já começam a planejar o pleito de 2020. “Como a nossa principal atividade é programar, preparar e, principalmente, presidir eleições, já estamos iniciando os preparativos”, explica. Uma das metas até lá é concluir a biometria de todo o eleitorado do Estado, o que passa por fazê-la em Fortaleza. Atualmente, quase 80% dos eleitores do Estado já são cadastrados no sistema.

Camilo anuncia conselho de notáveis

O governador reeleito Camilo Santana (PT) anunciou ontem a criação de um "conselho de notáveis" para aconselhar sua administração ao longo do próximo quadriênio. "O conselho vai reunir pessoas da sociedade, da área acadêmica, do setor produtivo, para que a gente possa colaborar com as ideias do estado. A gente pode colaborar de diversas formas, o importante é que todos possam estar unidos em defesa do Estado", declarou. O anúncio foi feito ontem, antes da diplomação dos eleitos em outubro.

Fonte: Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário