quarta-feira, 16 de junho de 2021

Diretor de hospital no Ceará é preso após arrombar portão e invadir casa onde estava ex-companheira



O diretor do Hospital Municipal de São Benedito, Vitor Torres Melo, foi preso no domingo (13) por descumprir medida protetiva em favor da ex-companheira. Na noite de domingo, o médico foi à residência de uma parente da ex, arrombou o portão da casa e invadiu no local. (Assista no vídeo acima.)

De acordo com familiares, o diretor da unidade não aceita o fim do relacionamento e apresentava sinais de embriaguez quando arrombou o portão da casa.

"No domingo ele chegou pela noite em minha casa, gritando e batendo no portão e dizendo que queria pegar a filha. Estava sob o efeito de álcool. E dizia que queria a filha dele. Chutou o portão e conseguiu quebrar e entrou com tudo na minha casa. E ligamos para a polícia", disse uma familiar.

A familiar afirmou que há um histórico de ameaça do médico contra a ex, e ela obteve na Justiça uma medida protetiva que o impedia de ser aproximar dela. Em outro caso, ela havia ido até o trabalho da ex-companheira e fez ameaças, além de tentar quebrar a mão dela.

"A mãe da criança tem uma medida protetiva contra ele desde março de 2020. Ele invadiu um consultório da mãe da criança, tomou o celular dela, quase quebra a mão dela e depois disso ela foi para a delegacia fazer essa medida protetiva", disse um familiar.

De acordo com a polícia, mesmo no carro, o diretor do hospital fez ameaças contra a família da ex-companheira e contra os agentes de segurança. O diretor foi encaminhado para a Delegacia Regional de Tianguá onde permanece preso.


Preso e exonerado

O prefeito de São Benedito, Saul Lima Maciel, publicou na terça-feira (15) a exoneração do médico do cargo de diretor-geral da unidade hospitalar. A medida entrou em vigor na mesma data da publicação.

O médico Vitor Torres Melo segue detido pela polícia e à disposição da Justiça.

O G1 tenta contato com o advogado de Vitor Torres Melo, mas ainda não obteve contato. Conforme a promotoria de Justiça de São Benedito, a defesa solicitou a soltura do médico e o uso de tornozeleira eletrônica.


Por G1 CE


Nenhum comentário:

Postar um comentário