}); PORTAL ORÓS: PLANTÃO GRAMATICAL COMPLETA 37 ANOS A SERVIÇO DO USO CORRETO DA LÍNGUA PORTUGUESA EM FORTALEZA

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

PLANTÃO GRAMATICAL COMPLETA 37 ANOS A SERVIÇO DO USO CORRETO DA LÍNGUA PORTUGUESA EM FORTALEZA



Plantão Gramatical completa neste mês de setembro 37 anos em Fortaleza. Atualmente, cinco professores atendem de segunda-feira a sexta-feira, das 8 às 17h. As dúvidas podem ser respondidas por telefone, pessoalmente ou por fax. O serviço nasceu com o objetivo de auxiliar a comunidade a respeito do uso correto da língua portuguesa e registrou mais de 683 mil atendimentos nesse período.

Fundado em setembro de 1980, pelo então presidente da Fundação Educacional de Fortaleza (Funefor), hoje Instituto Municipal de Desenvolvimento de Recursos Humanos (Imparh), Agnello Neves, o Plantão Gramatical foi pioneiro no Brasil. Atualmente, contabiliza uma média de 1.000 consultas mensais, tirando dúvidas sobre ortografia, morfologia, sintaxe, semântica e demais assuntos da língua portuguesa. Neste ano, contabilizou, até agosto, 8.021 consultas.

Para o presidente do Imparh, Fábio Braga, “o atendimento prestado pelo Plantão Gramatical é de grande importância e realizado com excelência. Prova disso é a confiabilidade que os consulentes têm nas informações prestadas pelos nossos professores”, avalia o gestor, que também destaca a qualidade da equipe do Plantão Gramatical, composta por professores especialistas, mestres e doutores na área de português.

Ao longo de sua existência, o Plantão Gramatical atendeu usuários de outros municípios e estados brasileiros, além de registrar atendimentos a pessoas de outros países. Veículos de comunicação, como os jornais O Estado de São Paulo e O Globo e a rádio BBC, de Londres, já publicaram matérias sobre o Plantão Gramatical de Fortaleza, firmando o serviço como referência.

Público diverso

O público que consulta o Plantão Gramatical é diverso. São estudantes, universitários, concurseiros, advogados, professores, magistrados, jornalistas, escritores e profissionais das mais diversas áreas que procuram atendimento na hora daquela dúvida sobre o uso correto do português. Armando Damasceno, gerente do Plantão, ressalta que “o serviço foi muito bem recebido pela sociedade desde o princípio, revelando que as dificuldades com a língua escrita não são privilégio dos estudantes do ensino fundamental e médio”, analisa.

O número de telefone, meio mais usado, continua o mesmo desde a sua fundação: 3225-1979.


Por: G1 CE

Nenhum comentário:

Postar um comentário