segunda-feira, 13 de agosto de 2018

Rompimento de canal da transposição tem evidências de ato criminoso, diz ministério


Equipes do Ministério da Integração Nacional informaram neste domingo, 12, que o rompimento de um canal do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco, entre os municípios de Terra Nova e Salgueiro, em Pernambuco, na tarde de sábado, 11, tem evidências de ato criminoso.

"Relatos de moradores que vivem no entorno informam que a ação dos envolvidos tinha como objetivo desviar o curso d'água daquele ponto para que fosse possível encher um reservatório nas imediações. Ação semelhante aconteceu em junho do ano passado, em um trecho no município de Cabrobó (PE)", diz nota divulgada pelo ministério.

A pasta informou que técnicos estão no local atuando para recuperar a estrutura, que deverá ser normalizada em até 48 horas. O ministério conta com o apoio da Polícia Militar do estado para investigação do episódio.

"Paralelamente, também foram designadas equipes para verificar todo o perímetro e avaliar possibilidades de danos a comunidades no entorno. Nas proximidades do canal não há registro de moradores", diz o comunicado.

Agência Brasil





Por Afranio Soares

Um canal do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco, que fica entre os municípios de Terra Nova e Salgueiro, no Sertão de Pernambuco, rompeu neste sábado (11-08-2018). A obra da terceira estação de bombeamento do Eixo Norte (EBI-3) foi entregue no dia 3 de agosto pelo presidente Michel Temer.

De acordo com o Ministério da Integração há suspeita que tenha sido um ato criminoso. A Polícia Militar de Pernambuco prendeu suspeitos de terem cometido o dano ao trecho. Moradores afirmam que os envolvidos queriam desviar o curso d’água daquele ponto para que fosse possível encher um reservatório nas imediações.

Erro no WhatsApp pode ser usado para espalhar mensagens falsas

Uma falha no WhatsApp afeta o recurso "responder" do app, permitindo que uma mensagem seja editada quando ela for incluída como citação em outra mensagem de resposta. O conteúdo original, no entanto, permanece inalterado. O erro foi descoberto pela empresa de segurança Check Point.

O WhatsApp não corrigiu o erro até o momento. A Check Point explica que a falha só vai ser mitigada com a modificação de aspectos estruturais do mensageiro.

Segundo o blog do jornalista Altieres Rohr, no ´G1´, interpretações equivocadas do problema chegaram a afirmar que ele permite "ler" ou "adulterar" mensagens de outras pessoas, o que não é verdade.

Em nota, o WhatsApp explicou que o erro não afeta a criptografia do app, ou seja, a confidencialidade das mensagens continua protegida.

A Check Point alerta para o risco da vulnerabilidade contribuir para a disseminação de conteúdos falsos por usuários mal-intencionados, que podem modificar mensagens de terceiros.

Outro aspecto da mesma falha permite que uma mensagem seja enviada a uma pessoa de forma individual, mas "marcada", nos bastidores, como uma mensagem de grupo. O resultado disso é que uma mensagem pode aparecer na janela de um grupo mesmo quando ela foi enviada para uma só pessoa. Se a vítima responder a essa mensagem, a resposta vai para o grupo. O grupo, porém, não vai ter visto a mensagem original, que foi enviada somente para a vítima.

Fonte: Notícias ao Minuto

Eleições 2018: Candidatos ao Governo do Estado definem detalhes da campanha eleitoral que começa nesta quinta-feira


Os seis candidatos ao Governo do Estado correm contra o tempo com o objetivo de preparar suas agendas para a campanha eleitoral deste ano, que começa oficialmente nesta quinta-feira (16). Enquanto alguns já estão concluindo as instalações dos comitês centrais, outros se articulam na construção de atividades em busca de visitar o máximo de municípios cearenses durante os 45 dias de disputa.

O Ceará tem seis nomes homologados por seus partidos para disputar o Governo do Estado em 2018: o atual governador, Camilo Santana (PT), que tenta reeleição; o general Guilherme Theophilo (PSDB), o bancário Ailton Lopes (PSOL), o advogado Hélio Gois (PSL), o operário Francisco Gonzaga (PSTU) e o professor Mikaelton Carantino (PCO). Este último, embora a legenda não tenha diretório ou comissão provisória com registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), foi oficializado em convenção partidária. Apesar de a maioria ainda não ter fechado agenda para os próximos dias, já a partir do dia 16 eles devem iniciar atividades de campanha.

Coordenador da campanha de Camilo Santana, o chefe da Casa Civil, Nelson Martins, afirmou que ainda não há definição sobre as primeiras incursões do candidato petista já na quinta-feira, mas o objetivo do governador é comparecer ao máximo de municípios possíveis. Segundo ele, além de Camilo, a vice-governadora Izolda Cela e os candidatos ao Senado Cid Gomes (PDT) e Eunício Oliveira (MDB) participarão de atividades em comum para demonstrar entrosamento entre as chapas governistas.

"Temos as agendas dos deputados federais e estaduais e vamos contar com um apoio forte da nossa militância. Estamos programando, durante o início da campanha, alguns encontros com setores sociais organizados, como já fizemos previamente na pré-campanha", detalhou. Reuniões do governador com prefeitos, vereadores e lideranças sociais e sindicais também serão marcadas nos próximos dias.

Debates

Boa parte da agenda de Camilo Santana será preenchida com participação em debates políticos, bem como com a gravação de programas para TV e inserções, uma vez que ele terá mais de seis minutos diários no horário eleitoral. O governador, porém, continuará exercendo suas funções de chefe do Poder Executivo e sua campanha acontecerá em horários fora do expediente, como logo cedo da manhã, ao meio-dia, no período da noite e nos fins de semana.

A executiva nacional do PT, segundo o coordenador da campanha, ainda não definiu como será feita a distribuição dos recursos para a campanha, mas a legenda no Ceará, segundo Martins, espera que "sejam destinados recursos significativos para os candidatos a governador".

Também devem participar da equipe de coordenação da campanha de Camilo Santana, além de Cid e Nelson, o prefeito Roberto Cláudio e o presidente da Assembleia Legislativa, Zezinho Albuquerque, do PDT. O comitê central do petista, localizado na Avenida Sebastião de Abreu, no Cocó, deve ser inaugurado na próxima semana.

O candidato do PSDB, general Guilherme Theophilo, terá como coordenador logístico da campanha o coronel Vilemar Ferreira Júnior. O ex-governador Lúcio Alcântara estará na coordenação política. De acordo com eles, o comitê de campanha do tucano será instalado em uma antiga fábrica de refrigerantes no cruzamento da Avenida Heráclito Graça com a Rua João Cordeiro, no Centro. Na sexta-feira, o postulante se encontrou com lideranças do partido no Município de Beberibe e, no sábado, participou de caminhada na feira pública de Cascavel.

O tucano ainda está concluindo o plano de governo, que deve ser apresentado após a instalação do comitê. Nos primeiros dias de campanha, ele pretende intensificar presença na Região Metropolitana de Fortaleza e no Interior do Estado com o senador Tasso Jereissati (PSDB) e o deputado Capitão Wagner (PROS). O PSDB nacional também não definiu quanto repassará de recursos para a candidatura. O presidenciável Geraldo Alckmin (PSDB) deve definir agendas nos estados a partir desta semana, incluindo o Ceará.

O candidato do PSOL, Ailton Lopes, informou que a agenda da primeira semana de campanha deve ser concluída hoje, a partir das 14 horas, quando o partido também apresentará seu programa de governo. O comitê de campanha funcionará na sede da sigla, na Avenida do Imperador, no Centro.

Recursos

A coordenação política da candidatura ficará a cargo do ex-vereador João Alfredo (PSOL). Ailton Lopes afirmou ainda que, do fundo para financiamento das eleições, o PSOL deve receber apenas R$ 100 mil. "A gente vai visitar todo lugar onde exista resistência, luta e apoio às nossas pautas", disse o candidato.

A inauguração do comitê do candidato do PSL, Hélio Gois, está marcada para o dia 16. O equipamento será instalado na Avenida Washington Soares, de acordo com a assessoria do candidato. Na ocasião, ele pretende fazer reunião com empresários e, no dia seguinte, deve gravar vídeos para a campanha.

Já Francisco Gonzaga, do PSTU, utilizará a sede do partido, na Rua Juvenal Galeno, no Benfica, como comitê. A partir do dia 16, o candidato inicia uma série de atividades no Estado, a começar pela Praça da Estação, no Centro de Fortaleza. No dia 18, Gonzaga está agendando atividade em Iguatu. De acordo com a assessoria, a legenda deve receber R$ 26 mil do fundo eleitoral para a campanha.


Fonte: DIÁRIO DO NORDESTE

domingo, 12 de agosto de 2018

sábado, 11 de agosto de 2018

MORADORES DE PALESTINA INDIGNADOS COM A ÁGUA CARA, SEM QUALIDADE E AO LADO DO ESGOTO

Preço médio da gasolina no Ceará apresenta leve queda pela quarta semana consecutiva



O preço médio da gasolina no Ceará apresentou uma queda pela quarta semana consecutiva e é vendido, em média, R$ 4,483 o litro. A informação é da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) divulgada nesta sexta-feira (10).

Entre os dias 15 de julho e 21 de julho o preço do combustível custava R$ 4,580. Já entre os dias 22 de julho e 28 de julho a gasolina custava R$ 4,534. Entre os dias 29 de julho e 4 de agosto o valor era R$ 4,492 e nesta semana (05/08/2018-11/08/2018) o preço médio é de R$ 4,483.

Os dados fazem parte da pesquisa semanal realizada pela ANP, que consulta postos de combustível em todo o país, incluindo 217 estabelecimentos no Ceará. A pesquisa mais recente coletou os preços entre 5 e 11 de agosto.

As cidades com o preço mais barato da gasolina são Maracanaú (R$ 4,404), Fortaleza (R$ 4,425) e Caucaia (R$ 4,489). Já as cidades com os valores mais altos da gasolina no Ceará são Iguatu (R$ 4,784), Crateús (R$ 4, 750) e Itapipoca (R$ 4,784).


Por G1 CE

Siamesas unidas pela cabeça mostram evolução e já tentam dar primeiros passos, diz pediatra



O menos de dois meses para a última etapa do processo de separação, as siamesas unidas pela cabeça se desenvolvem bem e até mais rápido do que o previsto, segundo avaliação da equipe médica do Hospital das Clínicas da USP em Ribeirão Preto (SP).

Aos 2 anos, Maria Ysadora e Maria Isabelle, que permanecem deitadas a maior parte do tempo, estão aprendendo a falar, brincam juntas e até ensaiam os primeiros passos, que serão possíveis mesmo, após a última cirurgia, antecipada para outubro.

“A evolução delas foi surpreendente para todos. Elas querem brincar, querem sair de onde estão e se ajudam bastante. A Ysabele se movimenta um pouco mais, a Ysadora faz força com o corpo para puxá-la, e vice-versa”, conta a oncologista pediatra Maristella Francisco dos Reis.

A médica integra a equipe de 30 profissionais que participam das cirurgias de separação das siamesas e acompanha a família das meninas, que é de Patacas, distrito de Aquiraz (CE), desde que se mudaram temporariamente para Ribeirão, em janeiro deste ano.

“Elas aprenderam a pegar brinquedos com os pés e trazer até as mãos, e passam brinquedo uma para a outra, e brigam por causa dos brinquedos também. Elas estão falando algumas palavras, então elas chamam algumas pessoas com quem têm mais afinidade”, detalhou.

As gêmeas seguem no Centro de Terapia Intensiva (CTI) do hospital desde a última cirurgia, realizada no sábado (4) – a terceira de cinco que serão feitas. A previsão é que as meninas recebam alta médica na próxima semana.

Apesar de a equipe não descartar a possibilidade de que uma das irmãs fique com sequelas, após o último procedimento, a pediatra disse que a expectativa é positiva, destacando que a regeneração e adaptação cerebral é maior nas crianças.

“Elas estão falando papai, mamãe. Alguns amiguinhos que elas fizeram em Ribeirão, elas também falam os nomes deles. Já reconhecem praticamente toda a equipe. Então, realmente, a evolução delas é surpreendente”, afirmou.


Por Adriano Oliveira, G1 Ribeirão e Franca


Governo Federal autoriza liberação de R$ 14,8 milhões para o cinturão das Águas do Ceará



Ministério da Integração Nacional autorizou a liberação de mais R$ 14,8 milhões nesta semana para as obras do Trecho 1 do Cinturão das Águas do Ceará. O empreendimento, que integra o Projeto de Transposição do Rio São Francisco, levará água à Região Metropolitana de Fortaleza e ao Cariri cearense, garantindo o abastecimento de 4,5 milhões de pessoas

O Cinturão das Águas compreende um canal com 145 quilômetros de extensão e está dividido em cinco etapas. A captação da água do Rio São Francisco será feita a partir da barragem Jati, do Eixo Norte Projeto de Integração. A previsão é de que o ‘Velho Chico’ beneficie o Ceará em setembro deste ano.

Para que a oferta hídrica seja garantida, a água será conduzida até o Açude Castanhão, principal responsável pelo abastecimento de Fortaleza e Região Metropolitana.

Abastecimento de água
De acordo com o Ministério da Integração Nacional, mais de um milhão de pessoas em 33 cidades de Pernambuco e da Paraíba já recebem as águas do Rio São Francisco em suas residências, desde a inauguração do Eixo Leste, em março do ano passado.

Ao todo, quando concluído, a Integração do Rio São Francisco custará R$ 9,6 bilhões, o dobro do previsto ainda no governo do presidente Lula. Com 260 quilômetros de extensão o projeto é dividido em três etapas: 1N (140 quilômetros); 2N (39 quilômetros) e a 3N (81 quilômetros).

O Eixo Norte está com 96% das obras finalizadas. Hoje, a etapa 1N possui 1.800 trabalhadores atuando em frentes de serviço com turnos 24 horas. Já os trechos 2N e 3N registram mais de 98% de avanço físico.

Quando os dois eixos do empreendimento estiverem totalmente finalizados, as águas do Rio São Francisco vão garantir a segurança hídrica de 12 milhões de pessoas em 390 municípios de Pernambuco, Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte.


Por G1 CE