quarta-feira, 16 de junho de 2021

Com apenas geladeira, televisão e ventilador em casa, recepcionista reclama de contas de energia que somam mais de R$ 5 mil



A recepcionista Rosane Rodrigues Oliveira, de 49 anos, moradora do Bairro Alto da Balança, em Fortaleza, denunciou, nesta terça-feira (15), que recebeu faturas de março e abril de 2021 de contas de energia com os valores que somados chegam a R$ 5.668.11.

A Enel Distribuição Ceará informa que enviou uma equipe em campo para substituição do medidor conforme solicitado pelo titular da conta de energia. A distribuidora comentou também que a data de envio do equipamento ao laboratório, certificado pelo INMETRO, já foi combinada de acordo com a disponibilidade da cliente e segue dentro do prazo.

De acordo com a recepcionista, com apenas uma geladeira, uma televisão e um ventilador como seus únicos eletrodomésticos, a conta de energia varia, em média, entre R$ 70,00 e no máximo R$ 140,00. Rosane Rodrigues conta que a primeira conta referente ao mês de março veio no valor de R$ 2.523,76 e a de abril, R$ 3.144,35.

“Sou assalariada e moro com meu marido e dois filhos. Ao receber essas contas de energia tive um grande susto e tira meu sono várias noites. Ao todo, em dois meses veio mais de R$ 5 mil. Não tenho aparelho de ar-condicionado, máquina de lavar e passamos o dia todo fora de casa no trabalho”, explica.

Diante das contas com valores que não correspondem ao consumo, a recepcionista e o marido entraram em contato com a distribuidora de energia, mas os atendentes constataram que as faturas estavam corretas.

"Minha conta dava R$ 70,00 e, no máximo, R$ 140,00. Entrei em contato com a Enel e eles me mandaram um e-mail dizendo que os valores estavam corretos. Inclusive já me ligaram ontem [segunda-feira] cobrando esse valor querendo parcelar. Estou desesperada", disse.

A Enel revelou ainda que o processo de avaliação do funcionamento do aparelho medidor é feito na presença do solicitante, de forma a garantir a eficácia do processo. A empresa também esclarece que vai aguardar o laudo do laboratório para avaliar o consumo faturado pela unidade consumidora e segue em contato com a cliente para esclarecimentos.


Por G1 CE


Nenhum comentário:

Postar um comentário