sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

Sete funcionários da Vale são presos em investigação sobre Brumadinho


Sete funcionários da Vale foram presos na manhã desta sexta-feira (15) em uma investigação sobre o rompimento da barragem de Brumadinho, segundo informações do "Bom Dia Brasil". Por volta das 9h, uma oitava pessoa é procurada.

A operação está sendo feita em Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro. Doze mandados de busca e apreensão e oito de prisão estão sendo cumpridos.

Um dos alvos da operação, Alexandre de Paula Campanha, foi preso em casa, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte.

Em depoimento à polícia, o engenheiro Makoto Namba, que trabalha para a TÜV SÜD, disse que se sentiu pressionado por Campanha a assinar o laudo de estabilidade da barragem de Brumadinho.

O número de mortos identificados subiu para 163 nesta quinta. O número de desaparecidos caiu, mas ainda é de 147 pessoas. Já o número de mortes confirmadas se manteve em 166.

Fonte: Notícias ao Minuto

Deputado Guilherme Landim é o novo líder do PDT na Assembleia Legislativa


O deputado Guilherme Landim (PDT) é o novo líder da bancada do PDT na Assembleia Legislativa do Estado do Ceará. O anúncio foi feito pelo presidente estadual do partido, André Figueiredo, no Comitê de Imprensa da AL, na tarde desta quarta-feira (14/02), em reunião que contou com 13 dos 14 deputados pedetistas.

 Guilherme Landim afirmou ter a exata dimensão do tamanho de sua responsabilidade como novo líder do partido, uma vez que o PDT constitui a maior bancada da AL. “É, sem dúvida nenhuma, o partido que dá a base de sustentação, dá o esteio para o governador Camilo Santana fazer esse grande trabalho”, ressaltou.

“Da minha parte, pode ter certeza de que vou trabalhar todos os dias para honrar a confiança de vocês e ser esse elo, para que possamos, aqui na Assembleia Legislativa, replicar todos os posicionamentos do nosso partido em nível nacional; para que possamos aqui, com a responsabilidade que o partido sempre teve e que esses parlamentares aqui têm, de verdade, contribuir com o nosso País, com sugestões, com críticas construtivas, como a gente já tem feito ao longo desse início de mandato”, enfatizou.

Guilherme Landim também adiantou que está “praticamente definido” que o PDT formará bloco partidário com o PPS e o DEM.

O presidente da AL, deputado José Sarto (PDT), parabenizou o parlamentar pela liderança e destacou o talento de Guilherme Landim. “Eu acho que nós, como deputados do PDT, ganhamos muito. Não só pela sua jovialidade, mas ele já teve a experiência de dirigir seu município e, com certeza, com sua juventude e vocação, vai nos ajudar e muito”, salientou.

Segundo o presidente estadual do PDT, André Figueiredo, a escolha de Guilherme Landim para a liderança do partido foi uma decisão unânime da Executiva Estadual do partido e da bancada dos deputados da AL. “Ele certamente corresponderá, com sobra, às expectativas que nosso partido tem em relação à postura, à habilidade, à coordenação e à respeitabilidade que nossa bancada certamente terá aqui na Assembleia e terá também perante a população”, pontuou.

O evento contou com a presença de todos os deputados estaduais do PDT que estão no exercício do mandato.

LIDERANÇAS

Já foram definidos os líderes de 11 partidos na Assembleia Legislativa: David Durand (PRB), Soldado Noelio (Pros), Renato Roseno (Psol), Bruno Gonçalves (Patri), Fernanda Pessoa (PSDB), Dra. Silvana (PR), Delegado Cavalcante (PSL), Heitor Férrer (SD), Érika Amorim (PSD), Elmano Freitas (PT) e Audic Mota (PSB). Na última segunda-feira (11/02), o deputado Júlio César Filho (PPS) assumiu a liderança do Governo na AL.

BD/CG

Dois açudes sangram no Ceará nesta quinta-feira


Moradores de Palmácia gravaram o açude Germinal sangrando, nesta quinta-feira, 14. Segundo boletim da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), ele atingiu 100,14% de sua capacidade, de 2.014.427 metros cúbicos. O Tijuquinha, em Baturité, também passou pelo evento, chegando a 100% de seu volume, de 881.235 metros cúbicos, segundo a Secretaria de Recursos Hídricos.

Essa não é primeira vez que o Germinal sangra em 2019. De 30 de janeiro a 2 de fevereiro deste ano, o açude registrou a mesma porcentagem desta quinta. Neste ano, ele permaneceu com volume acima de 90%, mesmo com a diminuição de chuvas nos últimos dias desta quadra chuvosa.

Já para o Tijuquinha, o evento dá prosseguimento a um padrão de diminuição gradativa de volume, que começa em julho e vai até dezembro, chegando a menos de 5% de sua capacidade. A partir de janeiro, o nível do reservatório começa rapidamente a subir até começar a quadra chuvosa, de fevereiro a maio, e superar os 90%.

Moradores registraram o ocorrido em Palmácia e compartilharam nas redes sociais. "É lindo, tem outra palavra, não", diz Marilza Nobre, moradora da região.

Apesar de registrarem os mais altos níveis de água, Germinal e Tijuquinha não foram os que mais receberam aporte nesta quinta. Neste caso, são eles: Itaúna, Tucunduba, Batente, Gameleira e São José I.

Além deles, os açudes Jenipapo e Cocó, que sangrou no último dia 8, estão com níveis elevados,chegando a 91,94% e 93,8%, respectivamente, nesta quinta.

Abastecimento abaixo de 30%

Os demais 104 açudes estão com volume inferior a 30%, no Estado. Desses, 15 estão secos e 29 em volume morto.

Quatro bacias registraram volume percentual inferior a 10%. São elas: Alto Jaguaribe (5,82%), Banabuiú (6,89%), Médio Jaguaribe (3,68%) e Sertões de Crateús (5,33%).


Fonte: O Povo

Jovem sai para comprar espetinho e morre atingido por bala perdida


Um jovem de 22 anos morreu ao ser baleado, na noite desta quinta-feira (14), enquanto comprava um espetinho no bairro Bom Jardim, em Fortaleza. Segundo a Polícia Militar, quando a vítima retornava para casa, houve troca de tiros entre uma dupla que passava de moto e um homem que se encontrava na rua. O jovem, que não era o alvo, teria sido atingido por uma bala perdida.

A vítima foi identificada como Vitor Hugo Martins Cruz. Ele estava retornando para casa quando levou um tiro no peito. Ele morreu no local.

De acordo com testemunhas, o crime aconteceu por volta das 22h. O suspeito fugiu em seguida. Os supostos alvos do atirador não ficaram feridos e também fugiram.

Segundo familiares, Vitor Hugo era casado e pai de uma criança.

Policiais militares realizam buscas na região para tentar identificar e capturar o autor dos tiros.


Fonte: Diário do Nordeste

Enel propõe reajuste de 10,53% na conta de luz, decisão sairá em abril


A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) realizou hoje (14/2), em Fortaleza, sessão presencial de audiência pública para apresentar proposta preliminar da Revisão Tarifária Periódica da Enel Ceará. A audiência, ocorrida no auditório do Colégio SEBRAE localizado no bairro da Praia de Iracema, contou com a presença de 117 participantes, dentre os quais 11 expositores que se manifestaram sobre o processo tarifário da concessionária.

A sessão, presidida pelo diretor da ANEEL, Sandoval Feitosa, teve participação da Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Estado do Ceará (ARCE), do Procon-CE, de consumidores residenciais e industriais, de representantes da Enel Ceará e do Conselho de Consumidores da concessionária. Para o diretor Sandoval, relator do processo, a audiência pública foi bastante proveitosa. “Nosso papel é ouvir a sociedade. Todas as contribuições feitas aqui serão analisadas e respondidas pela ANEEL.”

A Enel propõe reajuste para consumidores residenciais de 10.53%, Já para consumidores de baixa tensão, a média seria de 11,39%; e os de alta tensão 12,23%. Os índices finais deverão ser aprovados no dia 16 de abril em reunião de Diretoria da ANEEL e entram em vigor a partir do dia 22 de abril.

A concessionária atende 3,5 milhões de unidades consumidoras localizadas em 184 municípios do Ceará. A revisão tarifária está prevista nos contratos de concessão das distribuidoras e tem por objetivo obter o equilíbrio das tarifas com base na remuneração dos investimentos das empresas voltados para a prestação dos serviços de distribuição e a cobertura de despesas efetivamente reconhecidas pela ANEEL. A audiência também discutirá a qualidade do serviço e os limites dos indicadores de continuidade dos conjuntos da Enel Ceará estipulados para o período de 2019 a 2023.

Na revisão da distribuidora cearense, os itens que mais impactam os índices propostos são os custos de aquisição de energia, gastos para remunerar a atividade de distribuição de energia e componentes financeiros previstos para compra de energia e risco hidrológico.


COM ANEEL

Ex-prefeito de Missão Velha, no Ceará, se entrega à polícia após operação de combate à corrupção no município


O ex-prefeito de Missão Velha, Tardiny Pinheiro Roberto, a ex-secretária de Finanças do Município, Relvia Livia Sobreira de Lucena Gonçalves, e o empresário Francisco Bezerra Lima se apresentaram à Delegacia de Capturas e Polinter (Decap), na manhã desta quinta-feira (14).

Os três permanecem presos temporariamente no local e prestarão depoimento aos membros do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas do Ministério Público do Estado do Ceará (GAECO/MPCE) nesta sexta-feira (15).

Eles são investigados por suposto esquema de desvio de dinheiro público. De acordo com as investigações do Ministério Público do Ceará (MPCE), mais de R$ 7 milhões teriam sido transferidos da conta da Prefeitura de Missão Velha para uma empresa de assessoria e digitação, supostamente de forma irregular.

Em operação deflagrada na última terça-feira (12), por promotores de Justiça do GAECO e da região do Cariri, foram expedidos três mandados de prisão temporária contra o ex-prefeito Tardiny Roberto, Relvia Gonçalves e Francisca Macedo Miranda Roberto, sócia do ex-gestor em um posto de combustível, que teria recebido irregularmente mais de R$ 60.000 do esquema. Entretanto, somente o mandado contra Francisca Roberto foi cumprido. Ela foi ouvida nesta quinta-feira (14) pelos membros do MPCE.

Tardiny Roberto e Relvia Gonçalves não foram encontrados. Na terça-feira (12), eles foram procurados nas respectivas residências e no consultório odontológico que o ex-prefeito mantém na cidade, porém não foram localizados.

Além dos mandados de prisão temporária, foram cumpridos ainda sete mandados de busca e apreensão nas residências dos investigados e no prédio da Prefeitura do Município.

O marido de Francisca Roberto, José Pinheiro Roberto, irmão do ex-prefeito de Missão Velha, foi preso em flagrante por posse ilegal de arma de fogo, mas pagou fiança e foi liberado.

Improbidade administrativa
Em 2016, o ex-prefeito de Missão Velha foi condenado por improbidade administrativa e teve suspensão dos direitos políticos por três anos. Na época, o Ministério Público comprovou que Tardiny Pinheiro atrasava o pagamento de salário dos servidores desde 2013.


Por G1 CE

Tarrafas: Agricultor é preso por tentativa de estupro de vulnerável contra criança de 7 anos


O plantão policial da cidade de Tarrafas, registrou nesta quinta-feira, dia 14/02/2019, por volta das 18h30min, uma tentativa de estupro de vulnerável de uma criança de apenas 7 anos de idade, a Policia Militar foi informada via 190, acerca de uma tentativa de estupro, ocorrida na rua Santa Luzia, de imediato a VTR- 10731 foi até o local e confirmou a veracidade do fato, o acusado foi identificado como: CICERO CINETE FERREIRA, 40 anos, solteiro, agricultor, natural de Tarrafas, residente na rua Santa Luzia, bairro: Boa vista.

Testemunhas disseram que a vítima ao passar pela calçada da casa do acusado ele a pegou pelo braço e a levou para o fundo do quintal tentando tirar a roupa da criança, foi neste momento que os vizinhos começaram a gritar e a vítima conseguiu fugir o indivíduo ainda foi encontrado nas proximidades do local com uma faca tipo peixeira na cintura assim como teria sido informado pela criança aos policiais, a vítima foi uma menor de iniciais R. M. A, 07 anos. Diante dos fatos os policiais deram voz de prisão e conduziram as partes para a Delegacia Regional do Crato para serem adotadas as medidas cabíveis



Fonte: Quartel do 10º BPM, Iguatu – CE, 15 de fevereiro de 2018. 3ºSGT PM ARRAIS/ CB PM FLÁVIO HOLANDA

A triste realidade: Piscicultores amargam perda milionário com queda na produção no Castanhão e Orós

Os projetos produtivos de criação de tilápias de forma intensiva em tanques-rede instalados em açudes do sertão cearense, que trouxeram melhoria significativa para a vida de muitas famílias, estão em decadência. Motivo: o baixo volume de água nos reservatórios e a mortandade dos peixes. A consequência: queda de produção, desemprego e perda de renda mensal.

Nos dois maiores açudes públicos do Ceará – Castanhão e Orós – a atividade está praticamente chegando ao fim. Nos médios e pequenos reservatórios já houve suspensão dos criatórios. O período que se avizinha, a Quaresma (40 dias após o Carnaval) e a Semana Santa, é propício para o crescimento da demanda por pescado, mas o Estado já não tem oferta suficiente para o consumo atual, e o peixe começa a ser importado da Bahia.

O Ceará passou de segundo maior produtor de tilápia do Brasil para a 20ª colocação, entre 2013 e 2017, segundo dados da Associação dos Piscicultores do Ceará. O setor já movimentou a economia regional, gerando milhares de empregos, em particular nos dois maiores polos, os açudes Castanhão e Orós.

Os primeiros projetos foram implantados em 2004, no Orós, que chegou a produzir 400 toneladas de pescado por mês e atender 700 famílias, nos municípios de Orós e Quixelô. Hoje, produz só 15 toneladas, e conta apenas com 15 famílias que ainda insistem em manter a atividade. O volume atual do Orós é de 5,3%, o menor índice de sua história. No Castanhão, o maior açude do Ceará, o volume de apenas 3,60% inviabiliza a continuidade dos projetos de piscicultura. Recentemente, foi registrado mais um episódio de mortandade de tilápia em tanques-rede.

Segundo dados atualizados da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Aquicultura e Pesca de Jaguaribara, houve perda de mais de 50% da produção que estava nas gaiolas, equivalente a mais de 500 toneladas. A produção no Castanhão já atingiu no seu auge cerca de 1.500 toneladas de tilápia por mês. A atividade está em declínio. Em 2017, registrou queda de 90%, ou seja, o reservatório produziu apenas 150 toneladas por mês. Em 2018, houve uma retomada parcial e chegou-se a 300 toneladas, graças à recarga do açude no período chuvoso.

“A estratégia dos criadores é assegurar a produção máxima para vender na semana Santa, quando o preço do pescado melhora, mas com essa mortandade da semana passada, os prejuízos são enormes e ainda estão sendo calculados”, explicou a secretária de Desenvolvimento Econômico, Aquicultura e Pesca de Jaguaribara, Lívia Barreto.

Em Quixelô, na bacia do Açude Orós, a piscicultura em tanques-rede chegou ao fim. O mesmo ocorreu nos açudes Olho D’Água, em Várzea Alegre; Trussu, em Iguatu, e Cachoeira, em Aurora. No reservatório de Ubaldinho, na cidade do Cedro, a produção de tilápia em gaiolas está parcialmente paralisada.

“Estamos parados, sem trabalho, sem renda”, disse o produtor Luís Oliveira, na bacia do Açude Orós, no Município de Quixelô. “A nossa situação é de muita dificuldade, o sonho virou pesadelo e os projetos estão parados, sem água no açude”. Os piscicultores ficam tristes e centenas de famílias, sem renda.

No início, o projeto trouxe mudanças econômicas importantes. Os produtores substituíram antigas casas de taipa por alvenaria, adquiriram eletrodomésticos e veículos. Houve melhoria de qualidade de vida, mas a situação adversa retornou.

A água no Orós se distanciou mais de quatro quilômetros das áreas onde se produzia inicialmente. A atividade revela-se insustentável. Na região, um dos açudes que ainda mantém a atividade é o Rosário, em Lavras da Mangabeira. É uma exceção. Para se manter ativo, a quantidade de peixe em gaiolas foi reduzida pela metade, visando evitar episódios de mortandade. “Somos praticamente os últimos que estão produzindo”, disse o vice-presidente da Associação dos Aquicultores do Açude Rosário, José Valdo Pereira. “Com dificuldade, mas a gente vai ter peixe para a Semana Santa”.

O veterinário Paulo Landim, que acompanha desde o início os projetos de piscicultura em Orós, critica a falta de atenção dos governantes para com a atividade. “Além da escassez de chuva, houve retirada de água do Orós, sem nenhuma medida compensatória”, frisou. “Precisamos de um seguro para a atividade, como há para a agricultura, o seguro-safra”. O professor do curso de Biologia da Universidade Regional do Cariri, Hênio Nascimento de Melo Júnior, coordenador do laboratório de Limnologia e Aquicultura, acompanha nos últimos anos os casos de mortandade nos projetos de piscicultura intensiva. “É lamentável o que vem ocorrendo, falta informação sobre esse fenômeno natural”, pontuou. “No açude Rosário, estamos conseguindo evitar com a mudança de gaiolas a ocorrência de mortalidade”.

Mortandade

Hênio Melo Júnior entende que os episódios de mortandade de tilápia ocorridos nos projetos produtivos relacionam-se com a circulação vertical turbulenta da água, provocada por mudança de temperatura da água entre o dia e a noite. Abaixo das gaiolas, no fundo do açude, estão fezes dos peixes, restos de ração e de vegetação que liberam gases tóxicos e retiram oxigênio da água. “A força motriz do problema é a alteração da temperatura, os ventos fortes, que movimentam a água e creio que os peixes morrem intoxicados”, explicou Melo Júnior. “A água no açude se movimenta e sedimentos e componentes tóxicos se misturam alcançando as gaiolas”.

O Governo do Estado extinguiu recentemente a Secretaria de Aquicultura e Pesca e as atividades da Pasta, segundo a assessoria de imprensa, ainda estão sendo definidas.

Fonte: Diário do Nordeste