}); PORTAL ORÓS: Agricultor foi morto a tiros em Mauriti e o corpo encontrado perto de sua moto

terça-feira, 7 de agosto de 2018

Agricultor foi morto a tiros em Mauriti e o corpo encontrado perto de sua moto


Quase um mês após novo homicídio foi registrado na zona rural de Mauriti. Por volta das 6 horas desta segunda-feira foi encontrado o corpo do agricultor João Paulo Gonçalves da Silva, de 27 anos, que residia no Sítio Caldeirão (Distrito de Umburanas) naquele município. O mesmo estava em um matagal nas imediações da rodovia estadual de acesso àquela localidade e a uma distância média de 50 metros em relação à sua motocicleta a qual tinha sido encontrada ainda pela madrugada.

Familiares do agricultor ligaram para a polícia e uma patrulha com os Soldados Cavalcante, Handerson e S. Neto esteve no local. O Corpo apresentava lesões na cabeça e próximo a uma poça de sangue, sendo que, na Perícia Forense de Juazeiro, foi notada uma perfuração à bala. João Paulo não tinha passagem pela polícia e o caso está envolto em mistério, mas diante de uma tese inicial de latrocínio.

Este foi o primeiro homicídio do mês de agosto em Mauriti e o 11º do ano no município ou 84,6% em relação aos 13 assassinatos registrados no decorrer do ano passado. O último deste ano tinha acontecido no dia 9 de julho com a morte no Hospital Regional do Cariri em Juazeiro do aposentado José Ferreira de Albuquerque, de 62 anos, o “Errado” que morava no Distrito de Palestina em Mauriti. O mesmo era alcoólatra e foi vítima de espancamento naquela localidade.

IDENTIFICAÇÃO - Por outro lado foi identificado por meio do exame de papiloscopia o corpo do homem encontrado às 11 horas de domingo na localidade denominada Café da Linha na zona rural de Milagres. Trata-se de Antonio Vanderle do Nascimento, de 36 anos, que residia na Rua Florêncio de Alencar no centro de Barbalha, cuja causa da morte foi indeterminada. Não existia marcas de violência e a o mesmo respondia um procedimento contra a Lei Maria da Penha.



Por Demontier Tenório - Miséria.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário