}); PORTAL ORÓS: Na raça, Basquete Cearense vence o Paulistano em casa no 1° jogo dos playoffs do NBB

sábado, 6 de abril de 2019

Na raça, Basquete Cearense vence o Paulistano em casa no 1° jogo dos playoffs do NBB


Foi um jogo dramático, daqueles de deixar o torcedor em pé, com as mãos na cabeça. Mas no fim, a torcida fortalezense que foi ao ginásio do Centro de Formação Olímpica (CFO) na noite desta sexta-feira, 5, respirou aliviada e vibrou com a vitória do Basquete Cearense na abertura dos playoffs de oitavas de final do NBB, a divisão de elite da liga nacional da modalidade. No 1º jogo da série melhor de três partidas contra o Paulistano, o Carcará aproveitou o fator casa e venceu a partida por 75 a 68. O grande destaque do jogo foi o ala-pivô Felipe Ribeiro, cestinha do jogo com 14 pontos e registrando ainda mais nove rebotes.

Com o resultado, o Basquete Cearense fica a uma vitória da classificação para as quartas de final. Para isso, precisa vencer o 2° jogo do duelo, marcado para a próxima segunda-feira, 8, as 19h, no ginásio Antonio Prado Jr, em São Paulo. Uma vitória do Paulistano nessa partida força um 3° jogo, que seria realizado também na casa do time paulista, na quarta-feira, as 19h30min.

A partida de abertura do confronto começou com o time visitante impondo em quadra seu jogo, assumindo a dianteira do placar desde a primeira cesta. Organizado na defesa e efetivo nas tentativas de dois pontos, os paulistas mostraram mais regularidade para fechar o primeiro quarto em vantagem: 20 a 18. No 2° quarto foi a vez do Carcará assumir o controle da partida. Com grande atuação de Paulo Boracini, os donos da casa conseguiram a virada e foram para o intervalo à frente do marcador, com três pontos de vantagem (42 a 39).

Na volta para o 2° tempo, as duas equipes seguiram travando um jogo equilibrado, alternando cestas lá e cá. Um pouco mais efetivo e embalado pelo craque do time, o armador Yago, o Paulistano venceu a parcial por 17 a 14, resultando em empate no placar agregado da partida: 56 a 56. Nos 10 minutos finais, o jogo ficou pegado, com muitas paralisações forçadas por faltas. Com um jogo coletivo de marcação forte, controle de posse de bola e bom aproveitamento nas investidas de ataque, o Basquete Cearense abriu boa vantagem. Mas o Paulistano não deu sossego e seguiu na cola do marcador, mantendo a partida aberta e em ritmo alucinante até o fim do jogo. Convertendo os lances livres e aproveitando o desespero dos paulistas, o Carcará fechou o jogo com uma vantagem de cinco pontos, dando um passo importante para avançar de fase para encontrar o Mogi-SP nas quartas de final do Novo Basquete Brasil (NBB).

O POVO BRUNO BALACÓ

Nenhum comentário:

Postar um comentário