}); PORTAL ORÓS: Deu no Diário do Nordeste: Sarto será o novo presidente da Assembleia

sexta-feira, 11 de janeiro de 2019

Deu no Diário do Nordeste: Sarto será o novo presidente da Assembleia

O deputado estadual José Sarto (PDT) deve ser o novo presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, a partir do dia 1º de fevereiro. Ele foi o escolhido pelo partido, que detém a maior bancada da Assembleia. A indicação do nome tem o aval do governador Camilo Santana

Na manhã desta sexta-feira, dia 11 de janeiro, o nome deve ser oficializado. Na noite desta quinta, deputados estaduais receberam uma convocação para o ato que acontecerá às 8h na Assembleia Legislativa.

O deputado Tin Gomes (PDT), um dos concorrentes, confirmou a indicação do colega, após reunião com o governador. Segundo Tin, no encontro ficou acertado que quem estiver na composição da Mesa Diretora eleita em fevereiro, não deve participar da próxima, que deve ser escolhida daqui a dois anos. 

Sarto, assim, deve ser o candidato de consenso da base aliada de Camilo e, consequentemente, o novo presidente do Poder Legislativo. O nome saiu de uma difícil costura política entre líderes do grupo governista, entre eles o presidente da Casa, deputado Zezinho Albuquerque, que será secretário das Cidades no segundo governo Camilo.
Além de Tin Gomes, Evandro Leitão e Sérgio Aguiar concorriam ao cargo, e haviam partido na frente, após articulações para ocupar a posição. A decisão, entretanto, foi por Sarto, um antigo aliado e homem da confiança de Ciro e Cid Gomes.




Homem de confiança de Cid e Ciro e 7 mandatos de deputado: veja perfil do próximo presidente da AL


O deputado estadual José Sarto (PDT) é o candidato do governador Camilo Santana (PT) para suceder Zezinho Albuquerque (PDT) na presidência da Assembleia Legislativa (AL-CE). Como não haverá disputa entre candidaturas governistas, Sarto é dado pela base do governador como o próximo presidente antes mesmo da eleição, que será realizada no dia 1° de fevereiro. A oposição não tem número suficiente para derrotar o governo. 

Nos bastidores era consenso que o nome do parlamentar era o preferido dos ex-governadores Cid e Ciro Gomes (PDT) para o posto. O atual vice-presidente da Casa, Tin Gomes (PDT), o líder de Camilo Santana no primeiro mandato, Evandro Leitão (PDT), e Sérgio Aguiar (PDT) também estavam na disputa interna, mas acabaram sendo vencidos pelas articulações no Palácio da Abolição. 

Ao Diário do Nordeste, ainda na semana passada, o presidente Zezinho Albuquerque havia prometido que o nome sairia de consenso entre o grupo da base governista. O trauma da disputa de 2017, entre Zezinho e Aguiar, não seria repetido — o que se confirmou. O novo mandato à frente da Assembleia inicia em 1° de fevereiro de 2019, se encerrando em 1° de fevereiro de 2021. 

Agenda

O presidente da Assembleia Legislativa é o responsável por pautar assuntos que chegam do Palácio da Abolição, do Poder Judiciário, de parlamentares e da sociedade civil. Ter um aliado na posição estratégica, como é o caso de Sarto para Camilo, é fundamental para que as pautas de interesse do Executivo estadual sejam aprovadas. Apesar do discurso da necessidade de independência do Poder Legislativo, as casas geralmente seguem as recomendações do Executivo. 

Perfil do próximo presidente

Natural de Acopiara, José Sarto Nogueira Moreira é formado em medicina, atuando como ginecologista e obstetra. Filiado ao Partido Democrático Trabalhista (PDT), Dr. Sarto, como é conhecido, foi reeleito em 2018 para o sétimo mandato consecutivo de deputado estadual. 
Na última legislatura, presidiu a Comissão de Fiscalização e Controle e é um dos vice-líderes do governo Camilo Santana na Assembleia Legislativa do Ceará. Também presidiu a Comissão de Educação e da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), que apurou fraudes no Seguro DPVAT no Estado do Ceará, no biênio 2015/2016. 
O parlamentar tem como principal bandeira política a defesa da saúde pública. Foi líder do governo Cid Gomes no biênio 2013/2014. No mandato compreendido entre os anos de 2010 e 2014, defendeu a iniciativa de fazer uma chamada pública para que hospitais privados realizem cirurgias eletivas, ajudando a diminuir a espera nos hospitais da rede pública no Ceará. Sarto foi relator e defensor de praticamente todos os projetos de lei encaminhados pelo governador Cid Gomes. 


Fonte: Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário