}); PORTAL ORÓS: Bandidos atacam Bancos no Rio Grande do Norte, incendeiam carro e fogem com destino ao Ceará

segunda-feira, 15 de abril de 2019

Bandidos atacam Bancos no Rio Grande do Norte, incendeiam carro e fogem com destino ao Ceará


Um ataque a Bancos ocorrido na madrugada desta segunda, 15, na cidade de São Miguel, Rio Grande do Norte, mobilizou policiais daquele estado e do Ceará.

Por volta das 2:50, uma numerosa quadrilha composta por cerca de 20 homens, encapuzados, com pistolas e fuzis, chegaram em um veículo Saveiro de cor branca, em uma Amarok escura e em outros veículos, e tocou o terror. Populares que transitavam pelo centro da cidade foram feitos reféns e em seguida liberados.

A quadrilha efetuou vários tiros, deixando a população em pânico, e em seguida atacou simultaneamente as agências do Banco do Brasil, na saída para o município de Pau dos Ferros e da Caixa Econômica Federal, localizada  na rua Dr José Torquato. Os caixas eletrônicos foram explodidos e o dinheiro roubado.

Toda ação criminosa foi captada pelas câmeras de videomonitoramento que ficam na sede da guarda municipal. Desta feita, a quadrilha não atacou as bases da polícia. Cápsulas de fuzis ficaram espalhadas nos locais dos ataques e foram recolhidas pela polícia. O sargento F.Silva, comandante do Pelotão da PM de São Miguel, pediu reforço do GTO-Grupo Tático Operacional de Mossoró, que também se encontra em diligências visando localizar e prender a quadrilha. Policiais do Cotar do Ceará, foram mobilizados e também estão na caçada a quadrilha que teria se refugiado nos veículos pelo território de Icó, na região do sítio Aba, região da Lagoa dos Milhomens.

Na saída de São Miguel, no sítio Lagoinha, incendiaram um dos veículos utilizados nos ataques, a Saveiro branca. O inquérito policial que investigará os assaltos aos bancos será instaurado pelo delegado de São Miguel, Cristiano Zadrozny. Os assaltantes deixaram para trás vários grampos na estrada para furar pneus de veículos, inclusive viaturas.

Veja ação da quadrilha

Fonte: Miséria

Nenhum comentário:

Postar um comentário