}); PORTAL ORÓS: Presidente da Assembleia José Sarto discute pauta do setor lojista com a CDL

terça-feira, 2 de julho de 2019

Presidente da Assembleia José Sarto discute pauta do setor lojista com a CDL


Lideranças empresariais do setor do comércio, por meio da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), apresentaram, nesta segunda-feira (1º), a pauta do segmento ao presidente da Assembleia Legislativa do Estado, deputado José Sarto (PDT). O varejo reivindica uma melhor articulação com o poder público em busca de superação da crise econômica nacional, tendo em vista que, atualmente, representa - segundo seus dirigentes - cerca de 75% da economia cearense.

O encontro, que ocorreu na sede da entidade, no Centro de Fortaleza, tratou desde a reforma da Previdência do Governo Bolsonaro - o presidente Sarto foi questionado sobre a posição dele e a do governador Camilo Santana (PT) sobre o assunto - até temas específicos do âmbito lojista, como a criação do Cadastro Positivo e sua aplicação na prática, além de questões como as vendas por meio de crediário.

"O comércio varejista representa um percentual significativo da economia do Ceará. E nós precisamos pensar ideias pactuadas entre a Assembleia e a entidade", afirmou o presidente do Legislativo, José Sarto.

"Como certamente (o comércio varejista) é uma das colunas da economia, é importante uma visita institucional, colocar a Assembleia à disposição, mostrar os equipamentos que temos para que pudéssemos estabelecer parcerias, interlocução", argumentou o pedetista. "A gente já deveria ter feito essa visita antes".

Para o empresário Assis Cavalcante, presidente da CDL, o encontro foi importante, entre outros pontos, para que o Parlamento Estadual percebesse o sentimento da classe em relação "à Assembleia, o momento político. E também para fazer uma parceira". Ele ressaltou, ainda, que o encontro é importante para buscar abrir um canal de diálogo sobre projetos de interesse dos lojistas na Casa.

Gastos

Ainda nesta segunda-feira, durante o lançamento de pacote de investimentos de R$ 1,5 bilhão pela Prefeitura de Fortaleza, José Sarto comentou os gastos dos parlamentares com a Verba de Desempenho Parlamentar (VDP), detalhados na edição impressa do Diário do Nordeste. Só com combustíveis nos primeiros dois meses da atual legislatura, os gastos chegam a R$ 516 mil.

O presidente argumentou que o "Parlamento vale muito mais do que isso", ao destacar que o Legislativo custa cerca de 2,34% da Receita Corrente Líquida do Estado. A Assembleia é, segundo ele, "a mais enxuta, a mais rígida e a mais rigorosa no sentido de qualificar seus gastos. Eu não tenho medo de errar sobre isso".

Sarto disse ainda que o Legislativo tem em andamento um programa de cortes de gastos, ressaltando que, caso algum deputado faça mau uso de suas verbas, este deve ser cobrado e o erro, corrigido.

Fonte: Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário