quinta-feira, 4 de fevereiro de 2021

Venda de veículos da Ford despenca no Ceará após montadora sair do Brasil

 


De modo geral, janeiro foi um mês ruim para as concessionárias cearenses. A venda de automóveis no Estado caiu quase 38% no comparativo com dezembro e 3,9% ante janeiro de 2020. Mas para os veículos da Ford o desempenho foi ainda pior.

Em dezembro do ano passado, de acordo com a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), foram emplacados 308 carros da montadora norte-americana no Ceará. Já em janeiro de 2021, este número caiu para 139, um tombo de 56%.

Houve redução significativa na procura pelos quatro principais modelos. No caso do Ka, por exemplo, que é o mais popular da marca, foram vendidas apenas 67 unidades, o pior desempenho mensal desde junho. Veja mais detalhes no infográfico abaixo.

Estes são os primeiros dados oficiais divulgados desde o anúncio da saída da Ford do Brasil, em 11 de janeiro. Cabe frisar que as estatísticas de janeiro ainda não devem captar todo o impacto, pois as repercussões ocorreram sobretudo após o dia 11. Em fevereiro, é provável que a piora seja ainda mais contundente.


Carros da Ford tendem a perder valor

A possibilidade de queda nas vendas já era apontada por especialistas, uma vez que os veículos saem de linha. No mercado de usados, a tendência é que o preço dos carros da montadora diminua pela redução de demanda. Como os veículos e peças não serão mais produzidos no Brasil, os itens terão de ser importados, o que deve gerar um aumento de tempo de espera para reposição de estoque. 

A Ford, que é dona da fábrica da Troller em Horizonte, busca um investidor para negociar a unidade cearense. O Governo do Estado tem ajudado nas negociações, que ocorrem com pelo menos três interessados.


Fonte: Diario do Nordeste 

Nenhum comentário:

Postar um comentário