}); PORTAL ORÓS: Agosto 2019

sexta-feira, 30 de agosto de 2019

FESTA DE 62 ANOS DE EMANCIPAÇÃO DE ORÓS (DIRETO DO DANÇODROMO BEIRA RIO) COMPARTILHE E VEM COM A GENTE

PROGRAMA HORA DA NOTÍCIA, SEXTA-FEIRA DIA 30/08, DÁ O PLAY ASSISTA E COMPARTILHE.




- Mulher é presa em Juazeiro com mais de 8 Kg de maconha numa fábrica de sandálias

- Plantão policial de hoje e toda região

- Motorista cochila ao volante e tomba caminhão em Jardim

- Ceará tem maior número de pessoas com esclerose múltipla do NE

Mulher é presa em Juazeiro com mais de 8 Kg de maconha numa fábrica de sandálias

Uma mulher foi presa no início da noite desta quinta-feira na periferia de Juazeiro do Norte e vai responder procedimento por crime de tráfico de drogas. Militares da Subagência de Inteligência do 2°BPM já vinham averiguando uma estranha movimentação no prédio de uma fabriqueta de sandálias que funciona na Rua Dr. André Luiz no bairro Frei Damião.

Por volta das 18h30min de ontem se deu o desfecho do trabalho com uma equipe da Força Tática entrando em ação. No estabelecimento prenderam a jovem Jakeline Januário dos Santos, de 23 anos, e apreenderam 8.341 Kg maconha, além do celular dela que vai ser averiguado a exemplo de documento tendo um homem como titular o qual estava no imóvel.

A garota não respondia procedimentos criminais e, pela primeira vez, foi autuada em flagrante na Delegacia Regional de Polícia Civil com indiciamento em inquérito por crime de tráfico de drogas. Ainda na noite de ontem, Jakeline foi submetida a exame cautelar na Perícia Forense de Juazeiro e recambiada ao presídio feminino de Crato onde se encontra à disposição da justiça.




Por Demontier Tenório   -   Miséria.com.br

Motorista cochila ao volante e tomba caminhão em Jardim

Segue internado num dos leitos do Hospital Regional do Cariri (HRC) em Juazeiro do Norte o caminhoneiro Cícero Martins Morais, de 45 anos, residente em Salgueiro (PE). Por volta das 20 horas de anteontem ele teria cochilado ao volante de um caminhão Mercedez Benz quando capotou na CE-060 no município de Jardim. O veículo ficou bem avariado e o motorista sofreu fratura exposta no ombro direito, sendo socorrido ao hospital local e transferido ao HRC em Juazeiro.

LEI SECA – Por outro lado no início da madrugada desta sexta-feira a polícia de Várzea Alegre interceptou um Fiat Uno Vivace de cor preta e placas EWL-1060, inscrição de Antonina do Norte, na Rua Jose Alves Feitosa em frente ao Hospital São Raimundo. A polícia tinha obtido informações de populares sobre a prática de direção perigosa por parte do motorista em meio aos transeuntes que participam dos festejos religiosos no município e foi averiguar.

No local foi abordado o crediarista Francisco Ednaldo de Sousa Filho, de 20 anos, residente na Rua Lourival Frutuoso (Bairro Riachinho) em Várzea Alegre. Segundo a polícia, ele apresentava visíveis sinais de embriaguez, tinha acabado de discutir com o segurança de um evento e não é habilitado. Perto dali, a mesma patrulha se deparou com um veículo Honda de cor preta e placas POO-3839, inscrição de Fortaleza, apresentando cinco multas.

O carro estava interditando a via e os PMs pediram para retirar, mas o motorista não obedeceu. De acordo com os policiais ele teria dito que estava bêbado e iria já sair no carro afirmando que era filho de um deputado e não seria preso. O prometido foi feito e o motorista João Pedro Nogueira Caminha de Oliveira, de 20 anos, residente no bairro Meireles em Fortaleza, terminou abordado no Centro de Várzea Alegre. Ele já responde procedimento por lesão corporal e foi levado à delegacia para ser autuado por crime de trânsito, ficando o carro recolhido.




Por Demontier Tenório   -    Miséria.com.br 

Ceará tem maior número de pessoas com esclerose múltipla do NE

Anos de diagnóstico errado, tristeza e apreensão em não saber o que tinha de "errado" marcaram a vida de Tallyta Érica Barbosa da Silva, 26. A cearense do município de Jaguaribara chegou a ficar 24 horas sem conseguir andar e enxergar com clareza. Os primeiros sintomas preocupantes foram ignorados pelos médicos da cidade, que consideraram o caso como uma "garganta inflamada". À época com 17 anos, ela não sabia que se tratava de lesões causadas pela esclerose múltipla (EM).

Após ter se mudado para a Região Metropolitana de Fortaleza em 2010 por conta da doença, Tallyta é uma das 515 pessoas em tratamento no Ceará, de acordo com a Secretaria da Saúde do Estado (Sesa). O número é o maior entre os estados do Nordeste. "Coisa de interior, né? Esses diagnósticos errados. Eu não fiquei satisfeita e vim para Fortaleza sozinha tentar descobrir. Fui a uma clínica popular e tive sorte de encontrar um bom médico. Na minha primeira ressonância já deu lesões desmielinizantes (tipo de lesão da EM)", relata.

Alívio

Com a descoberta da doença autoimune e crônica, Tallyta não se abalou. Ao contrário, considerou um "alívio". "Para mim, a maior libertação foi ter o diagnóstico. Quando eu descobri a doença, eu pensei: ´Poxa! Finalmente, eu sei o que eu tenho e, finalmente, acreditam em mim´. Ninguém me entendia. Achavam que eu estava inventando", desabafa. Ela relata que já chegou a ser diagnosticada com depressão por um médico de sua cidade natal, no interior do Ceará.

Hoje, Tallyta, que já passou três anos sem escrever devido a tremores na mão, conta que "quase não tem sequelas" e está livre dos surtos da EM. Ela se trata há nove anos no Centro de Tratamento de EM do Hospital Geral de Fortaleza (HGF). "Hoje, eu posso dizer que tenho praticamente zero sintomas. Apenas a minha memória que falha e a fadiga que me incomoda", pondera a dona de casa, que mora com o marido em Pacajus, na Região Metropolitana de Fortaleza.

Segundo Carina Spedo, neurocientista e neuropsicóloga, é possível ter êxito no tratamento e viver uma vida saudável assim como Tallyta. Entretanto, é preciso ficar atento a sintomas como disfunções motoras, perda de equilíbrio, sensibilidade ocular, perda de memória e fadiga intensa. "É uma doença que não tem causa definida, é uma mistura de fatores genéticos e ambientais. Quanto antes identificar, você começa o tratamento e consegue perceber novos surtos e novas lesões para tratar", afirma.

Margarida Moróró, presidente da Associação dos Amigos e Portadores de Esclerose Múltipla do Ceará (Aapemce), também vive com a doença e é categórica: "É uma doença silenciosa e fácil de confundir".

Diário do Nordeste


É CASO DE POLÍCIA EM TODA REGIÃO DESTA SEXTA-FEIRA DIA 30/08/2019






DESTAQUES:


- Em Icó: Homem surta e faz a própria mãe de refém.

- Em Jucás: Comerciante é morto a bala deste do seu bar no sítio Poço Comprido.

- Em Várzea Alegre: Prisões por embriagues ao volante.

- Em Ipaumirim: Condução a DP por conduzir veículo com
restrição de roubo/furto.

- Em Acopiara: Acidente de trânsito e apreensão de arma de fogo

Dois gerentes de banco são presos no Ceará suspeitos de esquema de desvio de mais de R$ 59 milhões


Dois gerentes do Banco do Brasil (BB) no Ceará e outras quatro pessoas foram presos suspeitos de envolvimento em um esquema que tentou desviar R$ 59.998.765,00. O caso foi registrado nesta quinta-feira, 29. As informações são da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE). Os gerentes do BB Pedro Eugênio Leite e Celso Luiz Grillo de Lucca trabalhavam nas cidades cearenses de General Sampaio e Tejuçuoca, respectivamente.

Eles foram presos mediante cumprimento do mandado de prisão temporária de cinco dias expedidos pelo Poder Judiciário de Pentecoste. Os gerentes afirmaram terem sido sequestrados e que foram coagidos a realizar a transação financeira. Para movimentar a quantia foi necessária a assinatura digital dos dois gerentes. A Justiça bloqueou todas as contas que receberam os valores desviados, com base na lei da lavagem de dinheiro. Os celulares deles foram apreendidos.

De acordo com o delegado Victor Piona, titular da delegacia municipal de Pentecoste, as investigações apontaram que um dos gerentes forjou um crime de extorsão. Ele tinha a intenção de convencer um funcionário a realizar saques e transferências para contas determinadas pelos criminosos. No entanto, o plano foi descoberto e os dois foram presos.

Após a troca de informações da Polícia Civil e do setor de inteligência do próprio banco, ao perceber a movimentação suspeita, bloqueou parte dos valores desviados. O plano criminoso foi desarticulado na última sexta-feira, 23, depois que a Polícia Civil prendeu, no município de General Sampaio, Jefferson Alves Ferreira, 47, natural de Minas Gerais.

O homem teria vindo ao Ceará com o intuito de participar da ação fraudulenta, porém foi capturado. Com a descoberta do crime, a PCCE repassou informações para a Polícia Civil de São Paulo que capturou, na cidade de Ribeirão Preto, outras três pessoas que participavam do crime.

O Departamento de Polícia Especializada, por meio da Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF) e do Departamento de Polícia do Interior Norte (DPI/Norte), com apoio da delegacia de Pentecoste, realizou a ação.

Como funcionava o esquema

De acordo com informações, a ação teve o apoio do Ministério Público. O setor de inteligência do Banco do Brasil verificou que havia um golpe em andamento e que os criminosos criaram um débito na agência de General Sampaio. Em seguida, eles creditaram em uma conta poupança do estado de São Paulo e receberam ajuda de funcionários da agência.

Já com o crédito em conta, os operadores começaram a fazer uma espécie de pulverização dos valores. Dois homens e uma mulher foram presos em Riberão Preto, no interior de São Paulo. Eles faziam diversas operações financeiras.

Um dos presos havia recebido na conta R$ 59.998.765,00. Foram desviados de contas por meio de aviso de crédito feitos por gerentes de bancos do estado do Ceará. Na cidade de General Sampaio foi preso o Jefferson Alves Ferreira, 47 anos. Ele foi quem revelou o envolvimento dos gerentes de banco de General Sampaio e Tejuçuoca.

G1

Homem quebra porta de vidro no Senado e é detido com armas de choque; veja o vídeo


Um homem foi detido por policiais legislativos após quebrar uma porta de vidro na chapelaria do Senado Federal, na tarde desta quinta-feira (29). Segundo testemunhas, "ele aparentava estar alterado e dizia que queria entrar no prédio".

Câmeras de segurança da Casa gravaram o momento em que o homem, identificado como Victor Rafael Herzog Pinto Neves, de 34 anos, usa a barra de ferro para quebrar a porta. Em seguida, ele é abordado por seguranças e os desafia.

Um outro vídeo registra o instante em que o homem é contido pela Polícia Legislativa, com armas de choque, conhecidas como tasers.


Após ser atingido, o homem cai no chão. Alguns segundos depois, ele retira os aparelhos de choque do corpo. Antes que consiga se levantar, policiais o algemam e o levam.

O vídeo foi enviado à reportagem por Jean Hernani Guimarães Vilela, assessor da deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP). Ao fim da gravação, a parlamentar aparece também filmando a cena.

Testemunhas afirmaram que o homem "se revoltou após ser informado de que não poderia entrar na Casa sem agendamento".

A barra de ferro, usada para quebrar o vidro, serve para demarcar filas. Durante a tarde, a porta foi substituída por tapumes.

O Senado confirmou que "por volta das 14h, policias legislativos detiveram um homem que tentou invadir as dependências do Senado Federal".

Segundo a Casa, "após danificar o patrimônio público e voltar-se contra os policias, foi necessário o uso de equipamento não letal (taser), de acordo com a melhor doutrina de uso progressivo de força".

O Senado afirma que "os procedimentos legais estão em andamento e ainda não há detalhes sobre o caso".

Fonte: G1

quinta-feira, 29 de agosto de 2019

PROGRAMA HORA DA NOTÍCIA, QUINTA-FEIRA DIA 29/08, DÁ O PLAY ASSISTA E COMPARTILHE.




- Incêndio atinge vegetação em área de proteção ambiental em Iguatu

- Maus Tratos De Animais Em Orós (Anjos de patas)

- Cadela é esfaqueada na cabeça dentro de faculdade

- Falso policial é executado a tiros em bar

- Audiência publica Orçamento participativo 2020

Incêndio atinge vegetação em área de proteção ambiental em Iguatu


Um incêndio atingiu parte da vegetação na região da Lagoa da Bastiana, no município de Iguatu, no Centro-Sul do Ceará, por volta de 16h desta quarta-feira (28). O Corpo de Bombeiros esteve no local, que é área de proteção ambiental do município, e debelou as chamas.

A região apresentava entulho e lixo acumulado. Os bombeiros permaneceram no local por cerca de uma hora para eliminar os focos do incêndio. Não há confirmação de como as chamas começaram.

Ainda segundo os profissionais, em média, são registradas cinco ocorrências de incêndio em um dia em vegetação no município.

Fonte: G1 CE

Cadela é esfaqueada na cabeça dentro de faculdade


Uma cadela chamada Nemeria foi esfaqueada na cabeça dentro da Faculdade Kroton/Pitágoras, em São Luís. A dona de uma lanchonete encontrou a cachorra ensanguentada durante a manhã desta terça (27) e a levou para uma veterinária.

"Ninguém havia feito nada. Quando ela viu, ficou desesperada, colocou em carro próprio e levou para a veterinária", relatou Jhessica Mendes, dona de uma ong de proteção aos animais.

Jhessica Mendes, que coordena a Instituição Social de Apoio ao Próximo em São Luís , informou ainda que a cadela é dócil, muito querida pelos estudantes e que nunca fez nada a ninguém.

"Era muito dócil. Inclusive, um aluno já tinha entrado em contato com algumas ONGs para levá-la a adoção. Infelizmente, antes que pudesse ser feito, aconteceu essa barbaridade. Acreditamos que foi feito por pura maldade", disse Jhessica.

Estudantes acreditam que o crime deve ter ocorrido durante a madrugada. Após o resgate, a cadela chegou muito mal na veterinária. O estado de saúde é estável, mas ela pode ficar cega.

"Como está com muita infecção e inflamação na cabeça, a gente deve fazer alguns exames de sangue e tratar com analgésico e antibiótico. Mas quanto aos exames de imagem, vamos esperar desinflamar porque o estado atual pode afetar o diagnóstico. O que a gente já fez? Fizemos a limpeza da área, alguns suturas dos ferimentos de facada. Em relação aos olhos, pode ser que perca a visão, mas quanto a isso, vamos fazer alguns exames e ver direitinho. Os gastos do atendimento estão sendo arcados pelas pessoas que resgataram e a faculdade", informou a veterinária que cuida de Nemeria.

Após o caso, a Faculdade afastou um vigilante suspeito de cometer o crime e disse que registou um Boletim de Ocorrência da Delegacia do Meio Ambiente. Em nota, disse ainda que está apurando o caso internamente.

"A faculdade Pitágoras de São Luís – Campus Turu I - MA esclarece que repudia veementemente qualquer ato de violência contra animais. A faculdade esclarece que, preventivamente, afastou o vigilante terceirizado, responsável pela segurança do local, procurou a Delegacia de Meio Ambiente para registro da ocorrência e está apurando internamente o fato para tomar todas as medidas cabíveis junto aos responsáveis. A instituição reitera que permanece à disposição para sanar quaisquer dúvidas adicionais", diz a nota da instituição.

Fonte: G1 MA

Falso policial é executado a tiros em bar


Um homem que se passava por policial civil foi executado a tiros em um bar no Bairro Genipabu, em Caucaia, Grande Fortaleza, na noite desta quarta-feira (28). A vítima tinha antecedentes criminais por falsidade ideológica e a polícia encontrou junto ao corpo uma carteira de perito criminal com a foto dele.

De acordo com a Polícia Militar, José Batista Pereira Alves estava sozinho em uma mesa do estabelecimento quando dois homens em uma motocicleta chegaram no local e atiraram contra ele.

Segundos testemunhas, ao avistar a moto, José Batista ainda tentou sair, porém foi atingido por disparos na cabeça e caiu ao lado da mesa. Os suspeitos fugiram.

A motivação do crime e a identificação dos autores serão investigadas pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Por G1 CE

Cabeleireiro cearense é morto por homem encapuzado dentro do próprio salão

Um cabeleireiro identificado como Inácio Rocha de Araújo Júnior, 42, foi morto a tiros por um homem encapuzado dentro do salão de beleza do qual ele era proprietário na Avenida H, no Bairro Conjunto Ceará, em Fortaleza, na noite desta quarta-feira (28).

Segundo testemunhas, Inácio estava cortando o cabelo de um cliente quando um suspeito invadiu o local, mandou o homem se retirar e atirou contra o cabeleireiro. O suspeito fugiu do local em um veículo que dava apoio ao criminoso.

De acordo com o tenente Renir, do 17° Batalhão da Polícia Militar, a vítima tem antecedentes criminais por ameaça, injúria e desacato.

Duas ambulâncias do Samu foram acionadas, mas Inácio não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) ficará responsável pelas investigações sobre o caso.




Por Agência Miséria - Miséria.com.br

Decreto de Bolsonaro proíbe queimadas no Brasil por 60 dias


Em decreto publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira 29, o presidente Jair Bolsonaro determinou a proibição de queimadas em território brasileiro por sessenta dias, a partir desta data. A decisão é tomada em meio à pressão internacional para que o governo controle incêndios florestais, sobretudo na região da Amazônia.

De acordo com o texto, o uso de fogo em vegetações pode ser autorizado nesse período em apenas três hipóteses: para controle fitossanitário (preservação ou defesa dos vegetais), prática de prevenção e combate a incêndios ou agricultura de subsistência executada por populações tradicionais e indígenas.

O Código Florestal vigente no país permite queimadas controladas em casos específicos, desde que autorizadas por órgãos ambientais competentes. Com a medida, a prática passa a ser mais restrita nos próximos dois meses, antes do início da estação chuvosa na Floresta Amazônica. Segundo declaração recente do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, a proibição definitiva de queimadas em períodos de seca é um assunto estudado pela pasta.

Pelos dados do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), desde janeiro foram registrados 83.329 focos de incêndios florestal no Brasil, o que representa um aumento de 77% em relação ao mesmo período de 2018. A suspeição pública por parte do presidente Bolsonaro de que os dados do instituto contenham erros e a demissão de Ricardo Galvão da presidência da entidade foram alguns dos fatores que geraram críticas às políticas ambientais do governo no primeiro semestre.

Nas últimas semanas outros episódios intensificaram o quadro, como as decisões dos governos da Noruega e Alemanha de suspenderem doações ao Fundo Amazônia – que patrocina projetos ambientais na região – por entenderem que o Brasil não está seguindo políticas pertinentes para impedir o aumento do desmatamento. Bolsonaro reagiu e chegou a dizer que a verba poderia ser utilizada para “reflorestar” o território alemão, além de associar o governo norueguês à matança de baleias.

Após tarde recente em que o céu da cidade de São Paulo escureceu  – e especialistas indicaram a presença no ar de fumaça de queimadas florestais como uma das causas do fenômeno -, uma crescente pressão internacional denunciou a ocorrência de queimadas na Amazônia, levando o assunto à cúpula do G7 por sugestão do presidente francês Emmanuel Macron.

Bolsonaro e outras autoridades do governo acusaram o chefe de Estado europeu de agir em interesse do setor agropecuário de seu país e desrespeitar a soberania brasileira. Uma doação de 20 milhões de dólares (cerca de 83 milhões de reais) do G7 para o combate de incêndios chegou a ser recusada pelo Planalto, mas nos últimos dias diversas medidas foram tomadas para sinalizar o esforço na preservação das florestas, incluindo o uso da Força Nacional no combate de queimadas.

Fonte: Veja

Reclamações contra operadoras sobem 6,4% no 1º semestre


O número de reclamações de cearenses contra operadoras de telefonia fixa e móvel, internet e TV por assinatura cresceu 6,4% no primeiro semestre deste ano em relação a igual período de 2018, de acordo com um levantamento realizado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Foram 36.414 queixas nos primeiros seis meses deste ano frente a 34.193 em igual período de 2018. Entre as operadoras, a Claro/Net foi a que mais teve reclamações em contas de celulares pós-pagos (36,9%) e na TV por assinatura (24,6%).

A Vivo recebeu mais queixas sobre serviços de telefonia móvel pré-paga (5,7%) e de telefonia fixa (30%). Já na banda larga fixa, a TIM aumentou em dez vezes o número de reclamações dos clientes, saltando de 12 para 138 queixas contra a provedora no período.

A Oi foi a única empresa que oferece todos os serviços e que registrou diminuição nas reclamações de consumidores de planos de celulares pré (- 13,9%) e pós-pagos (- 11,9%), além de telefonia fixa (-11,2%), banda larga fixa (- 32,3%) e TV por assinatura (-14,1%).

Em nota, a Tim informou que trabalha com foco em inovação e na constante evolução das plataformas de relacionamento. A Oi disse que empenha-se na expansão e na modernização da rede e no lançamento de serviços digitais para aprimorar a qualidade dos serviços. Procuradas pela reportagem, a Claro e a Vivo não se posicionaram até o fechamento desta edição.

Orientação

Ao se deparar com alguma instabilidade na prestação de serviços, os órgãos de defesa do consumidor recomendam que os clientes procurem a empresa e façam um protocolo de reclamação. Depois, é preciso aguardar o prazo para a resolução do problema. Se não houver resposta, é indicado procurar a Anatel.

"Muito provavelmente lá será resolvido, mas, caso não dê certo, é necessário acionar algum dos órgãos de defesa do consumidor ou, em último caso, a Justiça", diz o presidente da Comissão de Defesa do Consumidor da Ordem dos Advogados do Brasil, Secção Ceará (OAB-CE), Thiago Fujita.

Ele destaca que quando o serviço adquirido for considerado essencial para o cliente, a exemplo de quem usa internet e telefone para trabalho, o problema deve ser resolvido o mais rápido possível.

Para relatar problemas com os serviços fornecidos pelas empresas de telecomunicações, o cliente pode acessar o site ou o aplicativo da Anatel, ou ainda o consumidor.Gov.Br, plataforma do Governo Federal que visa solucionar conflitos pela internet.

Noticias ao Minuto

Casal é preso suspeito de receber bebê de 6 meses como pagamento de dívida de drogas


Um casal foi preso na tarde da terça-feira (27) suspeito de registrar um bebê de 6 meses que foi entregue pela mãe como forma de pagamento de uma dívida no tráfico de drogas, em Belém, no Brejo paraibano. De acordo com a Polícia Civil, o casal teria registrado o bebê no mês de julho, após a mãe da criança, uma adolescente de 15 anos, entregar o filho por não ter dinheiro para quitar a dívida.

Conforme a polícia, foram presos Edna Maria Borges de Lima, de 29 anos, e José Humberto Pedro dos Santos, de 18 anos. As investigações da polícia revelaram que a adolescente de 15 anos, mãe da criança, teria uma dívida de droga com os irmãos da suspeita Edna Maria.

O delegado Hugo Lucena explicou que, inicialmente, o bebê foi registrado sem o nome do pai na certidão. No entanto, em julho, um novo registro foi feito, dessa vez constando como pai do bebê o nome de José Humberto.

Os suspeitos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil de Belém, onde permanecem aguardando audiência de custódia. Segundo a polícia, o casal vai responder pelos crimes de constrangimento ilegal, falsidade ideológica e associação criminosa.

Ainda de acordo com a polícia, o bebê de seis meses foi entregue ao Conselho Tutelar de Belém, que deverá encaminhar a criança para realizar um exame de DNA.

Fonte: G1 PB

Mega-Sena acumula e deve pagar R$ 47 milhões neste sábado


Nenhum apostador acertou as seis dezenas do concurso 2.183 da Mega-Sena, que ocorreu nesta quarta-feira (28), em São Paulo. O prêmio para o próximo sorteio, no sábado (31), é estimado em R$ 47 milhões.

As dezenas sorteadas foram: 13 – 26 – 30 – 34 – 43 – 51.

A Quina saiu para 74 apostas e cada um vai levar R$ 42,64 mil. A quadra teve 6.087 ganhadores e cada um receberá R$ 740,57.

As apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica ou pela internet. A aposta mínima custa R$ 3,50.

(Agência Brasil)

quarta-feira, 28 de agosto de 2019

PROGRAMA HORA DA NOTÍCIA, QUARTA-FEIRA DIA 28/08, DÁ O PLAY ASSISTA E COMPARTILHE.

- Cachorro é atropelado e morto no centro de Orós

- Plantão policial de hoje e toda região

- Pastora é morta a tiros por ex-companheiro durante culto em igreja

- Mulher é presa suspeita de estuprar garoto de 12 anos; crime foi filmado

- Ceará deve internar apenas menores infratores reincidentes ou que atentem contra a vida

- Menina de 11 anos dá à luz após sofrer queda em escola e pai é apontado como suspeito de estupro

Mais de 100 aves são encontradas mortas em matagal no interior do Ceará


Mais de 100 aves foram encontradas mortas e depenadas em um matagal e quatro homens presos em flagrante com quatro espingardas e munições na cidade de Sobral, no interior do Ceará, no último domingo (25).

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), durante patrulhamento de rotina, policiais foram informados sobre disparos de arma de fogo em um matagal. Durante as buscas, os agentes encontraram os quatro homens, que fugiram quando viram a polícia.

Após perseguição, os suspeitos, identificados como Augusto César Correira Aguiar, Edvar Ferreira do Nascimento, João Batista de Araújo e Tarcísio Lino da Silva, foram presos. Quatro espingardas, uma faca, cinco tubos de pólvora, vários recipientes de espoleta e 121 cartuchos carregados de munição calibres 40, 36 e 32 foram apreendidos no carro dos suspeitos. A Polícia também encontrou 117 aves mortas já depenadas.

Eles foram conduzidos para uma unidade policial da região e autuados em flagrante por posse ilegal de armas de fogo e pelo artigo 29, referente ao crime ambiental. O caso foi transferido para a Delegacia Municipal de Pacujá.

Crime Ambiental

Segundo o Artigo 29 da Lei de Crimes Ambientais, quem matar, perseguir, caçar, apanhar, utilizar espécies da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória, sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente, poderá pegar pena de detenção de seis meses a um ano e multa.

Fonte: G1 CE

Ceará é único a indenizar ex-presos da ditadura


O Ceará é o único estado que ainda mantém ativa uma comissão para julgar processos de anistiados políticos. A informação é de Mário Albuquerque, 70, presidente da Comissão Especial de Anistia Wanda Sidou (Ceaws). "Apenas a daqui está em funcionamento, mas há articulações em diversos estados para a continuidade das apreciações", revela Albuquerque, também ex-preso político e anistiado há 40 anos pela Lei 6.683, de 28/8/1979. Legislação polêmica e assinada pelo general João Batista Figueiredo — último dos presidentes dos vinte e um anos de ditadura militar no Brasil (1964-1985).

Desde a instalação da Comissão no Ceará, em 2002, até o mês passado, foram protocolados 487 pedidos de indenizações por conta de denúncias de perseguições políticas em território cearense no período de 1961 a 1979. No entanto, apenas 285 processos foram deferidos com o pagamento total de R$ 7.162 milhões.

No começo deste mês (9/8), um projeto de Lei do governador Camilo Santana (PT) propondo a reestruturação da Comissão de Anistia Wanda Sidou foi aprovado por unanimidade na Assembleia Legislativa do Ceará. Criada pela Lei 13.202/2002, a Ceaws tinha data para acabar.

De acordo com Mário Albuquerque, uma emenda do deputado estadual Renato Roseno (Psol) eliminou o "prazo para entrada de pedido de indenização — que já havia expirado desde 2004 deixando prejudicadas diversas pessoas".

A Comissão, conta Albuquerque, "continuou funcionando por causa da dificuldade dos requerentes em fazer prova do alegado. Boa parte dos arquivos dos órgãos estaduais locais, que atuaram na repressão política aos opositores da ditadura, continuam fechados. Caso da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, sem falar em muitos documentos inacessíveis do Exército, Marinha, Aeronáutica e Polícia Federal".

Com a mudança do prazo, "a qualquer tempo, quem se julgar vítima e conseguir provar os abusos cometidos durante os anos de chumbo pode protocolar o pedido. Como ocorre com a lei federal que não estipula intervalo para a demanda de reparação", compara Mário Albuquerque que foi conselheiro da Comissão de Anistia do Governo Federal.

Outro argumento que serviu de base para a reformulação da Lei, foi o fato da "tortura ser crime de lesa humanidade e portanto imprescritível".

O Projeto de Lei original do governo cearense também incluiu um representante do Conselho Regional de Psicologia e um da Universidade Estadual do Ceará (Uece) entre os, hoje, 13 membros da Comissão Wanda Sidou. À Uece, detalha Albuquerque, caberá a sistematização da "memória produzida" pelas narrativas e documentos gerados. "Sem exclusão do engajamento de outras universidades".

Ao Conselho Regional de Psicologia, à missão de avaliar os enredos e a repercussão de supostos atos de "torturas" e outros "traumas" relatados pelas as vítimas nos processos e depoimentos. Além disso, a Ceaws passou para o guarda-chuva da Secretaria Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS). Antes, estava subordinada à Secretaria da Justiça, que foi extinta.

Mário Albuquerque, que foi condenado a 34 anos de prisão em 1971 por envolvimento com ações do Partido Comunista Brasileiro Revolucionário (PCBR), critica quando o presidente Jair Bolsonaro (PSL) "usa de má-fé e manda que o requerente escolha uma comissão para entrar com o pedido".

Além de tratarem de casos de natureza diferentes, "os estados são entes jurídicos distintos e autônomos", diz. A Comissão Federal "tem caráter de reparação das perdas econômicas e trabalhistas". Já a Estadual, "exclusivamente, de indenizações por prisão e tortura". Quando a Lei da Anistia chegou, Mário Albuquerque tinha cumprido nove anos de presídio (IPPS). "Era pra ter saído no dia 28 agosto de 1979, mas só sai dois meses depois", ressente.

Entenda a diferença

COMISSÃO FEDERAL DE ANISTIA

A indenização federal tem caráter de reparação pelas perdas de natureza econômicas e trabalhistas. É o caso de quem foi demitido ou compelido a abandonar emprego ou deixou de ser contratado por motivos, exclusivamente, políticos. O anistiado terá direito a: Prestação Mensal Permanente e Continuada (PMPC) ou a de reparação Prestação Única (PU), valor mínimo de 30 salários mínimos a no máximo 100.000,00. É aplicada a, excluída a hipótese anterior, quem sofreu perseguições de caráter geral, inclusive prisão, exílio, clandestinidade, exclusão escolar e outras, que lhe trouxeram prejuízos na sua vida civil.

COMISSÃO ESTADUAL DE ANISTIA

É de caráter indenizatório, exclusivamente, por prisão e tortura, não abrangendo, pois, as perseguições de outras naturezas, razão, inclusive, pela qual os estados a considerem como de caráter meramente simbólico, variando de R$ 5.000,00 a R$ 30.000,00. Além de se tratar de casos diferentes, os estados são entes jurídicos distintos e autônomos, não procedendo, pois, o entendimento do atual governo de mandar o requerente optar entre uma e outra.

Fonte: O Povo


Ministério Público faz operação em cidades do Cariri na manhã desta quarta, 28

O Ministério Público do Estado do Ceará faz uma operação em pelo menos quatro cidades na manhã desta quarta-feira (28). A ação é da Procuradoria dos Crimes Contra Administração Pública (Procap), que faz parte do órgão. Ainda não há maiores detalhes sobre possíveis mandados de busca e apreensão ou prisão. Os agentes estiveram em Juazeiro do Norte, Crato, Farias Brito e Antonina do Norte, ao menos. 

Miséria

Pastora é morta a tiros por ex-companheiro durante culto em igreja


Uma pastora de 48 anos foi morta a tiros dentro de culto evangélico na noite dessa terça-feira (27/08), em Aquidauana, a 135 quilômetros de Campo Grande (MS). O ex-marido é suspeito. Com informações do Campo Grande News.

Rose Meire Fermino de Andrade Mendonça foi atingida por três dos quatro tiros disparados por ex-companheiro identificado como Carlos Alberto Mendonça, de 58 anos. 

A Igreja Pentecostal Bandeira da Vitória, onde ocorreu o crime fica no bairro Nova Aquidauana e estava lotada de fieis. 

A pastora foi surpreendida enquanto pregava e chegou a ser socorrida por testemunhas, mas morreu antes mesmo de chegar ao Hospital Regional de Aquidauana.

O suspeito ainda não foi localizado pela Polícia Militar. 

O caso será registrado como feminicídio na delegacia da cidade.

180 graus

Mulher é presa suspeita de estuprar garoto de 12 anos; crime foi filmado


Uma mulher suspeita de estuprar um garoto de 12 anos foi presa nessa segunda-feira (26), em Vitória da Conquista (BA). O crime foi filmado por dois adolescentes e o vídeo compartilhado em redes sociais. Com informações do G1.

De acordo com a Polícia Militar, a mulher, conhecida como "Rosa Cigana", confessou o crime e informou que dois menores de 12 e 17 anos participaram da filmagem do crime. Eles foram apreendidos.

Conforme informações da polícia, todos os envolvidos foram levados para a Delegacia de Vitória da Conquista.

A suspeita vai responder pelo crime de estupro de vulnerável.

180 graus

Refém é jogado para fora do próprio carro durante perseguição policial


Um homem que estava sendo feito refém durante um assalto foi jogado por criminosos de dentro do próprio veículo durante uma perseguição policial que teve início na Rua Catolé, no Conjunto Palmeiras, em Fortaleza, na noite desta terça-feira (27). Um suspeito foi preso e um adolescente apreendido durante a ação.

 De acordo com a polícia, agentes que realizavam o patrulhamento na região suspeitaram da atitude dos ocupantes de um veículo Pálio e deram ordem de parada. O condutor não obedeceu e saiu em alta velocidade.

 Durante a fuga, o proprietário do carro foi jogado com o veículo em movimento próximo ao Anel Viário. O homem foi socorrido para o Instituto Doutor José Frota (IJF), no Centro, com vários ferimentos pelo corpo.

 Já os suspeitos foram cercados pela polícia e capturados. Um deles é um adolescente de 16 anos. A dupla foi encaminhada para a Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA), e o carro foi recuperado.

 

 

G1


É CASO DE POLÍCIA EM TODA REGIÃO DESTA QUARTA-FEIRA DIA 28/08/2019


DESTAQUES:

  
- Em Iguatu: Menor de 14 anos é detido após roubar bolsa; Carro capota várias vezes no distrito de Alencar deixando 4 vítimas feridas; Mulher é assaltada na Rua Dr. João Pessoa; Homem é preso por desacato.

  
- Em Várzea Alegre: Após chegar de festa homem agride companheira com tapas, socos e puxões de cabelo; Jovem tem celular roubado na calçada de casa na Rua Coronel Pimpim.



Portal Orós com informações do Quartel do 10º BPM, Iguatu – CE, 28 de AGOSTO de 2019.

Ceará deve internar apenas menores infratores reincidentes ou que atentem contra a vida


Uma portaria publicada pela Superintendência do Sistema Estadual de Atendimento Socioeducativo do Ceará (Seas) no Diário Oficial do Estado (DOU), nesta segunda-feira (26), trouxe mudanças na regulamentação inerente à internação de adolescentes infratores. Agora, é mais provável que só sejam mantidos nos equipamentos aqueles que reincidirem na criminalidade ou cometerem ações contra a vida das vítimas, a exemplo de latrocínio ou homicídio.

As mudanças, impostas a partir da decisão do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), que determinou que os centros educativos não podem manter taxa de ocupação superior à média de 119%, deve modificar a rotina de trabalho dos juízes das Varas da Infância e da Juventude do Ceará, mantendo em liberdade muitos infratores.

Conforme documento da Central de Regulação de Vagas, das 18 unidades para acolhimento dos jovens infratores no Ceará, 10 estão superlotadas, sendo três com ocupação acima de 119%. Para o juiz Manuel Clístenes, titular da 5ª Vara da Infância e da Juventude da Comarca de Fortaleza, a medida pode interferir na segurança pública. "Deixar esses adolescentes soltos pode, sim, trazer a sensação de impunidade", comenta.

Clístenes destaca que, quando a vaga for negada, os juízes terão duas opções: deixar o adolescente em internação domiciliar, ou decidir por uma medida em meio aberto. O magistrado garante que o Ceará precisa, urgentemente, criar mais vagas nos centros educativos.

Novos centros previstos

Por nota, a Seas informou que a portaria publicada no Diário Oficial é resultado de um fluxo de tratativas junto aos órgãos do Judiciário. A pasta informou que "para além do regulamento do funcionamento da Central de Regulamentação de Vagas, a portaria informa acerca do sistema informatizado desenvolvido por esta Superintendência, o qual será disponibilizado aos órgãos do Sistema de Justiça, possibilitando a consulta das vagas disponíveis no Sistema Socioeducativo".

Sobre a construção de novos centros, a Seas informou que existe previsão para construções de duas unidades, com recursos do Programa de Apoio às Áreas Sociais (Proares).

Fonte: G1 CE

Menina de 11 anos dá à luz após sofrer queda em escola e pai é apontado como suspeito de estupro


A Polícia Civil investiga um crime de estupro de vulnerável na cidade de Luís Correia, Litoral do Piauí, após uma menina de 11 anos dar à luz um bebê prematuro de seis meses. Segundo o delegado João José Pereira, os professores da escola em que a vítima estuda notaram um comportamento estranho e acionaram o Conselho Tutelar que denunciou o caso à polícia.

"A direção da escola informou que a criança entrou na escola no início deste ano e que os professores notaram que ela apresentava um comportamento estranho. A criança não interagia com outras e no dia 12 de agosto, durante uma aula de atividade física caiu e apresentou um sangramento. Os professores perceberam que menina apresentava uma barriga diferente e acionaram o Conselho Tutelar", contou.

De acordo com o delegado, foram ouvidos a conselheira, os professores e direção da escola. Em seguida a menina foi encaminhada para fazer exame de corpo de delito, que constatou a gravidez e ela precisou passar por uma cesariana.

“O principal suspeito do crime é o próprio pai da criança, que segundo os professores, apresentava um comportamento muito estranho, exibia um carinho exagerado. Todos os dias deixava e buscava a criança na escola. A menina morava com o pai e a madrasta”, disse o delegado.

Conforme o delegado, o pai estaria realizando rondas no hospital em que a criança está internada. Por medida de segurança, a direção acionou o Conselho Tutelar, que vem acompanhando a vítima e o bebê.

“O pai ainda não foi preso, porque não houve o flagrante”, explicou o delegado.

Fonte: G1 PI

Após interesse do Barbalha, goleiro Bruno é anunciado por time mineiro

O interesse do Barbalha em contratar o goleiro Bruno não se concretizou. Nesta terça-feira (27), o Poços de Caldas FC, time de Minas Gerais, anunciou oficialmente a contratação do arqueiro, que já posou com a camisa do novo clube.
De acordo com o Globoesporte.com, Bruno se juntará em breve ao elenco do time mineiro, que disputará a terceira divisão do Campeonato Mineiro no segundo semestre do ano que vem.
Em contato com a reportagem, a advogada Mariana Migliorini, que representa o goleiro Bruno, confirmou o acerto, mas disse que o goleiro deve treinar em Varginha e que, em caso de jogos fora da cidade, apresentará um pedido à Justiça.
INTERESSE DO BARBALHA

O Barbalha, time que disputará a Primeira Divisão do Campeonato Cearense no ano que vem, estava negociando a contratação do goleiro Bruno Fernandes para 2020. O clube abriu uma enquete por meio de rede social para perguntar se a torcida aprovava a contratação do goleiro para o estadual de 2020.

Bruno foi preso em setembro de 2010 e condenado em março de 2013 pelo homicídio triplamente qualificado de Eliza Samudio e pelo sequestro e cárcere privado do filho Bruninho. Ele também havia sido condenado por ocultação de cadáver, mas esta pena foi extinta, porque a Justiça entendeu que o crime prescreveu sem ser julgado em segunda instância.
"O Barbalha Futebol Clube acredita no potencial do profissional Bruno Fernandes de Souza, e tem a plena certeza de sua recuperação e na reintegração dentro da sociedade e no futebol, nós que fazemos o esporte dentro de um país que passa por mudanças políticas e comportamentais não podemos esquecer a nossa essência maior de uma povo generoso e acolhedor, principalmente o povo Nordestino", havia postado o clube em rede social.

Diário do Nordeste

Preso em Brejo Santo irmão que matou outro por causa de uma escada. Veja o flagrante


Pouco mais de 48 horas após matar o seu próprio irmão no bairro da Paz em Salvador (BA), o jovem Waldenir Gomes de Oliveira, de 27 anos, foi preso às 16h30min desta terça-feira em Brejo Santo. A placa PKG-1247 do veículo Sandero da Renault de cor vermelha já tinha sido inserida no sistema de vídeomonitoramento da Secretaria de Segurança Pública após informações da Polícia Militar da Bahia que o mesmo tinha fugido na direção do Ceará.

Quando Waldenir passava numa das câmeras, o sistema acusou e uma patrulha da PM comandada pelo Major L. Rodrigues partiu em diligências até interceptar o carro na BR-116 mais precisamente no Sítio Lagoa do Mato. O rapaz confessou ter matado o irmão Anderson Gomes de Oliveira com um tiro na cabeça e disse que estava indo deixar a esposa na casa de familiares dela no município de Iguatu. Depois, segundo afirmou, se entregaria à polícia de Salvador.

Numa rápida conversa com o Comandante da Companhia de Brejo Santo, Waldenir falou que o seu pai está internado num dos hospitais da capital baiana após cirurgia da vesícula. Por conta disso o seu genitor teria deixado ele, uma irmã e seu cunhado por conta da casa em que mora e foi lá o local do crime de fratricídio. De acordo com o acusado, o seu irmão é usuário de drogas e ali chegou pedindo um café da manhã neste domingo.

Conforme acrescentou, sua irmã quis saber em relação a uma escada do pai que Anderson tinha levado e o mesmo falou que ía derrubar um coqueiro e, depois, traria de volta. Entretanto, ainda de acordo com o relato, passou a discutir por motivos banais com o seu irmão Waldenir quando este sacou uma arma de fogo e atirou. Após confessar o crime falou em arrependimento e coube ao Major L. Rodrigues apresentar ao mesmo o mandado judicial assinado ontem.

Veja o flagrante da abordagem


Miséria

terça-feira, 27 de agosto de 2019

Seguindo PROGRAMA HORA DA NOTÍCIA, TERÇA-FEIRA DIA 27/08




- Equipe da elite cearense quer contratar goleiro Bruno, ex-Flamengo, que está em regime semiaberto

- Em Icó Caminhão tomba e tem carga saqueada na BR 116

- Atenção anjos do bem vamos ajudar dona Zefinha?

- 57% das vítimas de estupro no Ceará são meninas de até 14 anos

Polícia apreende armas de fogo em Barbalha e Assaré

O plantão policial das últimas horas registrou as apreensões de armas de fogo nos municípios de Barbalha e Assaré. No final de semana as equipes RAIO 02 e Fiscal patrulhavam pela estrada do Sítio Pinheiro (Distrito do Caldas) na zona rural de Barbalha quando duas pessoas tentaram fugir numa moto que foi interceptada. Afonso Pinheiro dos Santos pilotava uma Honda Bros de placa HXR-7737 e estaria com uma espingarda numa bolsa.

Só que ele chegou a abandonar o veículo durante a perseguição e foi localizado depois já sem a arma quando disse ser apenas de pressão e tinha deixado na casa do amigo José Erinaldo da Silva no Sitio Riacho do Meio. Na chegada dos PMs, Erinaldo fugiu e a polícia apreendeu, também, uma espingarda calibre 36 e sete munições, sendo três intactas. Afonso foi trazido à 20ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Juazeiro do Norte com as armas.

Antes, a Polícia Civil de Assaré prendeu o aposentado João Delfino Lima, de 71 anos, o “João Galo”, residente no Sítio Jatobá na zona rural do município. Ele ameaçou matar com um tiro sua vizinha e cunhada Francisca Irene Delfino, de 83 anos, que registrou um Boletim de Ocorrência na Delegacia de Assaré. Os inspetores estiveram na residência do acusado e apreenderam uma espingarda tipo socadeira e o levaram à delegacia.




Por Demontier Tenório - Miséria.com.br

57% das vítimas de estupro no Ceará são meninas de até 14 anos


Meninas de até 14 anos são as principais vítimas de estupro no Ceará. Em 2017 e 2018, foram denunciados 2.029 casos tendo como vítimas crianças e adolescentes do sexo feminino nessa faixa etária, apontam dados da Assessoria de Análise Estatística e Criminal (AAESC) da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). Os casos de vítimas do sexo feminino em geral reuniram 3.048 denúncias, ou seja, 83% de todos os registros.

As estatísticas, tornadas públicas através da Lei de Acesso à Informação (LAI), mostram que, nesses dois anos, foram registradas em delegacias cearenses (seja em boletim de ocorrência, inquérito policial ou ato infracional) 3.545 denúncias, de ambos os sexos, de estupro e estupro de vulnerável — quando a vítima é menor de 14 anos ou não pode oferecer resistência, seja por enfermidade, deficiência mental ou outro, conforme preceitua o artigo 217-A do Código Penal Brasileiro (CPB). Há 908 registros de estupro contra mulheres e 2.140 registros de estupro de vulnerável vitimando pessoas do sexo feminino. Foram 239 as mulheres com mais de 14 anos vítimas de estupro vulnerável nesse período.

Além de 66% das vítimas do sexo feminino terem até 14 anos, quando considerado também as vítimas entre 14 e 18 anos, a proporção, com relação ao total de estupros, torna-se ainda maior: 79,5% são menores de idade. Em 2017 e 2018, foram ao todo 2.424 casos com vítimas de até 18 anos. Menores de 14 anos também são ampla maioria entre os estupros que vitimam pessoas do sexo masculino. De 497 casos, 397, ou seja, 79,8%, foram registrados contra meninos de até 14 anos. Apenas 8% do total de vítimas de estupro do sexo masculino têm mais de 18 anos.

Além da idade, os dados disponibilizados descrevem ainda a escolaridade e a raça das vítimas, assim como o município onde o crime foi registrado. Quando considerado apenas mulheres com mais de 18 anos — o que soma 547 casos —, 25% (ou seja, 137 vítimas) têm como grau de estudo o ensino médio completo. Em seguida, vêm aquelas que têm apenas a alfabetização: 17%, ou seja, 95 casos. Com relação à raça, a maioria das vítimas não informa a raça — 2.025, ou seja, 66%. Daquelas em que consta raça, as pardas formam maioria. São 716 vítimas que se declararam pardas, o que equivale a 69,9% daquelas que manifestaram a cor. Brancas são 25% e pretas, 3,9%.

Município mais populoso do Estado, Fortaleza também é quem mais registra estupros: foram 828 em 2017 e 2018. No entanto, entre os quatro municípios com mais de 100 mil mulheres no Estado, conforme o Censo 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a Capital é a que tem a menor taxa proporcional. Com 63,4 estupros a cada 100 mil pessoas do sexo feminino, Fortaleza está atrás de Maracanaú, que tem 79,5 estupros por 100 mil e 84 casos registrados ao todo; Juazeiro do Norte, com 90,4 estupros por 100 mil e 119 casos; e Caucaia, a recordista, com 91 estupros por 100 mil e 151 casos ao todo. A taxa média de estupros no Estado é de 70,29 estupros a cada 100 mil mulheres.

Neste ano, até julho, foram 1.087 registros de crimes sexuais (contando estupro, estupro de vulnerável e exploração sexual de menor) no Estado, conforme dados da SSPDS.

Fonte: O Povo