}); PORTAL ORÓS: Quase oito mil cearenses utilizam bloqueio de telemarketing

segunda-feira, 3 de junho de 2019

Quase oito mil cearenses utilizam bloqueio de telemarketing


Uma ligação indesejada no trabalho, na reunião de amigos ou até mesmo na hora de dormir. O recebimento de chamadas de empresas que vendem serviços e produtos costuma incomodar o possível cliente. Pensando nisto, o Ministério Público do Ceará, através do Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Decon), oferece um sistema de bloqueio de marketing, conhecido como Lista Antimarketing. Cerca de 7.599 consumidores cearenses utilizam o sistema.
 
O analista de processos Henrique Alexandre Borges procurou o serviço do Decon porque costumava receber cerca de 17 ligações indesejáveis por dia. “Teve uma empresa que ficou persistindo. Depois do cadastro eu percebi de reduziram bastante as ligações, que passaram a ser, no máximo, duas por semana, as vezes menos que isso”, compartilha.
 
João da Silva, vendedor, ficou sabendo da Lista Antimarketing em uma matéria na televisão e fez o cadastro. Antes, uma operadora telefônica costumava ligar seis vezes ao dia para oferecer serviços. “Depois que eu fiz o cadastro, passou um mês do mesmo jeito e parou, apesar de ter recebido uma ligação desta empresa semana passada”, afirma.
 
A secretária-executiva do Decon, Ann Celly Sampaio, afirma que, desta maneira, os consumidores têm a liberdade de decidir se querem ou não receber publicidade via e-mail ou telefone. “A empresa só vai remeter e-mail, por exemplo, para quem quiser receber. E essa propaganda tem muito mais eficácia, pois não é uma propaganda que vai aborrecer a pessoa que recebe”, diz.
 
A Secretaria Nacional do Consumidor (Senacom) realizou uma pesquisa em âmbito nacional, entre os dias 10 e 30 de abril, para recolher dados acerca de ligações indesejadas de telemarketing recebidas por consumidores. Cerca de 92.5% dos entrevistados afirmaram receber ligações indesejadas e 80,6% respondem chamadas que ficam mudas ou que caem quando atendidas. O questionário foi divulgado na internet e recebeu 3.220 respostas.
 
Clique aqui para se cadastrar. 

Fonte: CN NEWS

Nenhum comentário:

Postar um comentário