}); PORTAL ORÓS: Polícia prende suspeito de matar companheira por estrangulamento e forjar suicídio no Ceará

quinta-feira, 14 de março de 2019

Polícia prende suspeito de matar companheira por estrangulamento e forjar suicídio no Ceará


A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) prendeu, nesta quarta-feira (13), um homem de 29 anos suspeito de matar a própria mulher de 22 anos, no município de Parambu, na Região Sertão de Inhamuns do Ceará. De acordo com a polícia, o crime de feminicídio foi cometido, no dia 12 de fevereiro de 2019, na casa onde o casal morava com seu filho menor, localizada na zona rural da cidade.
 
O agressor, sem antecedentes criminais, foi preso na localidade de Caldeirão do Davi, zona rural de Pio IX, no Estado do Piauí, e encaminhado para a Delegacia Regional de Tauá onde foi interrogado. O mandado foi expedido pela Justiça de Parambu, em virtude do referido indivíduo ter sido indiciado pelo crime de feminicídio praticado contra a própria companheira.
 
Após matar a vítima estrangulada, o criminoso simulou um suicídio dizendo para familiares que havia achado a vítima já sem vida.
 
Morta por estrangulamento
Segundo as autoridades policiais essa versão apresentada pelo suspeito não foi convincente. Após investigações os policiais chegaram a conclusão que a vítima teria sido assassinada por estrangulamento, causa essa que inclusive foi confirmada nos laudos confeccionados pela Perícia Forense do Ceará (Pefoce). O homem confessou o crime e alegou que agiu por ciúmes.
 
O homem foi indiciado por feminicídio majorado, pois a vítima estava grávida de cinco meses, e por fraude processual, por ter forjado uma cena de crime. Ele agora está a disposição da Justiça.
 
G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário