}); PORTAL ORÓS: Chuva com ventos de 78,8 km/h causam estragos em cidade no interior do Ceará

segunda-feira, 21 de outubro de 2019

Chuva com ventos de 78,8 km/h causam estragos em cidade no interior do Ceará



Uma chuva com forte ventania causou estragos neste domingo (20) em Jaguaribe, no interior do Ceará. Segundo a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), a cidade teve ventos de 78 quilômetros por hora.

A ventania causou estragos em diversos pontos da cidade, arrancado telhados, e ocasionando derrubada de placas de estabelecimentos, postes e da torre de comunicação da Polícia Militar.

De acordo com a PM, os bairros mais atingidos foram Cruzeiro, Curralinho e Centro. Apesar da queda da torre no prédio do batalhão policial, a comunicação no local não foi comprometida e ninguém ficou ferido.

Conforme o subtenente Fábio, do Corpo de Bombeiros, o fenômeno teve início por volta das 16h30 e durou cerca de 40 minutos. O Subtenente Jessie James isolou as áreas onde ocorreram os estragos e a Enel foi acionada para fazer o desligamento da energia.

Ainda segundo testemunhas, o vento também arrancou o teto das quadras esportivas de duas escolas do município.

Em nota, a Enel informou que aumentou o número de equipes em campo e a maior parte dos clientes já teve o serviço normalizado.

Na Escala de Beaufort, que classifica a intensidade dos ventos, a esta velocidade, a rajada pode ser designada como ventania forte, causando danos em árvores e construções, além de mar revolto de até 9 metros, conforme passado pela Funceme..

Previsão

A Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) havia previsto a possibilidade de chuvas neste fim de semana em macrorregiões do Ceará, como Jaguaribe, de acordo com boletim divulgado no site do órgão na última sexta-feira (18).

A previsão da Funceme, para este domingo, seria de nebulosidade variável com possibilidade de chuva na faixa litorânea, Ibiapaba, na região Jaguaribana, no Cariri e também nos Inhamuns.

Além disso, segundo a Fundação, não há cenário para precipitações constantes, mas sim passageiras e com intensidade variando de fraca a moderada.

Fonte: G1 CE

Nenhum comentário:

Postar um comentário