sexta-feira, 20 de julho de 2018

SEXTA 20/07 VOCÊ BEM INFORMADO NO PROGRAMA HORA DA NOTÍCIA

DESTAQUES DE HOJE:

Virada cultural em Orós dias 27 e 28 bate papo com o cantor Drulucca; Força Tática atuará em Orós e mais 13 cidades da região; Sem armas, 646 novos policiais civis cearenses vão receber salário sem trabalhar; Plantão policial com suicídio através de enforcamento e prisão por tráfico em Orós; Três são presos por furtar carga de cerveja de caminhão tombado em rodovia do Ceará; Tiririca desiste de abandonar a política e confirma candidatura à reeleição (perdeu a moral).

Seja o nosso repórter envie sua matéria (88) 9.9422.0106
SIGA, CURTA, COMPARTILHA! OBRIGADO

Força Tática atuará em Orós e mais 13 cidades da região


Foi concluído o X - Curso de formação da Força Tática no 10° Batalhão/ Iguatu que tem a frente o Major Fábio Erick, que ficará no comando do grupamento de militares. Foram selecionados 40 policiais entre as 15 cidades, que atuaram no efetivo de forma estratégica, com informações de inteligência e no combate a crimes violentos. A equipe trabalhará em forma conjunta com as forças policias locais, BPRAIO, COTAR, BATALHÃO POLICIAMENTO EM ÁREAS DE DIVISAS e os demais agentes públicos.

O curso foi ministrado pelo Batalhão de Choque, na coordenação do Capitão David e tendo à frente o 2º Ten. Jair Feitosa articulador operacional da Força Tática. O COTAM nos treinamentos em patrulhamento urbano e o COTAR com patrulhamento rural.

 Treinamento


A preparação dos agentes para a Força Tática foi baseada na doutrina de abordagem da PM de São Paulo. O treinamento buscou trabalhar as técnicas de abordagem e enfrentamento de grupos organizados, tráfico ilícito de drogas e substâncias entorpecentes, além de combater a mancha criminal nas áreas em que se observa um agravamento no número de ocorrências.

A função do novo agrupamento é intervir em situações de alto risco no enfrentamento a grupos ou indivíduos, quando o policiamento originário não for suficiente para enfrentar a ocorrência.

A força Tática atuará na área do 10º Batalhão, nas unidades de Iguatu, Icó e Várzea Alegre, onde atenderá as seguintes cidades:

1ªCIA/IGUATU: Iguatu, Acopiara, Jucas, Saboeiro, Quixelô e Tarafas.

2ª CIA/ ICÓ: Icó, Baixio, Ipaumirim, Umarim e Orós.

3ªCIA/VARZEA ALEGRE: Várzea Alegre, Cedro, Lavras da Mangabeira e Granjeiro.



O comandante geral adjunto da Polícia Militar, CEL. Adriano Soares, ressaltou que a nova corporação está capacitada para atender a qualquer demanda para a garantia da segurança pública.

"É uma regeneração, uma implementação nova, em que os grupamentos vão atuar nas áreas relacionadas aos crimes violentos, letais e patrimoniais. O intuito é reduzir o índice de homicídios e combater o crime organizado. Durante o treinamento, as aulas decorriam até de madrugada, os policiais se dedicaram além dos seus limites para, durante o emprego, corresponderem nessa luta", destacou o comandante..

Sem armas, 646 novos policiais civis cearenses vão receber salário sem trabalhar



Uma grave denúncia circula nas redes sociais envolvendo novamente o setor da Segurança Pública do Estado do Ceará Por falta de armas, cerca de 560 policiais civis (inspetores e escrivães) recém-empossados pelo governador Camilo Santana (PT) estão impedido de exercer suas atividades de rua. Ser armas para sua defesa pessoal e para enfrentar a bandidagem, os policiais foram orientados pela direção da instituição a permanecerem em casa até que as armas sejam compradas. Até lá, receberão salários sem trabalhar.

A ordem para que os novos policiais fiquem apenas “à disposição” de seus respectivos departamentos foi assinada pelo delegado-geral da Polícia Civil do Ceará, Everardo Lima, que seguiu determinação do secretário da Segurança, delegado André Costa, e este, do governador Camilo Santana.

O ofício de Everado Lima, de número 754/2018-GDGPC, foi reproduzido pelos diretores dos departamentos de Polícia do Interior/DPI (Norte e Sul), de Polícia Metropolitana (DPM) e de Polícia Especializada (DPE).  A ordem é para “os novos policiais civis, recém-empossados, exercerão suas atividades, em delegacias, somente após o recebimento do devido armamento”, ressalta o documento.

Ociosos

Desse modo, 372 novos inspetores e 188 escrivães ficarão em casa recebendo salários do estado sem trabalhar. O documento não se refere aos novos 86 delegados que também foram empossados no cargo no último dia 20 de junho.

Enquanto o estado paga salários para um efetivo policial que não pode trabalhar por falta de armamento, as delegacias de Polícia da Capital e da Região Metropolitana, além dos departamentos e divisões, acumulam milhares de inquéritos policiais que apuram crimes de toda a ordem, principalmente, casos de furtos, roubos e assassinatos. Entre os dias 1º de janeiro e 19 de julho, o Ceará já registrou 2.779 homicídios, latrocínios e lesões corporais que resultaram em óbito, os chamados Crimes Violentos, Letais e Intencionais (CVLIs).

Confira o documento















































Fonte: Ceará News 7





Jovem que deixou facção criminosa é assassinado durante culto evangélico em Fortaleza




Um adolescente de 16 anos foi assassinado a tiros em Fortaleza por deixar uma facção criminosa que atua no Ceará. Wesley Souza Amaral, de 16 anos, relatava a um grupo de evangélicos que havia "abandonado o crime para se dedicar a Deus" quando um bando armado se aproximou e disparou quatro tiros contra ele, conforme testemunhas relataram a policiais.

O crime ocorreu na noite de quarta-feira (18). Wesley Souza Amaral pregava o testemunho, como dizem os evangélicos, da vida que ele levava como membro de uma facção criminosa para um grupo de cerca de 80 pessoas.

Conforme testemunhas relataram aos policiais, Wesley Souza havia deixada a facção criminosa da qual havia sido membro no início deste ano e passou a frequentar assiduamente cultos evangélicos há seis meses.

"Os criminosos aceitavam que seus comparsas abandonassem o crime para se dedicar ao crime até bem pouco tempo quando era pra se tornar evangélico, mas parece que eles viram que estão perdendo muito membros e não estão aceitando mais isso", disse um policial ao G1.

Tumulto e correria


Os religiosos haviam improvisado um palanque na Rua João Arruda, que teve um trecho ocupado pelas pessoas sentadas em cadeiras de plástico. Os atiradores estavam em um carro e fugiram logo após os disparos.

Uma pessoa que não quer se identificar filmava o culto no momento em que os tiros foram disparados. Houve tumulto e correria.

A polícia investiga o caso; os suspeitos não foram identificados e ninguém foi preso.


Por G1 CE

Beach Park diz que checa peso e altura dos visitantes nos brinquedos; testemunha nega



Beach Park, parque aquático na Grande Fortaleza onde um homem morreu ao descer em um brinquedo, emitiu nota nesta quinta-feira (19) esclarecendo que os funcionários seguem protocolo de segurança recomendados pelo fabricante da atração para avaliar a altura e o peso antes da descida no brinquedo. A nota também diz que o manual do "Vainkará", onde ocorreu o acidente, não recomenda "qualquer método de aferição de peso". Em entrevista ao G1, uma das testemunhas que também sofreu o acidente afirmou que os funcionários não fizeram nenhuma ressalva em relação ao peso do grupo.

O caso aconteceu nesta segunda-feira (16). O radialista Ricardo Hill descia com mais três pessoas na boia do brinquedo "Vainkará", conforme prevê a regra, quando a boia virou, provocando a queda dos quatro dentro do toboágua. A vítima estava na parte mais alta e, ao cair, bateu com a cabeça no chão do brinquedo. O radialista morreu no local.

O G1 conversou com os três turistas que estavam na boia. Segundo relatos deles, em um ponto da descida, a boia deveria ficar em posição vertical, mas emborcou e caiu bruscamente no chão do toboágua.

O brinquedo tem limite de peso de 320 quilos. As três pessoas que estavam na companhia de Ricardo Hill pesam, juntas, 305 quilos. Com o peso da vítima, um homem adulto, a pesagem total do grupo deve ultrapassar os 320 quilos.

"São feitas duas triagens através de perguntas dos instrutores para os clientes: a primeira de altura, logo na entrada da atração. E a segunda de peso do grupo que vai descer na boia (não é permitido apenas duas pessoas na boia). É neste momento que se faz a redistribuição de peso nas boias quando o instrutor considerar necessário", diz a administração do parque.

A testemunha que estava na boia no momento do acidente, contudo, relata que a verificação do peso não foi feita antes de utilizarem a atração. "Nós tínhamos pessoas de grande porte físico e, na hora de descer na boia, não avaliaram e não alertaram a gente sobre o risco. Parecia que estava tudo ok, tinham que ter alertado sobre o risco", afirma Mateus Sena.

Veja como é brinquedo
  • Altura: 29,5 metros
  • Comprimento: 159 metros
  • Quantidade máxima de pessoas na boia: quatro, segundo a assessoria do parque
  • Peso máximo por boia: 320 kg, segundo a assessoria do parque
  • Duração do trajeto: de 30 a 40 segundos
  • Recomendação de segurança: manter-se segurando as alças da boia


Por G1 CE

UFC e Uece estão entre as melhores universidades da América Latina




Universidade Estadual do Ceará (Uece) e a Universidade Federal do Ceará (UFC) aparecem entre as melhores universidades da América Latina, em uma seleção elaborada pela revista inglesa Times Higher Education (THE).

A revista classificou as 129 melhores instituições de 10 países da América Latina. A federal cearense aparece na posição 56; e a Uece, em 107º.

A UFC e Uece são poucas das universidades do Centro-Oeste, Norte e Nordeste brasileiro a integrarem a seleção, ao lado da Federal da Bahia.

Avaliação da UFC e UFC em ranking internacional

Posição no rankingUniversidadeNota geralCitaçõesRenda na indústriaPerspectiva InternacionalPesquisaEnsino
56UFC49,4 – 53,458,24330,248,552,6
107Uece12,9 – 30,726,5017,112,721,7


A Estadual do Ceará entrou no ranking da publicação pela primeira vez neste ano. Conforme a universidade, o registro de artigos produzidos na universidade em bancos de dados internacionais foi fundamental para o reconhecimento da Uece.

"A Uece foi identificada pelo periódico por atender sua principal exigência de ter realizado, nos últimos cinco anos, pelo menos 200 publicações indexadas pelo Scopus, o maior banco de dados de resumos e citações da literatura com revisão por pares, incluindo revistas científicas, livros e publicação em congressos", avalia a universidade.

O ranking "marca a presença do Ceará no panorama internacional da pesquisa científica como consequência da qualidade de nossos cursos de pós-graduação e de nossos pesquisadores", avalia o chefe de gabinete da Reitoria da Uece, professor Edmar Pereira.


Por G1 CE

PIS/Pasep: Ceará tem mais de 51 mil trabalhadores que podem sacar abono de 2016




Mais de 51,2 mil trabalhadores que não sacaram o abono salarial ano-base 2016 no Ceará terão até 30 de dezembro para retirar o dinheiro. A reabertura do prazo foi autorizada na quarta-feira (11), em resolução do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat). O prazo, que terminou em 29 de junho, será reaberto em 26 de julho.

O valor que cada trabalhador tem para sacar depende de quanto tempo ele trabalhou formalmente em 2016. Quem trabalhou o ano todo recebe o valor cheio, que equivale a um salário-mínimo (R$ 954). Quem trabalhou por apenas 30 dias recebe o valor mínimo, que é R$ 80.

Na região Nordeste, o benefício poderá ser retirado por mais de 342,7 mil trabalhadores, totalizando R$ 262.678.164,76. Vale lembrar que o pagamento do benefício referente a 2017 também começará a ser pago no dia 26 de julho.


Direito

Tem direito ao abono salarial ano-base 2016:

  • quem estava inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos;
  • trabalhou formalmente por pelo menos 30 dias em 2016 com remuneração mensal média de até dois salários-mínimos
  • teve seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).


Brasil
Em todo o Brasil, são quase dois milhões de trabalhadores que não sacaram o benefício, o que corresponde a 7,97% do total de pessoas com direito ao recurso. O valor ainda disponível chega a R$ 1,44 bilhão. Este é o terceiro ano consecutivo em que ocorre prorrogação.

Os trabalhadores da iniciativa privada devem procurar a Caixa. A consulta pode ser feita pessoalmente, pela internet ou no telefone 0800-726 02 07. Para os servidores públicos, a referência é o Banco do Brasil, que também fornece informações pessoalmente, pela internet e pelo telefone 0800-729 00 01.


Por G1 CE

Justiça suspende reajuste do salário do prefeito, vice e vereadores de São Benedito




A justiça do Ceará suspendeu reajuste de subsídios de agentes públicos do município de São Benedito, na Região Norte do Estado. A decisão, do juiz da Comarca, Fábio Rodrigues Sousa, determinou a suspensão do pagamento do aumento dos subsídios do prefeito, do vice-prefeito, dos secretários, dos vereadores e presidente da Câmara do Município.

Os percentuais de reajuste aprovados para os entes públicos do município de São Benedito superam a inflação do período e variam entre 16,67% a 26,41%.

Efetivado através da sanção da Lei Municipal aprovada em dia 23 de setembro de 2016, o acréscimo na remuneração dos agentes políticos de São Benedito ficou como mostra o quadro abaixo.


Proposta de Reajuste de Salários
CargoLegislatura 2013-2016Legislatura 2017-2020Aumento Aproximado
PrefeitoR$ 12 milR$ 14 mil16,67%
Vice-PrefeitoR$ 7,2 milR$ 8,5 mil18,06%
ecretários MunicipaisR$ 5,2 milR$ 6,1 mil17,31%
VereadoresR$ 6 milR$ 7,6 mil26,41%
Presidente da CâmaraR$ 7,2 milR$ 9,1 mil26,41%



A decisão - no dia 4 de julho - concede tutela de urgência requerida pelo Ministério Público do Ceará (MPCE), por meio da Promotoria de Justiça da Comarca de São Benedito, em duas ações civis públicas ajuizadas contra o Município e a Câmara de Vereadores no dia 30 de maio deste ano. O juiz fixou multa de R$ 5 mil em caso de descumprimento da decisão.

“Como se pode notar, o aumento concedido é bastante elevado, notadamente em face da crise econômica que assola o país e que atinge diretamente as finanças dos Estados e Municípios com a redução da arrecadação de tributos e diminuição da repartição de receitas pela União”, pontua o promotor de Justiça que respondia pela Comarca, Maxwell de França Barros.

Ele argumenta que a Lei Municipal que determinou os reajustes deveria ser declarada nula devido a irregularidades no processo legislativo: a aprovação e sanção ocorreram dentro do período de 180 dias anteriores ao final do mandato, período vedado pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) para aumento da despesa com pessoal; e não foram precedidas de estudo de impacto financeiro e seus efeitos nos cofres públicos.

“As estimativas orçamentárias do impacto financeiro visam resguardar as finanças do ente público contra aumentos de despesas que não poderão ser suportadas nos exercícios seguintes. Sem elas, o ordenador da despesa assume uma obrigação que não sabe se o Município terá condições de pagar”, aponta o promotor de Justiça.

Decisão
Para o juiz, “a prova [...] revela que a norma de efeitos concretos em análise aumentou o subsídio dos vereadores [...] de São Benedito sem a observância do devido processo legislativo, estabelecido na Lei de Responsabilidade Fiscal, configurando ato nulo de pleno direito, o que torna forçosa a intervenção do Poder Judiciário para restabelecer a legalidade e evitar prejuízos ao Erário".

O juiz aponta, ainda, "o perigo do dano ou risco ao resultado útil do processo resta evidenciado pelo próprio pagamento dos aumentos, especialmente levando em consideração a pouca probabilidade de restituição de tais valores após efetivado o pagamento”.


Por G1 CE