}); PORTAL ORÓS: Mulher é presa suspeita de pôr fogo no marido por sumiço de brincos

segunda-feira, 24 de junho de 2019

Mulher é presa suspeita de pôr fogo no marido por sumiço de brincos


Uma mulher identificada como Danielly Oliveira Eleotério Martins foi presa suspeita de pôr fogo no marido, Josildo Alves Pinheiro, após o sumiço de um par de brincos. De acordo com a Polícia Militar (PM), o crime aconteceu na quinta-feira (20) no apartamento do casal, localizado na Zona Leste de Teresina. Na sexta-feira (21), a Justiça converteu a prisão da mulher para preventiva.

O G1 não conseguiu contato com a defesa de Danielly Martins. A vítima está internada em um hospital particular de Teresina com 40% do corpo queimado. Em nota, a unidade de saúde comunicou que "como a vítima sofreu um atentado e corre risco de morte, não vamos nos posicionar sobre o caso".

Segundo a decisão, da juíza Ana Lúcia Medeiros, os policiais militares questionaram a suspeita após o incidente e ela afirmou que provocou acidentalmente o fogo, mas o marido dela relatou à polícia que a esposa praticou o delito devido ao sumiço de um par de brincos.

Uma testemunha relatou ter visto o homem correndo com o corpo em chamas pedindo socorro. "A mesma testemunha informou que a autora queria alterar o local onde ocorreu o fato, alegando que queria limpar o apartamento e que foi impedida pelos vizinhos e informada que a polícia estava a caminho", declarou a juíza na decisão.

Diante disso, a magistrada decidiu converter a prisão em preventiva. Danielly Martins deverá ficar à disposição da Justiça enquanto responde pelo crime, que pode ser considerado uma tentativa de homicídio qualificado.

Fonte: G1 PI


Nenhum comentário:

Postar um comentário