sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

SEXTA 07/12 E VOCÊ BEM INFORMADO NO PROGRAMA HORA DA NOTÍCIA O QUE É NOTÍCIA EM ORÓS, REGIÃO, NO CEARÁ, BRASIL E O MUNDO ESTÁ AQUI!




DESTAQUES DE HOJE:

Tentativa de assalto a bancos com reféns deixa 13 mortos após tiroteio com a polícia no Ceará; Projeto “Açude Orós: 56 de resistência”; Cassação do prefeito de Beberibe adiada para segunda-feira; Plantão policial em toda região essas e outras para você ficar bem informado!

Seja o nosso repórter envie sua matéria (88) 9.9422.0106 - SIGA, CURTA, COMPARTILHA! OBRIGADO.

Grupo Imagens de Teatro e Escola Livre de Artes (ELA) apresentam o projeto “Açude Orós: 56 de resistência”.


Projetos de cursos de desenhos e arte urbana, alusivos ao Açude Orós, acontecerão no dia 14/12 (sexta), na cidade de Orós, a partir das 7h no Salão Paroquial da Igreja Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. Convidados a integrar o projeto “Açude Orós: 56 de resistência” apoiado pela Secretaria de Cultura do Estado do Ceará, os Artistas Visuais Maíra ortins, Narcélio Grud e Rafael Limaverde serão os oficineiros nessa etapa na cidade de Orós ce.

 O projeto é de intervenções urbanas no entorno do açude Orós com participação dos ribeirinhos. Entretanto, o grande mote é lançar um olhar crítico sobre o “cuidado” que a população oroense  a preservação da cidade e do açude.
  

Sobre o Açude


O açude Orós ou Açude do Presidente JK, fica localizado no município de Orós, no estado do Ceará, aproximadamente a 450 km da cidade de Fortaleza. Os primeiros passos para construção aconteceram no Brasíl Império, quando vários anos de secas se sucederam e assolando um grande número de pessoas e animais da região Centro Sul. Porém, esse sonho de levar água para o Sertão só foi possível no Século XX com o Presidente Juscelino Kubitschek. Dados do DNOCS a barragem do açude é uma das mais importantes bacias hidrográficas da região, drenando uma área de 25.000 km2. Ainda pontuando o relato do DNOCS, o Açude foi construído na década de 1950, no governo de Juscelino Kubitschek. E, tinha como finalidades a perenização do rio Jaguaribe, irrigação do Médio e Baixo Jaguaribe, Piscicultura, culturas agrícolas de áreas de montante, turismo e aproveitamento hidrelétrico. No livro “ O Despertar da Memória” assinado pela Professora, Médica, Jornalista Erotilde Honório que também foi moradora da localidade “Conceição do Buraco” (hoje a Vila Guassussê – distrito de Orós) registra com detalhes a construção do Açude Orós e a sua importância para o vale Jaguaribe e a população ribeirinha. O intuito do Presidente JK com a construção do Açude Orós cumpriu com o papel de combate à seca e estiagem durante décadas de estiagem, porém o Poder Público não tirou proveito dessa riqueza natural para potencializar o Açude Orós como fonte de riqueza para o Turismo Cultural.


  
SERVIÇO

Oficina de Desenho para Mural


Dia: 14 de dezembro – Sexta

Local: Salão Paroquial da Igreja Matriz – Orós CE

Horário: 7h

Vagas: 25 pessoas

Contatos: gimagens@gmail.com

Impeachment: Cassação do prefeito de Beberibe adiada para segunda-feira


A sessão de cassação do prefeito de Beberibe, Padre Pedro da Cunha (PSD), marcada para esta quinta-feira (6), foi adiada para a próxima segunda-feira (10) na Câmara Municipal de Beberibe, por um mandado de segurança que questionou a condução do caso pelo presidente da Casa, vereador Eduardo Ribeiro Lima (PP).

Assinado pelo juiz Tony Aluisio Viana Nogueira, o documento declara que a "Câmara Municipal de Beberibe abstenha-se de por em deliberação na 37ª sessão ordinaria qualquer matéria não incluída em pauta no período legal de 48h anteriores à sessão mencionada". O vereador Ribeiro Lima acatou a decisão, mas argumentou não se tratar de uma matéria de pauta, mas regimental. Para ser cassado, nove dos 13 vereadores precisam concordar.

Denúncias

O atual prefeito, Padre Pedro da Cunha, enfrenta uma série de denúncias em Beberibe, como o atraso em três meses do salário de servidores, acúmulo de lixo na cidade e teve uma licitação anulada por várias irregularidades no processo.

Perseguição

Procurado pela reportagem, o prefeito afirmou se tratar de uma perseguição política. "Querem tomar o poder de qualquer jeito. Dizem que estão pensando no município, mas não estão". Sobre atrasos em salários, Padre Pedro informou que "todos os servidores efetivos estão em dia. Amanhã (7 de dezembro) vamos pagar a saúde, que não tá em dia".

Reconheceu, porém, que faltam dois meses de salários dos contratados. Sobre a denúncia de acúmulo de lixo na cidade, inclusive hospitalar, disse desconhecer. Para a sessão da próxima segunda-feira, o prefeito informou que vai "sentar com a equipe pra ver que procedimentos tomar".



Fonte: Diário do Nordeste

Chuvas fora de época levam transtornos ao interior do Ceará


As chuvas de pré-estação voltaram com intensidade ao sertão cearense na madrugada de ontem. A Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) registrou precipitações em 89 municípios. A maior do dia e a terceira do ano ocorreu em Farias Brito, no Sul do Ceará (Cariri) de 178mm, provocando alagamentos em casas, queda de muros e prejuízo material. Houve também transtornos em Santana do Acaraú, na região Norte.

Nessa quinta-feira (6), as maiores precipitações foram observadas nas regiões dos Inhamuns e Sertões de Crateús. Além de Farias Brito, houve registro em Quiterianópolis (100mm), Campos Sales (92.5mm), Novo Oriente (75mm), Arneiroz (74.5mm), Catarina (73mm) e Independência (70mm).

A Funceme prevê possibilidades de mais chuvas intensas neste sábado (8), em todas as regiões do Estado. De acordo com o meteorologista Raul Fritz, chefe da Unidade de Clima e Tempo da Funceme, dois sistemas meteorológicos, típicos de ocorrência nessa época do ano, estão favorecendo a formação de nuvens cúmulos (densas e de crescimento vertical grande): Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS) e o Vórtice Ciclônico de Altos Níveis.

"Estes dois fenômenos meteorológicos se acoplam, estão interagindo, e provando intensas chuvas no Interior", explicou Fritz.

Já a ZCAS forma-se sobre o Oceano Atlântico e penetra no continente a partir do Sul da Bahia, segue em direção ao Norte, chega ao Sul do Ceará e Piauí e Oeste de Pernambuco provocando chuvas. "A nossa torcida é para que tenhamos boas chuvas na pré-estação e possa compensar possível influência do El Niño que está em formação sobre o Oceano Pacífico, influenciando redução pluviométrica nos meses de março e abril de 2019.


Terceira maior

As duas maiores chuvas do ano foram observadas em Icapuí, no dia 13 de abril passado (255mm, na sede, e 179mm, na localidade de Retiro Grande). A chuva que caiu sobre Farias Brito, ontem, é a terceira maior, mas é uma das mais expressivas em período de pré-estação chuvosa (dezembro e janeiro). Em Cedro, no último dia 24 de novembro, ocorreu uma precipitação de 150mm. Em Farias Brito a chuva ocorrida na madrugada de ontem a partir das 2 horas veio com força e foi rápida. Provocou inundação no Centro da cidade, queda de árvores e de muros de quintais, invadiu pelo menos dez casas e ainda matou 40 aves de raça índio gigante de uma criação do professor, Graham Bell Lobo de Oliveira. "Tive um prejuízo estimado em quatro mil reais. Perdi freezer, máquina de lavar, uma chocadeira e 40 aves".

De acordo com os moradores e o secretário de Infraestrutura de Farias Brito, Cícero de Oliveira, a inundação no centro da cidade ocorreu porque uma obra particular impediu o escoamento da água. "O córrego transbordou", disse Oliveira. "A Prefeitura vai desapropriar a área, liberar o canal e já estamos com operários e máquinas fazendo limpeza das praças e ruas e dando apoio aos moradores que tiveram suas casas invadidas pela chuva".

Fonte: Diário do Nordeste

Advogado conta como foi contratado para defender esfaqueador de Bolsonaro


Após três meses do atentado contra o presidente eleito Jair Bolsonaro, ainda pairam algumas dúvidas sobre o caso. O garçom Adélio Bispo de Oliveira agiu sozinho? Quem bancou os advogados que viajaram numa aeronave privada para atender o esfaqueador preso em Juiz de Fora, Minas Gerais? Essas questões estão sendo apuradas pela Polícia Federal – que passou a investigar integrantes da defesa do réu confesso. Num depoimento sigiloso, um dos suspeitos contou detalhes de como foi contratado para ajudar o criminoso perante a Justiça.

O criminalista Zanone Manuel de Oliveira Junior, coordenador da defesa de Adélio Bispo, afirmou para a Polícia Federal que, logo após o atentado contra Bolsonaro, foi procurado por um desconhecido para atuar no caso: “Aquela pessoa se apresentou como conhecido de Adélio Bispo da cidade de Montes Claros, esclarecendo que conheceu o autor do fato criminoso em relacionamentos vividos no meio religioso naquela cidade”. O advogado ainda lembra que o contratante disse ter conhecido Adélio numa “evangelização na cidade de Salinas, Minas Gerais”.

Em depoimento, Zanone contou que se reuniu com o desconhecido em seu escritório em Belo Horizonte, MInas Gerais, na manhã seguinte ao atentado, em 7 de setembro. Naquele encontro, o advogado disse que cobrava, em média, 150 000 reais em honorários. Mas o contratante achou o valor alto. O criminalista, então, topou dar um desconto de 83% — e receber 25 000 reais até a conclusão da investigação da Polícia Federal. “Aquela pessoa aceitou a proposta e pagou inicialmente o valor de 5 000 reais em dinheiro”, disse Zanone. O restante  seria pago em outras parcelas mensais. No entanto, o interessado em ajudar Adélio “desapareceu”.

Ao se justificar por que aceitou defender Adélio por um valor inferior ao que costuma cobrar de seus clientes, Zanone disse que a “causa seria de interesse de qualquer advogado”. Ele também afirmou que contava com a possibilidade de participar de uma “audiência em plenário do júri em que estariam presentes testemunhas como o ex-presidente Lula, o deputado federal Jean Wyllys, a cantora Preta Gil e a deputada Maria do Rosário”. O advogado arrolou essas pessoas, consideradas por ele desafetos do presidente eleito, para serem interrogadas no tribunal. A estratégia era dar uma grande exposição ao caso, assim como no julgamento do goleiro Bruno Fernandes de Souza, em que Zanone representou o ex-policial Marcos Aparecido dos Santos, o Bola.

À Polícia Federal, o advogado contou um episódio curioso: um de seus parceiros na causa, o criminalista Pedro Possa, chegou a dizer para Adélio que a mãe do esfaqueador estava pagando os honorários da defesa, mas quando soube que “ela era falecida disse apenas que era alguém do seu relacionamento da igreja”. Questionado sobre a identidade do “patrocinador”, o advogado disse que não a revelaria para preservar o sigilo profissional e a integridade física do contratante, “que corre risco de morte”.

Zanone colocou à disposição da PF os seus extratos bancário e telefônico a partir do dia 6 de setembro, data do atentado contra o presidente eleito. Essas e outras informações estão sendo analisadas pelo delegado Rodrigo Morais Fernandes, responsável por conduzir o inquérito. Procurado, ele não quis comentar. Zanone afirmou que topou trabalhar no caso porque sabia que teria uma “grande exposição”. A investigação deverá ser concluída no início do próximo ano.

Fonte: Veja

Grupo armado executa jovem em campo de futebol em Fortaleza


Um grupo armado, composto por pelo menos seis homens, é suspeito de executar um jovem a tiros na noite desta quinta-feira( 6), na Comunidade do Marrocos, bairro Bom Jardim, em Fortaleza.

Segundo a polícia, cerca de seis suspeitos que ocupavam um veículo, ainda não identificado, chegaram próximo a um campo de futebol de areia, na Rua Santa Fé e atiraram contra Anderson Pereira dos Santos, de 21 anos. A vítima não tinha antecedentes criminais.

Anderson morava em outro bairro e teria ido ao local para visitar os pais. A polícia suspeita que a motivação do crime tenha sido  pelo fato de o irmão da vítima ter ligação com uma facção criminosa. A polícia não descarta também que a morte tenha sido causada por engano ou por vingança ao irmão dele.

A DHPP vai investigar o caso.



Fonte: Diário do Nordeste

Homem é preso após matar companheira cadeirante com golpes de tesoura em Maracanaú


Foi preso na tarde desta quinta-feira (6), Francisco André Veras, de 42 anos, suspeito de matar a companheira Alici Miranda de Souza, de 31 anos, com golpes de tesoura no final da noite desta quarta-feira (5), no Conjunto Jereissati 2, no município de Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza. Alici Miranda era cadeirante.

A prisão de André foi realizada por policiais da Delegacia Metropolitana de Maracanaú, que encontraram o homem na casa da mãe dele, no município de Pacatuba, região próxima ao local do crime.

O suspeito já responde pelos crimes de ameaça e furto. A polícia apreendeu a tesoura usada, o celular e a camisa que o suspeito usava no momento do crime.

Em depoimento, André informou que ele e Alici passaram o dia consumindo bebida alcoólica e, após um desentendimento, ela teria dado uma tesourada nele, que revidou com vários golpes. A vítima morreu no local. O casal morava junto há cinco anos.

Fonte: Diário do Nordeste

quinta-feira, 6 de dezembro de 2018

BRONCA DO POVO: Cano desperdiça água rua Cicero do Monte desde sábado 01/12, a CAGECE foi informada na segunda e até agora nada foi feito para solucionar o problema. Quem paga a conta desse desperdício é o povo.

BRONCA DO POVO: Cano desperdiça água rua Cicero do Monte desde sábado 01/12, a CAGECE foi informada na segunda e até agora nada foi feito para solucionar o problema. Quem paga a conta desse desperdício é o povo.